Arquivo do Autor: Eduardo Cacella

ACRE – Afinal, os clubes têm torcida ou não tem?

Vou começar uma série diferente sobre torcidas. Uma curiosidade que sempre tive foi, torcer para equipes com divisões é “fácil“, mas, e os clubes que almejam menos? Vou colocar uma foto e alguma explicação sobre a torcida de cada clube em cada estado, são clubes, famosos ou não e que jogaram nos últimos 10 anos nos estaduais.

ADESG – O clube que jogou a 1ª Divisão em 2022 e tem sede em Senador Guiomard, com 22.810 habitantes, fica apenas a 24 km da capital Rio Branco. Joga no Estádio Nabor Júnior, tem somente a torcida da cidade, mas nada muito fiel, não necessariamente que o tenham como clube do coração e sim para o time da cidade. Para vocês terem uma ideia, somente 660 pessoas seguem o clube nas mídias sociais.

Nabor Junior reformado em 2022

ALTO ACRE – Da cidade de Epitaciolândia, distante 228 km da capital acreana com 17.340 habitantes e colada a Bolivia. O clube jogou na 1ª Divisão pela última vez em 2017. Atuava no Estádio Antônio Araújo Lopes para 5 mil pessoas. Além da população, o clube tinha até uma organizada a “Torcida Papagaio da Fronteira“, hoje está licenciado.

Torcida Papagaio da Frontera do Alto Acre

AMAX – Da cidade de Xapuri, com19.048 habitantes, distante 190 km da capital. O clube jogou a 1ª Divisão a última vez em 2016. Representando a Associação dos Militares e Amigos de Xapuri, também era prestigiado pelos moradores da cidade, jogava no Estádio Álvaro Felício Abrahão para 4 mil torcedores. Hoje está licenciado.

Torcida em Xapuri em jogo do AMAX.

ANDIRÁ – O clube alvinegro tem sede na capital Rio Branco, o Morcego nunca foi campeão estadual, hoje é um clube em crescimento, inclusive sendo no último levantamento em Junho de 2022, o clube acreano com mais seguidores, cerca de 13.700. Tem até uma “torcida” chamada “Nação Morcegueira“, hoje é o clube mais simpático do estado, resta transformar essa simpatia em público presente nos estádios, tanto que não consegui uma foto da torcida até o momento.

Torcida do Andirá

ATLETICO ACREANO – Campeão 9 vezes do estadual o último em 2019, o Galo Carijó da capital é um dos principais clubes do estado. Possui uma das maiores torcidas do Acre, sempre presente e fiel, fazendo grande festa em seus jogos.

Torcida do Atletico prestigiando

GALVEZ – O clube da capital acreana e que representa a policia militar do estado, foi fundado em 2011, nesse período já se firmou no futebol local com um título estadual em 2020, disputando o Brasileiro da Série D no mesmo ano. Quanto a torcida, pequena mais fiel.

Torcida Imperador do Galvez presente

HUMAITÁ– Atual campeão acreano, o clube é da cidade de Porto Acre, com 18.180 habitantes e distante 58 km da capital. Atua no Estádio Municipal Mamede Carutá, para 1 mil torcedores. O “Tourão“, apesar de representar a cidade parece que não faz muito sucesso ainda, vamos ver após a conquista inédita, não consegui uma foto do estádio ou da torcida.

INDEPENDÊNCIA – O Tricolor de Aço da capital, clube tradicional, foi 11 vezes campeão estadual, está na fila a 24 anos, já jogou até uma Série B em 1991. Possui um local de treinamento o Estádio Marinho Monte, mas joga na Arena da Floresta, onde sente falta da torcida que parece que desapareceu com o tempo. Não consegui nenhuma foto.

JUVENTUS – O Clube do Povo da capital acreana, é um dos mais tradicionais clubes do Acre, foi 14 vezes campeão estadual. A última em 2009, contra o Rio Branco, que faz o maior clássico do estado, mas está esvaziado. Sua torcida está tentando sobreviver a clube que não joga desde 2013.

CT Dom Giocondo Maria Grotti

NAUÁS – Com sede na cidade de Cruzeiro do Sul, com 89 mil habitantes, conhecida como a Capital do Juruá, é o mais importante polo turístico e econômico do interior do Acre, fica a 632 km da capital. É o segundo clube mais antigo do estado, mas se profissionalizou somente em 2008 e jogou o campeonato em 2022. O Cacique do Juruá tem uma torcida que prestigia o clube em jogos na cidade.

Torcida do Nauas prestigiando

PLACIDO DE CASTRO – Da cidade de mesmo nome, localizada a 100 km da capital e com 19.565 habitantes, o Tigre do Abunã jogou o campeonato de 2022. O tricolor foi fundado em 1979 e tem um título estadual em 2013. Sua torcida é sempre presente e prestigia o clube em seus jogos no Estádio Ferreirão com capacidade para 1.200 pessoas.

Torcida do Tigre

RIO BRANCO – Clube mais vitorioso em toda a história acreana, com 46 conquistas, o Estrelão tem também a maior torcida do Acre, entre os clubes do estado. Joga na Arena da Floresta. Campeão da Copa Norte em 1997 e uma participação na Copa Conmebol no mesmo ano. Sua torcida é fiel e tem uma boa presença nos jogos na Arena.

Torcida do Rio Branco

SÃO FRANCISCO – Retornando ao estadual após 11 anos, foi vice-campeão em 2022, o São Chico foi fundado em 1967 e tem sede na capital acreana, é um clube modesto e com torcida muito reservada, formada por alguns abnegados e parentes dos jogadores. Não consegui nenhuma foto da torcida.

Mascote São Chico

VASCO – O cruzmaltino acreano foi fundado em 1952, em homenagem a seu homônimo e famoso carioca. Venceu o estadual três vezes, a última em 2001. Atua na Arena da Floresta e sua torcida não conta com os fãs do clube carioca em seus jogos. Não consegui nenhuma foto da mesma. Jogou em 2022.

FONTES: Páginas dos clubes no Facebook – Wikipedia

Um”Botafogo” no Suriname!!

Pois é, nem sempre é obrigatório ter o nome do clube homônimo para usar suas cores e até símbolos. Isso ocorre no Suriname, país de colonização holandesa.

Um dos maiores ídolos do país, Clarence Seedorf, nasceu, mas não atuou como jogador (pois se naturalizou holandês) e assim como Seedorf, ídolo recente do alvinegro carioca.

No Suriname, há um clube que faz essa homenagem ao glorioso carioca, nao com o nome , mas sim com o símbolo e a camisa.

Trata-se do Happy Boys, clube da cidade de Meerzog, que fica de frente para a capital Paramaribo, só é separada por um ponte, atua.

O clube, inclusive, foi campeão do Campeonato Nacional da Segunda Divisão, em 2019 e pela primeira vez, atuou na Primera Divisão em 2020.

Na ocasião, o Happy Boys, infelizmente, por problemas internos, nao conseguiu se manter na elite.

Então, mais uma história curiosa nesse mundo do futebol.

FONTE: https://www.facebook.com/happyboysmeerzorg

Parte 20 – Você Sabia??

VOCÊ SABIA?
Que a Copa da Albânia em 1972, entre Vllaznia-Besa Kavajë foi decidida nos penaltis. No jogo de ida, 2 a 0 para o Besa, e, na partida de volta, o Vllaznia deu o troco, vencendo pelo mesmo placar. Com isso, a decisão foi para pênaltis, após prorrogação, até aí tudo normal né.

Porém uma curiosidade incrível nesta partida, o jogador Ramazan Ragami, atacante do Vllaznia, marcou os 7 gols dessa segunda partida, o que já seria uma marca magnifica, se todos não tivessem sido feitos de pênaltis, isso mesmo, Ragami, assinalou os dois do tempo normal de pênalti e mais os cinco da decisão por penaltis, dando a vitória ao Vllaznia, isso mesmo.

Na época não havia a obrigatoriedade inicial da alternância de batedores das penalidades máximas.

O futebol e suas histórias curiosas.

Acima (foto): Ragami com a camisa da Seleção Albanesa


FONTE: Giovanni Armillota

Parte 19 – Você Sabia??

VOCÊ SABIA? Nas listas de Flamengo’s de todo o mundo esse sempre falta, consegui ao menos o uniforme. Agora a luta é o escudo e descobri que o Flamengo de Ngagara de Burundi que já jogou o Campeonato Nacional da Primeira Divisão em 2014. As suas cores é na verdade azul e amarelo e o nome correto: Flamingo FC e não Flamengo!

FONTES: Arquivos pessoais – site Facebook da associação de jornalista de ngagara

Parte 18 – Você Sabia??

VOCÊ SABIA?

Que um time de futebol feminino jogou um campeonato masculino em 2020? Pois é isso aconteceu no possante futebol de Saint-Barthelemy, território francês localizado no Caribe e que possui um campeonato oficial de futebol adulto e tem até uma seleção que joga amistosos na região. O clube se chama Associação Desportiva Portuguesa de Gustavia, capital de Saint-Barthelemy, conhecido como ASPSB, que em sua versão masculina é o maior vencedor da ilha. Em 2020, sua equipe feminina atual oficialmente no campeonato masculino da ilha e infelizmente perdeu todas as partidas, segue seus resultados:

ASPSB Féminines 1-8 ASPSB Vétérans Arawak Vétérans 7-0 ASPSB FémininesArawak Séniors 6-1 ASPSB FémininesDiables Rouges 8-0 ASPSB FémininesTeam FWI 4-1 ASPSB FémininesAS Gustavia 5-2 ASPSB Féminines

Fonte:Rsssf, Wikipedia

Parte 17 – Você Sabia??

VOCÊ SABIA?

Após a postagem sobre o PUNA da Albania, que detém o recorde de nomes parecidos em um unico campeonato, hoje falaremos do Maccabi e do Hapoel de Israel, Maccabi significa “Não há ninguém como você entre os deuses”, já Hapoel significa “Trabalhador”, pois em Israel tem de sobra.

Todos os Maccabi e Hapoel que já atuaram na 1ºdivisão em todos os tempos, ao lado do nome a cidade e o ano da última participação:

Hapoel Acre 2016 Hapoel Akko 2018 Hapoel Ashkelon 2018 Hapoel Balfouria 1955 Hapoel Be’er Sheva 2022 Hapoel Beit She’an 1999 Hapoel Hadera 2022 Hapoel Haifa 2022 Hapoel HaTzafon 1950 Hapoel Herzliya 1947 Hapoel Holon 1971 Hapoel Jerusalem 2022 Hapoel Kfar Saba 2021 Hapoel Lod 1988 Hapoel Mahane Yehuda 1968 Hapoel Marmorek 1973 Hapoel Nazareth Illit 2006 Hapoel Nof HaGalil 2022 Hapoel Petah Tikva 2015 Hapoel Ra’anana 2020 Hapoel Ramat Gan 2013 Hapoel Ramat HaSharon 2014 Hapoel Rehovot 1947 Hapoel Rishon LeZion 2012 Hapoel Tayibe 1997 Hapoel Tel Aviv 2022 Hapoel Tiberias 1989 Hapoel Tzafririm Holon 1999 Hapoel Yehud 1984

Maccabi Ahi Nazareth 2010 Maccabi Haifa 2022 Maccabi Hasmonean Jerusalem 1935 Maccabi Herzliya 2008 Maccabi Ironi Ashdod 1995 Maccabi Jaffa 1999 Maccabi Kiryat Gat 2002 Maccabi Nes Tziona 1950 Maccabi Netanya 2022 Maccabi Petah Tikva 2022 Maccabi Ramat Amidar 1984 Maccabi Rehovot 1956 Maccabi Rishon LeZion 1952 Maccabi Sha’arayim 1986 Maccabi Tel Aviv 2022 Maccabi Yavne 1992

Fonte:Arquivos Pessoais

Achados em Minas Gerais

Estava pesquisando sobre a segundona de MG e achei essas duas fotos, não sei se é inédito. Ambas equipes disputaram a segundona, o Fama de Patrocinio em 1977 e o Metalurgico de João Monlevade em 1969. Pela foto dá para refazer os escudos.

Fonte: Facebook Patrocínio Meu Amor

Fama Esporte Clube

Clube Atlético METALÚRGICO (João Monlevade)