Arquivo da categoria: Seleções Municipais

Fotos Raras, de 1921: Liga Campista de Football (L.C.F.) – Campos dos Goytacazes (RJ)

Foi convocada pelo então presidente do Internacional F.C., o Sr. Tácito Eliot Tavares, uma reunião entre dirigentes, jornalistas e admiradores do futebol para criar a Liga Campista de Football, a data escolhida foi 13 de setembro de 1913 e se fizeram representar na assembléia, GoytacazAliançaRio BrancoInternacionalXV de NovembroLacerda SobrinhoLuso Brasileiro e Campos Atlético.

Após as discussões dos assuntos em pauta, foram escolhidos os Srs. Múcio da Paixão, Aldo Muylaert e Alcides Caneca para a comissão que estudaria o estatuto da entidade que estava sendo fundada. Foi escolhido Múcio da Paixão como o primeiro presidente, mas este renunciou ao seu mandato quase no fim do ano de 1914, devido principalmente ao desgaste que teve com alguns jogadores de prestígio na cidade e que depois desse episódio originaria um dos grandes clubes de Campos e do Estado, o Americano Futebol Clube.

Na Liga assumiria o então vice-presidente e jornalista Júlio Nogueira, que também ficaria marcado na história como o primeiro profissional da imprensa a dirigir uma equipe de futebol. No decorrer dos anos houve muitas brigas, mudanças e diversas cisões, o que fez com que aparecessem entidades paralelas nas organizações dos eventos esportivos na cidade, como a Associação Campista de Esportes Terrestres (ACET)Associação Campista de Esportes Atléticos (ACEA), que contava com GoytacazAtlético, Fla-Flu e Itatiaia), que depois se uniriam novamente a LCF (composta por Americano, Campos, Luso Brasileiro e Leopoldina) e formaria a Liga Campista de Desportos (LCD), que durante anos promoveu o campeonato campista de futebol profissional e se fez representar com a seleção campista em outras competições.

O maior orgulho da Liga é que além de possuir sede própria, é junto com a de Niterói as únicas do Estado a ter campeonatos de profissionais. Atualmente somente a LCD mantém suas atividades, promovendo inúmeros campeonatos e torneios de futebol amador. A LCD também promoveu a Taça Cidade de Campos, realizada a partir de 1969 para suprir um intervalo de datas após o fim de cada temporada do campeonato principal e era disputada pelos primeiros colocados do campeonato campista do ano anterior, não tendo um número fixo de times na disputa, variando de ano a ano e teve como primeiro campeão o Americano, seguido de Goytacaz em 1970, novamente o Americano nos dois anos seguintes, Rio Branco em 73, Cambaíba em 74, Sapucaia em 75 e Goytacaz em 76 e Rio Branco em 77, último ano em que os principais clubes campistas disputaram esta competição, já que se envolveriam em competições promovidas pela federação do recém-criado Estado do Rio de Janeiro, mas continuaria sendo disputada por times amadores.

O campeonato campista começou a ser disputado em 1914 e teve o Goytacaz como o primeiro campeão e teve a sua última edição em 1977, quando, por falta de datas, Americano e Goytacaz dividiram o título, foi no ano seguinte que deixaria de ser disputado, devido à fusão dos estados do Rio e da Guanabara.

Foram presidentes da Liga os senhores: Múcio da Paixão, Julio Nogueira, João Muylaert, Antônio Faria, Domingos Guimarães, Edmundo Chagas (1922/23), Ari Leôncio da Silva, Constantino Escocard (1925/26), Nelson Martins, Antônio Pereira Amares, Mário Veloso de Carvalho, Ilídio Rocha, Evandro Monteiro, José Alves Dias, Mário Pinheiro Mota, Osvaldo Cunha, João Pires Damasceno, Raul Abot Escocard (1954), Sílvio Araújo, Bento Faria da Paz, Edmundo Vaz de Araújo , Dr. Gentil Gomes, Jaime M. Faria, Amílcar Monteiro, Salim Nagem, Roberto D’Afonseca, Amílcar Monteiro, Danilo Knifis , Josélio Rocha, Geraldo Silva, Rubens da Mota Vilar e Edson Anomal Pereira, sendo presidente por vários mandatos, inclusive o atual.

FONTES: Blog Futebol Campista – Careta (RJ)

Inédito!! Associação Petropolitana de Sports (APS) – Petrópolis (RJ)

A Associação Petropolitana de Sports (APS) foi uma entidade desportiva da cidade de Petrópolis, localizado na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Fundado na terça-feira, do dia 30 de Julho de 1918. Ao contrário das cores aurianil, a primeira combinação escolha foram o vermelho e branco. A sua Sede ficava na Avenida Independência, nº 80 (Sobrado) – Centro, de Petrópolis.

 

FONTES: Almanak Laemmert : Administrativo, Mercantil e Industrial (RJ)

Associação Serrana de Esportes Athleticos (ASEA) – Nova Friburgo (RJ): Existiu entre 1925 a 1942

A Associação Serrana de Esportes Athleticos (ASEA) foi uma entidade da cidade de Nova Friburgo, situado na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Fundado na segunda-feira, do dia 10 de Agosto de 1925, a entidade foi a precursora do futebol friburguense. As suas cores era o preto e branco.

História

A criação da liga de esportes na cidade de Nova Friburgo, foi uma grande realização numa noite fria da segunda-feira, do dia 10 de agosto de 1925. A reunião aconteceu no antigo prédio da Caixa Rural (atual edifício do Fórum), onde estiveram presentes os seguintes representantes:

Friburgo Football Club;

Esperança Football Club;

Fluminense Athletico Club;

Sport Club Sírio-Libanês ( Clube Sírio-Libanês, patrocinado pela colônia de libaneses).

A 1ª Sede ficava num imóvel ao lado do solar do Barão de Nova Friburgo. A ASEA existiu por 22 anos, quando em 1942, a entidade alterou o nome, passando a se chamar: Liga Friburguense de Desportos (LFD), que existiu por 68 anos. Em 2015, quando a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), desfilou a LFD.

Com isso, a surgiu uma nova entidade: a Liga Nova Friburgo de Desportos (LNFD), Fundada na sexta-feira, do dia 23 de Janeiro de 2015. A nova entidade terá apoio financeiro a nível estadual e federal, e a diretoria tem mandato de quatro anos e funcionará na sede doada pela Prefeitura de Nova Friburgo, na Avenida Alberto Braune, 223, Centro, (antiga sede da ex-Liga Friburguense de Desportos). Atualmente, Atualmente a sua Sede fica localizada na Praça Presidente Getúlio Vargas, nº 105, no Centro de Nova Friburgo.

Os clubes que fazem parte da fundação da nova entidade são: Friburgo Futebol Clube, Esporte Clube São Pedro, Botafogo, Saudade, Lumiar, Stucky e Associação de Futebol Amador do Zaga.

A diretoria da Liga Nova Friburgo é composta por Luciano Faria (presidente); Nain Rocha (vice-presidente); Jailson  Bernardo Silveira (secretário); e Rodrigo Rimes Miranda (tesoureiro).

A Liga Friburguense de Desportos chegou a ter dezenas de clubes filiados como: Roqueano Social Clube, Nova Friburgo Futebol Clube, Friburguense, Sociedade Esportiva Friburguense, Associação Atlética Banco do Brasil, Saudade, Santa Luzia, São Pedro, Serrano, Fluminense, Esporte Clube Filó, Conselheiro, Esperança, Cascatinha, Friburgo Futebol Clube, Nova Friburgo Country Clube, Grêmio Esportivo Friburguense.

 

FONTES: “Trabalho, Greves e Futebol: Luta, Identidade e Sociabilidade na Formação da Classe Trabalhadora Friburguense (1911-1933), de Victor Emrich – Jornal A Voz da Serra – Jornal da Região – Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) – Página no Facebook “História de Nova Friburgo” – A Rua : Semanario Illustrado (RJ).

Foto Rara, de 1932: ANEA (Associação Nitheroyense Esportes Athleticos) – Niterói (RJ)

FONTES: Jornal A Noite – Diário A Noite

Liga Desportiva de Moreno (LDM) – Moreno (PE): Fundado em 1967

A Liga Desportiva de Moreno (LDM) é a principal entidade esportiva da cidade de Moreno (PE). Fundado na quinta-feira, do dia 23 de Março de 1967. A sua Sede está localizada na Avenida Dr. Sofronio Portela, nº 4.530, no Centro da cidade. A cidade conhecida “A Terra dos Eucaliptos” e também como “A Cidade das Verdes Colinas” escolheu as cores azul e branca para a sua bandeira, a mesmas cores do município.

FONTES: Henrique Martins Feitosa – Google Maps – Blog Boleiros Moreno-PE

Seleção de Caxambu de futebol: 1º Campeão do Campeonato do Interior de Seleções Municipais de 1948

FONTE: Vida Esportiva (MG)

Foto Rara, anos 60: Seleção de Cabo Frio/RJ, da Liga Cabofriense de Desportos

FONTE: Acervo de Marcelo Santos, Marcelão, ex-goleiro da Cabofriense 

Foto Rara, de 1958: Seleção Juiz-Forana, da Liga Desportiva de Juiz de Fora (MG)

Seleção de Juiz de Fora de 1958

Esquerda para direita: (em pé) Eurico Borges, Pedro, Pavio, Walter II, Gabriel, Joca e Timbinha.

(agachados) Maneco (Tupinambás), Douglas, Pirilo, Denoni e Rubens (Sport).

 

FONTES & FOTO:  Resgatando O Passado – A História de Juiz de Fora, de Maurício Lima Corrêa – Acervo Odoni Turolla – Blog Maria do Resguardo