Arquivo da categoria: Futebol Amador / Varzeano

Taça Paraná de Futebol Amador: Todos os campeões e vices, entre 1964 a 2019

Maior vencedor com 10 títulos

A Taça Paraná é a principal competição do futebol amador do estado do Paraná. Organizado, anualmente pela Federação Paranaense de Futebol (FPF), esta competição tem o objetivo de reunir os campeões das ligas interioranas e também da capital e do litoral do estado em uma tradição que ocorre desde o ano de 1964.

O campeão é o representante do estado em algumas competições amadoras no Brasil e na América do Sul, como o Campeonato Sul-Brasileiro de Futebol Amador.

História
O futebol amador do Paraná se confunde com os grandes clubes do estado, pois desde 1917, já existiam torneios exclusivos para times de bairro e que alimentavam, em algumas oportunidades, os clubes de massa quando estes levavam para seus elencos, alguns jogadores.

Em Curitiba e nas principais cidades do estado, criaram-se varias ligas de futebol. Alguns campeões destas ligas chegaram a disputar algumas fases do Campeonato Paranaense de Futebol, bem como, vários clubes de várzea obtiveram acesso ao campeonato profissional.

Segundo maior campeão: 9 títulos

Em 1947, a Federação Paranaense de Futebol (FPF), começou a organizar, oficialmente, o futebol amador. No início da década de 60, a FPF fez algumas tentativas em um torneio estadual, porém, apenas na terça-feira, do dia 04 de Agosto de 1964, com a concepção da Taça Paraná, a federação obteve sucesso.

 A Taça Paraná foi criada pelo então superintendente da FPF, Hugo Weber (1918-2011), como sendo a principal competição amadora do estado, mantendo, até a atualidade, esta condição.

Os troféus da Taça Paraná recebem o nome de grandes personalidades do futebol amador do estado e são de posse transitória. Este troféu deixará de ser transitório quando uma mesma equipe for campeã em três ocasiões alternadas ou duas vezes consecutivas. O 1º campeão da Taça Paraná foi o Ferroviário Esporte Clube, de União da Vitória.

3º maior vencedor: 6 títulos

Foram realizados 56 edições da Taça Paraná, entre 1964 a 2019. Abaixo, todos os campeões e vices:

3º maior vencedor: 6 títulos

Antes da Federação Paranaense de Futebol (FPF), ter oficializado a criação da Taça Paraná de Futebol em 1964, foi realizado duas competições (1960 e 1962), embrionárias, denominada: “Campeonato Amador do Estado“.

O intuito da FPF foi de fazer os ajustes, a fim de colocar em prática a competição de forma definitiva, a partir de 1964. Na 1ª edição (1960), o campeão foi Real Esporte Clube, de Campo Largo; enquanto o União Barigüi Futebol Clube, de Curitiba, terminou com o vice-campeonato.

Na edição de 1962, o Clube Atlético Monte Alegre, de Telêmaco Borba, se sagrou campeão. O vice-campeão foi o Real Esporte Clube, de Curitiba. Abaixo os clubes campeões pelo número total de conquistas ao longo das temporadas:

TODOS OS CAMPÕES ENTRE 1964 a 2019

ANOSCAMPEÕESVICE-CAMPEÕES
1964Ferroviário EC (União da Vitória)CE Agroceres (Jacarezinho)
1965Trieste FC (Curitiba)SC Corinthians (Londrina)
1966Trieste FC (Curitiba)Grêmio Oeste (Guarapuava)
1967SC Corinthians (Londrina)SOBE Iguaçu (Curitiba)
1968Fanático FC (Campo Largo)Paraná SC (Londrina)
1969Trieste FC (Curitiba)EC Cachoeira (São Sebastião Amoreira)
1970Trieste FC (Curitiba)Sociedade Desportiva Uraí (Uraí)
1971Trieste FC (Curitiba)CA Loandense (Loanda)
1972CES União Medianeirense (Medianeira)CA Loandense (Loanda)
1973SOBE Iguaçu (Curitiba)EC Municipal (Cambará)
1974CER Aymoré (Matelândia)SE Palmeiras (Pato Branco)
1975XV de Novembro FC (Londrina)CES União Medianeirense (Medianeira)
1976Fanático FC (Campo Largo)SER Premol (Ibiporã)
1977Demafra FC (Paranavaí)SOBE Iguaçu (Curitiba)
1978Fanático FC (Campo Largo)CA Loandense (Loanda)
1979Fanático FC (Campo Largo)Ypiranga FC, de Água Verde (Curitiba)
1980Internacional EC (Campo Largo)EC Sete de Setembro (Dois Vizinhos)
1981Internacional EC (Campo Largo)AFC Jabur (Londrina)
1982GE Caramuru (Chopinzinho)AFC Jabur (Londrina)
1983Fanático FC (Campo Largo)Luiziana FC (Luiziana)
1984Trieste FC (Curitiba)EC Sete de Setembro (Dois Vizinhos)
1985Trieste FC (Curitiba)CA Municipal (Jacarezinho)
1986Fanático FC (Campo Largo)EC Flamengo (Marechal Cândido Rondon)
1987EC Sete Setembro (Dois Vizinhos)Trieste FC (Curitiba)
1988Trieste FC (Curitiba)SER Entre Rios (Marechal Cândido Rondon)
1989Vila Fanny FC (Curitiba)CA Loandense (Loanda)
1990Trieste FC (Curitiba)EC Andiarense (Andirá)
1991Vila Fanny FC (Curitiba)CA Jesuítas (Jesuítas)
1992AA Palmeira (Palmeira)AE Jacarezinho (Jacarezinho)
1993EC Flórida (Nova Esperança)GER 13 de Maio (Verê)
1994Pitanga FC (Pitanga)AA VASP (Boa Esperança)
1995Ipiranga FC (Palmeira)SER Real (Realeza)
1996Internacional EC (Campo Largo)CES União Medianeirense (Medianeira)
1997Combate Barreirinha FC (Curitiba)EC Ouro Verde, do Distrito de Nova Sarandi (Toledo)
1998Combate Barreirinha FC (Curitiba)AE Danúbio, do Distrito de Entre Rios (Guarapuava)
1999Combate Barreirinha FC (Curitiba)AC Marialva (Marialva)
2000Combate Barreirinha FC (Curitiba)GER Madeirit (Guarapuava)
2001SBR Colombo EC (Colombo)Mamborê EC (Mamborê)
2002Combate Barreirinha FC (Curitiba)Vila Hauer EC (Curitiba)
2003AER Eng. Beltrão (Eng. Beltrão)Combate Barreirinha FC (Curitiba)
2004GER Madeirit (Guarapuava)Milan FC (São José dos Pinhais)
2005Combate Barreirinha FC (Curitiba)Ypiranga FC (Palmeira)
2006Trieste FC (Curitiba)Combate Barreirinha FC (Curitiba)
2007CA Loandense (Loanda)Combate Barreirinha FC (Curitiba)
2008AE São Manoel (São Manoel)ACE Urano (Curitiba)
2009ACE Urano (Curitiba)Associação Atlética Recreativa Rondon (Rondon)
2010AE São Manoel (São Manoel)Colombo FC (Colombo)
2011Internacional EC (Campo Largo)EC Ana Terra (Colombo)
2012Internacional EC (Campo Largo)União Operário ER (Laranjeiras Sul)
2013Internacional EC (Campo Largo)SOBE Iguaçu (Curitiba)
2014Bandeirantes EC (Colombo)Fanático FC (Campo Largo)
2015Fanático FC (Campo Largo)Bandeirantes EC (Colombo)
2016Fanático FC (Campo Largo)Internacional EC (Campo Largo)
2017Fanático FC (Campo Largo)SOBE Iguaçu (Curitiba)
2018SOBE Iguaçu (Curitiba)Atalanta FC (São José dos Pinhais)
2019SOBE Iguaçu (Curitiba)Trieste FC (Curitiba)

RANKING DOS CAMPEÕES

CLUBESCIDADESTÍTULOSANOS
Trieste FCCuritiba101965, 1966, 1969, 1970, 1971, 1984, 1985, 1988, 1990 e 2006
Fanático FCCampo Largo091968, 1976, 1978, 1979, 1983, 1986, 2015, 2016 e  e 2017
Internacional ECCampo Largo061980, 1981, 1996, 2011, 2012 e 2013
Combate Barreirinha FCCuritiba061997, 1998, 1999, 2000, 2002 e 2005
SOBE IguaçuCuritiba031973, 2018 e 2019
Vila Fanny FCCuritiba021989 e 1991
AE São ManoelSão Manoel do Paraná022008 e 2010
Bandeirantes ECColombo012014
ACE UranoCuritiba012009
CA LoandenseLoanda012007
GER MadeiritGuarapuava012004
AER Engenheiro BeltrãoEngenheiro Beltrão012003
SBR Colombo ECColombo012001
Ipiranga FCPalmeira011995
Pitanga ECPitanga011994
EC FlóridaNova Esperança011993
AA PalmeiraPalmeira011992
EC Sete de SetembroDois Vizinhos011987
GE CaramuruChopinzinho011982
Demafra FCParanavaí011977
XV de Novembro FCLondrina011975
CER AymoréMatelândia011974
CES União MedianeirenseMedianeira011972
SC CorinthiansLondrina011967
Ferroviário ECUnião da Vitória011964
CA Monte AlegreTelêmaco Borba011962
REAL ECCampo Largo011960

COLABOROU: Rodrigo S. Oliveira

FONTES: Wikipédia -Nelson Schepiura “Futebol do Paraná: 100 anos de história”, de Heriberto Ivan Machado e Levi Mulford Chrestenzen – Federação Paranaense de Futebol – Sidney Barbosa – Diário da Tarde (PR) – Correios de Notícias (PR) – pesquisador Laércio Becker – Diário do Paraná (PR)

Esporte Clube Fabrício – Uberaba (MG): Fundado em 1943

O Esporte Clube Fabrício é uma agremiação da cidade de Uberaba (MG). A sua Sede fica localizada na Rua Portugal, s/n, no bairro Fabrício, em Uberaba. A história começou em 1941, com a fundação do Juventus Futebol Clube, que tinha como líderes os senhores Glayer Leite, seu irmão Iago Leite, Rogério Fernandes, Olavo Castanheira e outros.

Os treinamentos de época eram no campo de São José, onde atualmente esta a São Judas Ta, e cujo bairro era denominado de Alto do Cachide de futebol, tendo seu próprio campo de futebol. Os líderes da Juventus, acompanhados do Sr. Inderbugo Alves procurando o Prefeito Municipal Dr. Carlos Martins e além de solicitar uma área de trabalho direcionada a Uberabense.

Assim, o Vulcão foi Fundado na segunda-feira, do dia 17 de Maio de 1943, em reunião formal realizada à Rua Álvares Cabral com a Rua Santa Terezinha, no Bairro Fabrício. Dois anos depois, que o Grená conheceu seu 1º presidente: João Felix Fraga, que comandou o clube por um bom período.

Iniciando as atividades o clube construiu na área doada, o Estádio Getulio Vargas; foi constatada uma rivalidade entre os dirigentes do clube, na qual se formou o time Esporte Clube Fabrício 1ª Divisão, dirigido pelo Sr. Felix e Esporte Clube Fabricinho, dirigido pelo Sr. Vicente de Araujo. Em 1950, o Presidente da época Sr. Ouvidio de Vito e sua diretoria conseguiu acabar com a rivalidade e unir os dois times.

O 1º título do E. C. Fabrício foi conquistado em 1952, jogando no Estádio Antônio Dal Secchi (Campo do Independente), contra o time do Nacional do Esporte Público, vencendo o Esporte Clube Fabrício por 2 a 0, com gols de Zé Vieira e Zé de Freitas.

Em 1954, na administração do presidente da época, Sr. Agostinho Araujo o nome do estádio mudou para o Estádio Glayer Leite. Em 1964, o Fabrício conquistou o primeiro título Infantil da LUF (Liga Uberabense de Futebol). Em 1969, por meio de uma parceria conseguida pelo diretor Ismael Bocate com a Fábrica Óleo Ceres.

foto de 1944

O Estádio Glayer Leite foi cedido para que o time Ceres Futebol Clube mandasse seus jogos no Campeonato Uberabense da 2ª Divisão e em contra partida a fabrica se prontificou a colocar o gramado no campo.

Celeiro de craques

Em campo, os trabalhos de Lula, Caetano Blancado e Naldão deram a vida pelo clube e cuidaram da base com maestria revelou vários jogadores para o futebol brasileiro: Pirilo, Arquimedes, Zé do Quelé, Ticrila, foram importantes na vida do clube. Mas não podemos nos esquecer o atacante Tchainha, foi um monstro em matéria de gols.

Sete vezes campeão Citadino

O Fabrício tem no seu currículo sete conquistas no Campeonato Citadino de Uberaba da 1ª Divisão, organizado pela LUF: 1952, 1960, 1967, 1981, 1982, 1988 e 2000. Na Taça de Uberaba foram dois canecos: 1988 e 1990. No Campeonato Citadino de Uberaba Sub-20, faturou quatro títulos: 1981, 1984, 1986 e 1989. No Campeonato Citadino de Uberaba Sub-17, foi tricampeão: 1981, 1985 e 1991. No Campeonato Citadino de Uberaba da Sub-15, há registros de duas taças: 1962 e 1972.

Meta é disputar o Mineiro Sub-20  

Atualmente, o Esporte Clube Fabrício continua atuando como amador disputando todas as categorias do futebol: Pré-mirim, Mirim, Infantil, Juvenil, Junior, Amador, Mestre e Sênior, dando-se destaque ao trabalho social proporcionado a mais de 500 crianças cadastradas, que com a no esporte participação contribui para a melhoria da saúde e educação auxiliando assim na boa formação de cidadãos ordeiros. O clube projeta para o futuro, construir uma arquibancada e jogar o Sub 20 do Mineiro.

FONTES E FOTOS: Página do clube no Facebook – Lavoura e Commercio (MG) – No Bico da Chuteira, de Carlos Roberto Moura da Jmoline

Bandeirante Futebol Clube campeão Gonçalense de 1972

O Bandeirante Futebol Clube é uma agremiação da cidade de São Gonçalo (RJ). A sua Sede social ficava na Rua Joaquim Laranjeiras, s/n (do lado do nº 845), Bairro Alcântara, em São Gonçalo.

FOTO de 2011 – Sede Rua Joaquim Laranjeiras, no Bairro Alcântara, em São Gonçalo.

Já a sua Praça de Esportes (ainda existe), está localizado na Rua Luís Motta, s/n (próximo ao nº 635), no Bairro da Amendoeira, em São Gonçalo. O “Alvianil do bairro da Amendoeira” foi Fundado em Janeiro de 1940.

Foto posada do time Campeão Gonçalense de 1972

Presidente Mário Vasconcelos conta um pouco da história

Contando com a preciosa ajuda do ex-jogador do Bandeirante, Paulo Roberto de Castro, conseguimos entrevistar o presidente do clube, Sr. Mário Vasconcelos. Ele relembrou que a ideia de fundar um clube foi do irmão, Ernesto Vasconcelos. A reunião aconteceu no armazém do Ernesto, que ficava localizado em Lagoinha. Numa casa onde hoje tem um Consultório médico próximo as freiras.

Um fato curioso foi a origem do nome. Segundo, Mário Vasconcelos o nome e as cores (azul e branco) foi inspirado num clube Alvianil de São Paulo, chamado Bandeirantes.     

Foto de 1971

1º Campo

Primeiro campo foi entre a linha do trem e a estrada, onde hoje está edificado o colégio de Décio. Depois mudou para um terreno onde é a fornecedora Carvi e demais casas ao lado, na Estrada Raul Veiga, no Bairro Amendoeira. Dali saiu para o campo para o terreno onde hoje e a garagem do ABC, na Rua Francisco Neto, 136, na Raul Veiga. Por último o prefeito lavora cedeu o terreno onde hoje e o campo atual.

Ao longo das décadas, Mário Vasconcelos revelou que os momentos mais marcantes eram os jogos contra a Eletroquímica. Também os jogos contra o Pachecos que normalmente acabavam em brigas.

Carteirinha do Presidente Mario Vasconcelos

Na memória, a base de 1972, reuniu a nata de jogadores revelados pelo Bandeirantes, como Deir, seu irmão, Toninho centroavante, entre outras feras. Nesse período, o Bandeirante chegou a ficar 80 jogos invictos.

Bandeirante campeão invicto de 1972

O Campeonato Gonçalense de 1972, aconteceu a lá Raimundo Nonato: “Vapt vupt”. Geralmente, a Liga Gonçalense de Desportos atrasava o início da competição e naquele ano não foi diferente. Já no mês de dezembro e com um planejamento do Campeonato Gonçalense de 1973, com 14 clubes, a entidade comandada pelo Sr. Antônio Di Batista decidiu realizar a competição de 1972 com apenas três rodadas e com quatro clubes inscritos:

Bandeirante Futebol Clube (Alvianil);

Cordeiros Futebol Clube (Alvinegro);

Nazaré Futebol Clube (Alviceleste);

Pachecos Futebol Clube (Alvirrubro).

Vestiário do campo da Rua Luís Motta, no Bairro da Amendoeira, em São Gonçalo

A fórmula de disputa simples: as três rodadas, aos domingos, seriam realizados no campo do Cordeiros Futebol Clube, no bairro de Santa Isabel, com um jogo servindo de preliminar do outro. No entanto, o desfecho teve, em todas as rodadas, um dos jogos terminando em WO! Na 1ª rodada o Cordeiros estava desfalcado, e teve que entregar os pontos para o Bandeirante.

Nas rodadas seguintes o Nazaré nem apareceu (talvez atordoado pela surra por 4 a 0 sofrida para o Pachecos na rodada inaugural) e outra vez o Bandeirante venceu mais.

Campo nos dias atuais, já viveu dias melhores

Na última rodada, o Bandeirante finalmente jogou e venceu o Pachecos por 2 a 0, conquistando, assim, o título inédito e invicto do Campeonato Gonçalense de 1972. Mesmo tendo realizado um jogo, o Bandeirante, que não tinha nada a ver com os problemas dos demais, fez a sua parte e ergueu a taça! O time jogou assim: Mário César; Paulinho, Fio, Tibingo e Jorginho; Roberto e Jorge; Landinho, Deir, Toninho e Ademir.   

DATASResultados – 1ª RodadaLOCALGOLS
10/12/72Pachecos FC4X0NazaréCordeirosDada (2), César e Alemão
10/12/72CordeirosXWOBandeirante FCCordeiros
DATASResultados – 2ª RodadaLOCALGOLS
17/12/72BandeiranteWOXNazaréCordeiros
17/12/72Pachecos FC0X2CordeirosCordeiros 
DATASResultados – 3ª RodadaLOCALGOLS
24/12/72Bandeirante2X0Pachecos FCCordeiros 
24/12/72NazaréXWOCordeirosCordeiros

Classificação Final do Campeonato Gonçalense de 1972

CLUBESPGJVEDGPGCSG
Bandeirante FC63300404
Cordeiros FC43201312
Pachecos FC23102449
Nazaré FC0300306-6

Time-base de 1971: Mário César (Jorge); Paulinho, Miquimba (Pernambuco), Fio (Pelé) e Tibingo; Jailton (Adélio) e Roberto (Noel); Landinho (Manuel), Deir, Oldair (Valdir) e Ronaldo (Alcir).

Time-base de 1972: Mário César; Miquimba, Paulinho, Fio e Tibingo; Jorginho e Roberto; Landinho, Deir, Oldair e Ademir.

Time-base de 1973: Mário César; Jorge (Paulinho), Miquimba, Fio (Cebinho) e Jorginho; Landinho e Oleir (Juarez); Pinduca, Deir, Toninho e Ademir.

PS: Quero agradecer pelo empenho e paciência do amigo Paulo Roberto de Castro que foi incansável na ajuda pelas informações do Bandeirante! Muito obrigado!

FONTES: Google Maps – O Fluminense – Acervos de Paulo Roberto de Castro (ex-jogador do clube) e do presidente do clube Mário Vasconcelos

FOTOS: Acervo de Paulo Roberto de Castro

Brasília Atlético Clube, o “BASC” – São Carlos (SP): Existiu entre 1962 a 1973

O Brasília Atlético Clube foi uma agremiação da cidade de São Carlos (SP). O “BASC” existia desde 1961, quando se filiou a Liga Sãocarlense de Futebol (LSF), mas foi Fundado oficialmente em 25 de Outubro de 1962.

O clube foi criado em homenagem a Associação dos Bombeiros Auxiliares de São Carlos (que era declarada de “utilidade pública” pela Prefeitura de São Carlos, pela Lei n°3.530 de 11 de setembro de 1957).

O “BASC” disputou os campeonatos citadinos do Estado de São Paulo e amador da cidade, entre 1962 a 1973, quando foi extinto. O Brasília usou para treinamento, durante alguns anos o campo do Corinthinha na Vila Lutfalla, local que existe ainda hoje.

Em 1971, o clube se filiou a FPF (Federação Paulista de Futebol), incorporando o Cerealista Esporte Clube, para reforçar-se na disputa do Campeonato Paulista Amador de Futebol, no qual foi campeão de zona 09 daquele ano.

Na segunda fase eliminou da disputa de pênaltis o Comercial de Araras (campeão da zona 08) numa melhor de três jogos, sendo a última partida realizada no Estádio Municipal de Porto Ferreira em Porto Ferreira, avançando para a terceira fase.

No entanto, na fase seguinte, acabou eliminado pelo Monte Alto, numa melhor de três jogos, em abril de 1972, em jogo realizado no Estádio da Fonte Luminosa em Araraquara.

FONTES: Wikipédia – acervo de José Braz Leme

Link: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bras%C3%ADlia_Atl%C3%A9tico_Clube?fbclid=IwAR3WGZT7zDL4TE3AwOzl7l-V0aE744oFkB8KfhUEFCfYZQE5BdvEOuP8joQ

Equipes filiadas à Liga de Futebol de Altônia/PR (2010)

A Liga de Futebol de Altônia era a entidade dirigente do futebol amador no município de Altônia/PR. A cidade está localizada no noroeste paranaense,na divisa com o estado de Mato Grosso do Sul, estando na microregião de Umuarama/PR, sendo assim abrigava equipes de praticamente todos os municípios desta região.

Das equipes filiadas na época há algumas que já se aventuraram no futebol profissional (São Jorge do Patrocínio EC e Guaíra FC), além de outras que representaram a região nos tempos áureos da Taça Paraná de Futebol Amador.

Mapa da Micro-Região Geográfica 02 – Umuarama, onde fica localizado o Município de Altônia/PR. Fonte:
http://www.planejamento.mppr.mp.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=2231

Hoje a liga está inativa, ocorrendo campeonatos municipais organizados pela Prefeitura local, assim como têm ocorrido o mesmo nos demais municípios que a liga servia. Contudo, em 2016 foi fundada em Umuarama, principal cidade da região, a Liga Umuaramense de Futebol Amador – LUFA na tentativa de preencher a lacuna deixada, e a mesma têm organizado os campeonatos regionais, porém esta entidade não está filiada à Federação Paranaense de Futebol, sendo assim seu campeão não tem direito a jogar a Taça Paranã de Futebol Amador.

Liga de Futebol de Altônia
Fundada em 09/02/1982
End: Rua Rui Barbosa, 792 – Centro

Clubes Filiados
1 – Associação Esportiva Bandeirante (Altônia)
2 – Alto Piquiri Esporte Clube (Alto Piquiri)
3 – Aparecidinha Esporte Clube (Altônia)
4 – Associação Atlética Altônia (Altônia)
5 – Atlântico Futebol Clube (Umuarama)
6 – Atlético Futebol Clube de São João (Altônia)
7 – Clube Atlético Boca Junior (Terra Roxa)
8 – Cafezal do Sul Esporte Clube (Cafezal do Sul)
9 – Caramuru Esporte Clube (Altônia)
10 – Concórdia Esporte Clube (Palotina)
11 – Clube Recreativo Cristal (Terra Roxa)
12 – Cruzeiro do Oeste Esporte Clube (Cruzeiro do Oeste)
13 – Esporte Clube Paraná (Guaíra)
14 – Esperança Nova Futebol Clube (Esperança Nova)
15 – Francisco Alves Esporte Clube (Francisco Alves)
16 – Guaíra Futebol Clube (Guaíra)
17 – Grêmio Esporte Clube (Altônia)
18 – Guaiporã Esporte Clube (Cafezal do Sul)
19 – Iporã Atlético Clube (Iporã)
20 – Juventus Atlético Clube – JD. Paredão (Altônia)
21 – Lavanderia Esporte Clube (Altônia)
22 – Ouro Verde Esporte Clube (Altônia)
23- Perobal Esporte Clube (Perobal)
24 – Pérola Futebol Clube (Pérola)
25 – São Jorge do Patrocínio Esporte Clube (São Jorge do Patrocínio)
26 – Sociedade Esportiva e Recreativa Francisco Alves (Francisco Alves)
27 – União Paredense (Altônia)
28 – Vila Nova Esporte Clube (Pérola)
29 – Xambrê Esporte Clube

Fontes:
Site da Federação Paranaense de Futebol
Site Prefeitura Municipal de Altônia
https://www.econodata.com.br/
Facebook Portal Lider Umuarama

Ligas filiadas à Federação Paranaense de Futebol – 2010

Abaixo segue lista das ligas de futebol amador filiadas à Federação Paranaense de Futebol na data de 08/01/2010. Na data haviam 33 ligas filiadas à federação, porém este número reduziu consideravelmente após quase uma década, pois hoje apenas 5 ligas (Campo Largo, Araucária, Colombo, Guarapuava e São josé dos Pinhais) permanecem com sua filiação regulamentada, conforme site da Federação Paranaense de Futebol. Muitas ligas existem na clandestinidade, pois existem juridicamente, porém suas equipes não são filiadas à federação. Outras tantas deixaram de existir e em seu lugar as secretarias municipais de esporte e lazer promovem anualmente campeonatos municipais.

1 – Liga de Futebol de Altônia (Altônia)
2 – Liga Amadora Regional Desportiva de Apucarana (Apucarana)
3 – Liga de Futebol de Palmeira (Palmeira)
4 – Liga Desportiva de Araucária (Araucária)
5 – Liga de Futebol de Arapoti (Arapoti)
6 – Liga de Futebol de Campina Grande do Sul (Campina Grande do Sul)
7 – Liga de Campolarguense de Futebol (Campo Largo)
8 – Liga de Futebol de Colombo (Colombo)
9 – Liga de Futebol de Jacarezinho (Jacarezinho)
10 – Liga de Futebol de Ponta Grossa (Ponta Grossa)
11 – Liga Iguaçuense de Futebol (Foz do Iguaçu)
12 – Liga de Futebol de Pinhais (Pinhais)
13 – Liga de Futebol de Nova Esperança (Nova Esperança)
14 – Liga Rondonense de Esportes (Marechal Cândido Rondon)
15 – Liga de Futebol de Londrina (Londrina)
16 – Liga de Futebol de Laranjeiras do Sul (Laranjeiras do Sul)
17 – Liga de Futebol de Balsa Nova (Balsa Nova)
18 – Liga de Futebol Amador de Fazenda Rio Grande (Fazenda Rio Grande)
19 – Liga de Futebol de Guarapuava (Guarapuava)
20 – Liga de Futebol de Antonina (Antonina)
21 – Liga de Futebol de Maringá (Maringá)
22 – Liga de Futebol de Paranavaí (Paranavaí)
23 – Liga Amadora de Futebol de Pitanga (Pitanga)
24 – Liga de Futebol de Tapira (Tapira)
25 – Liga de Futebol de Cianorte (Cianorte)
26 – Liga de Futebol de Loanda (Loanda)
27 – Liga de Futebol de Morretes (Morretes)
28 – Liga de Futebol de Campo Mourão (Campo Mourão)
29 – Liga Piraquarense de Futebol (Piraquara)
30 – Liga de Futebol de Goioerê (Goioerê)
31 – Liga de Futebol de Cascavel Cascavel)
32 – Liga de Futebol de Colorado (Colorado)
33 – Liga de Futebol de São José dos Pinhais (São José dos Pinhais)

Fonte:
Site da Federação Paranaense de Futebol

LIGAS FILIADAS À FEDERAÇÃO MATO-GROSSENSE DE FUTEBOL – 2018

01. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE ÁGUA BOA – ÁGUA BOA

02. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE ALTA FLORESTA – ALTA FLORESTA

03. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE ALTO PARAGUAI – ALTO PARAGUAI

04. LIGA DE DESPORTOS DO MUNICÍPIO DE ARAPUTANGA – ARAPUTANGA

05. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE ARENÁPOLIS – ARENÁPOLIS

06. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE BARÃO DE MELGAÇO – BARÃO DE MELGAÇO

07. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE BARRA DO BUGRES – BARRA DO BUGRES

08. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE BARRA DO GARÇAS – BARRA DO GARÇAS

09. LIGA ESPORTIVA CACERENSE – CÁCERES

10. LIGA DESPORTIVA MUNICIPAL DE CANARANA – CANARANA

11. LIGA DE DESPORTO DO MUNICÍPIO DE CHAPADA DOS GUIMARÃES – CHAPADA DOS GUIMARÃES

12. LIGA DESPORTIVA MUNICIPAL DE CLÁUDIA – CLÁUDIA

13. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE COLIDER – COLIDER

14. LIGA DESPORTIVA MUNICIPAL DE DIAMANTINO – DIAMANTINO

15. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE DOM AQUINO – DOM AQUINO

16. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE GUARANTÃ DO NORTE – GUARANTÃ DO NORTE

17. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE GENERAL CARNEIRO – GENERAL CARNEIRO

18. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE GUIRATINGA – GUIRATINGA

19. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE ITIQUIRA – ITIQUIRA

20. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE JACIARA – JACIARA

21. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL JANGADENSE – JANGADA

22. LIGA DESPORTIVA JAURUENSE – JAURU

23. LIGA ECLÉTICA AMADORA MUNICIPAL DE JUARA – JUARA

24. LIGA ESPORTIVA JUINENSE – JUINENSE

25. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE JUSCIMEIRA – JUSCIMEIRA

26. LIGA ESPORTIVA LIVRAMENTENSE – NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO

27. LIGA ESPORTIVA LUCAS DO RIO VERDE – LUCAS DO RIO VERDE

28. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE MATUPÁ – MATUPÁ

29. LIGA ESPORTIVA DE MIRASSOL D’OESTE – MIRASSOL D’OESTE

30. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE NOVA CANAÃ – NOVA CANAÃ

31. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE NOVA BRASILÂNDIA – NOVA BRASILÂNDIA

32. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE NOVA MONTE VERDE – NOVA MONTE VERDE

33. LIGA ESPORTIVA DE NOVA MUTUM – NOVA MUTUM

34. LIGA ESPORTIVA DE NOVA OLÍMPIA – NOVA OLÍMPIA

35. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE NOVA XAVANTINA – NOVA XAVANTINA

36. LIGA ESPORTIVA NOBRENSE – NOBRES

37. LIGA ESPORTIVA NORTELANDENSE – NORTELÂNDIA

38. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE PARANAÍTA – PARANAÍTA

39. LIGA DE DESPORTOS DE PARANATINGA – PARANATINGA

40. LIGA ESPORTIVA DE PEDRA PRETA – PEDRA PRETA

41. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE PEIXOTO DE AZEVEDO – PEIXOTO DE AXEVEDO

42. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL POCONEANA – POCONÉ

43. LIGA ESPORTIVA DE PONTES E LACERDA – PONTES E LACERDA

44. LIGA ESPORTIVA DE POXORÉU – POXORÉU

45. LIGA ESPORTIVA DE PRIMAVERA DO LESTE – PRIMAVERA DO LESTE

46. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL QUATROMARQUENSE – SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

47. LIGA DESPORTIVA RIOBRANQUENSE – RIO BRANCO

48. LIGA ESPORTIVA RIOCLARENSE – SÃO JOSÉ DO RIO CLARO

49. LIGA ESPORTIVA DE RONDONÓPOLIS – RONDONÓPOLIS

50. LIGA ESPORTIVA DE ROSÁRIO OESTE – ROSÁRIO OESTE

51. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DE LEVERGER – SANTO ANTÔNIO DE LEVERGER

52. LIGA DESPORTIVA MUNICIPAL DE SÃO FELIX DO ARAGUAIA – SÃO FELIX DO ARAGUAIA

53. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE SINOP – SINOP

54. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE FUTEBOL DE SORRISO – SORRISO

55. LIGA ESPORTIVA DE TANGARÁ DA SERRA – TANGARÁ DA SERRA

56. LIGA TERRANOVENSE DE FUTEBOL – TERRA NOVA DO NORTE

57. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE TESOURO – TESOURO

58. LIGA DE DESPORTO DE TORIXORÉU – TORIXORÉU

59. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL VARZEAGRANDENSE – VÁRZEA GRANDE

60. LIGA DESPORTIVA MUNICIPAL VILABELENSE – VILA BELA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

61. LIGA DESPORTIVA DE COMODORO – COMODORO

62. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE NOVA BANDEIRANTES – NOVA BANDEIRANTES

63. LIGA ESPORTIVA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU – SALTO DO CÉU

64. LIGA ESPORTIVA DE TAPURAH – TAPURAH

65. LIGA ESPORTIVA DE CARLINDA – CARLINDA

66. LIGA DE FUTEBOL DE VILA RICA – VILA RICA

67. LIGA ESPORTIVA DE CAMPO VERDE – CAMPO VERDE

68. LIGA ESPORTIVA NOVAMARINGAENSE – NOVA MARINGÁ

FONTE: Federação Mato-grossense de Futebol

FNF reedita o maior campeonato amador do RN

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol retornará com a maior competição amadora do Estado, que foi sucesso nos anos 80/90 e que retorna agora com 48 seleções municipais convidadas pela FNF. Para os próximos anos a ideia é abrir as seleções e clubes de todos os municípios na busca de abrir oportunidades a novos jogadores de apresentar seu futebol e fortalecer o futebol do interior do estado. Os jogos acontecem nos dias 27 de outubro e 2 de novembro, em duelos de ida e volta. A segunda fase do torneio acontecerá nos dias 9 e 16 de novembro, com a terceira fase nos dias 20 e 24 de novembro. Já as semifinais estão marcadas para os dias 27 de novembro e 1º de dezembro. A grande final será realizada no dia 8 de dezembro, na Arena das Dunas, em Natal, com transmissão da Inter TV Cabugi para todo o Rio Grande do Norte.

Confira os jogos da 1ª Fase:

Jogos de Ida (Domingo, 27 de outubro – 15h)

Ceará-Mirim x João Câmara

Maxaranguape x Extremoz

Macaíba x São Gonçalo do Amarante

Parnamirim x São José de Mipibu

Barcelona x Passagem

Goianinha x Nísia Floresta

Santa Cruz x Currais Novos

Caicó x Jardim de Piranhas

Mossoró x Areia Branca

Riachuelo x Macau

Baía Formosa x Tibau do Sul

Senador Elói de Souza x São Pedro

Jogos de Volta (Sábado, 2 de novembro – 15h)

João Câmara x Ceará-Mirim

Extremoz x Maxaranguape

São Gonçalo do Amarante x Macaíba

São José de Mipibu x Parnamirim

Passagem x Barcelona

Nísia Floresta x Goianinha

Currais Novos x Santa Cruz

Jardim de Piranhas x Caicó

Areia Branca x Mossoró

Macau x Riachuelo

Tibau do Sul x Baia Formosa

São Pedro x Senador Elói de Souza