ACRE – Afinal, os clubes têm torcida ou não tem?

Vou começar uma série diferente sobre torcidas. Uma curiosidade que sempre tive foi, torcer para equipes com divisões é “fácil“, mas, e os clubes que almejam menos? Vou colocar uma foto e alguma explicação sobre a torcida de cada clube em cada estado, são clubes, famosos ou não e que jogaram nos últimos 10 anos nos estaduais.

ADESG – O clube que jogou a 1ª Divisão em 2022 e tem sede em Senador Guiomard, com 22.810 habitantes, fica apenas a 24 km da capital Rio Branco. Joga no Estádio Nabor Júnior, tem somente a torcida da cidade, mas nada muito fiel, não necessariamente que o tenham como clube do coração e sim para o time da cidade. Para vocês terem uma ideia, somente 660 pessoas seguem o clube nas mídias sociais.

Nabor Junior reformado em 2022

ALTO ACRE – Da cidade de Epitaciolândia, distante 228 km da capital acreana com 17.340 habitantes e colada a Bolivia. O clube jogou na 1ª Divisão pela última vez em 2017. Atuava no Estádio Antônio Araújo Lopes para 5 mil pessoas. Além da população, o clube tinha até uma organizada a “Torcida Papagaio da Fronteira“, hoje está licenciado.

Torcida Papagaio da Frontera do Alto Acre

AMAX – Da cidade de Xapuri, com19.048 habitantes, distante 190 km da capital. O clube jogou a 1ª Divisão a última vez em 2016. Representando a Associação dos Militares e Amigos de Xapuri, também era prestigiado pelos moradores da cidade, jogava no Estádio Álvaro Felício Abrahão para 4 mil torcedores. Hoje está licenciado.

Torcida em Xapuri em jogo do AMAX.

ANDIRÁ – O clube alvinegro tem sede na capital Rio Branco, o Morcego nunca foi campeão estadual, hoje é um clube em crescimento, inclusive sendo no último levantamento em Junho de 2022, o clube acreano com mais seguidores, cerca de 13.700. Tem até uma “torcida” chamada “Nação Morcegueira“, hoje é o clube mais simpático do estado, resta transformar essa simpatia em público presente nos estádios, tanto que não consegui uma foto da torcida até o momento.

Torcida do Andirá

ATLETICO ACREANO – Campeão 9 vezes do estadual o último em 2019, o Galo Carijó da capital é um dos principais clubes do estado. Possui uma das maiores torcidas do Acre, sempre presente e fiel, fazendo grande festa em seus jogos.

Torcida do Atletico prestigiando

GALVEZ – O clube da capital acreana e que representa a policia militar do estado, foi fundado em 2011, nesse período já se firmou no futebol local com um título estadual em 2020, disputando o Brasileiro da Série D no mesmo ano. Quanto a torcida, pequena mais fiel.

Torcida Imperador do Galvez presente

HUMAITÁ– Atual campeão acreano, o clube é da cidade de Porto Acre, com 18.180 habitantes e distante 58 km da capital. Atua no Estádio Municipal Mamede Carutá, para 1 mil torcedores. O “Tourão“, apesar de representar a cidade parece que não faz muito sucesso ainda, vamos ver após a conquista inédita, não consegui uma foto do estádio ou da torcida.

INDEPENDÊNCIA – O Tricolor de Aço da capital, clube tradicional, foi 11 vezes campeão estadual, está na fila a 24 anos, já jogou até uma Série B em 1991. Possui um local de treinamento o Estádio Marinho Monte, mas joga na Arena da Floresta, onde sente falta da torcida que parece que desapareceu com o tempo. Não consegui nenhuma foto.

JUVENTUS – O Clube do Povo da capital acreana, é um dos mais tradicionais clubes do Acre, foi 14 vezes campeão estadual. A última em 2009, contra o Rio Branco, que faz o maior clássico do estado, mas está esvaziado. Sua torcida está tentando sobreviver a clube que não joga desde 2013.

CT Dom Giocondo Maria Grotti

NAUÁS – Com sede na cidade de Cruzeiro do Sul, com 89 mil habitantes, conhecida como a Capital do Juruá, é o mais importante polo turístico e econômico do interior do Acre, fica a 632 km da capital. É o segundo clube mais antigo do estado, mas se profissionalizou somente em 2008 e jogou o campeonato em 2022. O Cacique do Juruá tem uma torcida que prestigia o clube em jogos na cidade.

Torcida do Nauas prestigiando

PLACIDO DE CASTRO – Da cidade de mesmo nome, localizada a 100 km da capital e com 19.565 habitantes, o Tigre do Abunã jogou o campeonato de 2022. O tricolor foi fundado em 1979 e tem um título estadual em 2013. Sua torcida é sempre presente e prestigia o clube em seus jogos no Estádio Ferreirão com capacidade para 1.200 pessoas.

Torcida do Tigre

RIO BRANCO – Clube mais vitorioso em toda a história acreana, com 46 conquistas, o Estrelão tem também a maior torcida do Acre, entre os clubes do estado. Joga na Arena da Floresta. Campeão da Copa Norte em 1997 e uma participação na Copa Conmebol no mesmo ano. Sua torcida é fiel e tem uma boa presença nos jogos na Arena.

Torcida do Rio Branco

SÃO FRANCISCO – Retornando ao estadual após 11 anos, foi vice-campeão em 2022, o São Chico foi fundado em 1967 e tem sede na capital acreana, é um clube modesto e com torcida muito reservada, formada por alguns abnegados e parentes dos jogadores. Não consegui nenhuma foto da torcida.

Mascote São Chico

VASCO – O cruzmaltino acreano foi fundado em 1952, em homenagem a seu homônimo e famoso carioca. Venceu o estadual três vezes, a última em 2001. Atua na Arena da Floresta e sua torcida não conta com os fãs do clube carioca em seus jogos. Não consegui nenhuma foto da mesma. Jogou em 2022.

FONTES: Páginas dos clubes no Facebook – Wikipedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.