Esporte Clube São José – Porto Alegre (RS): Escudo e uniforme de 1946

O Esporte Clube São José é uma agremiação da cidade de Porto Alegre (RS). O ‘Zequinha’ foi Fundado no dia 24 de Maio de 1913, como Sport Club São José, por um grupo de alunos católicos do Colégio São José de Porto Alegre, derivando daí o nome da agremiação. O 1º campo do clube foi num local chamado “Montanha“, onde se localiza o Hospital Militar, na avenida Cristóvão Colombo, no bairro Floresta. O 1º presidente foi Leo De La Rue, tendo sua gestão entre os anos de 1913 e 1914.

O clube mudou várias vezes sua sede, até que em 1939 foi comprado o terreno do atual estádio. O Estádio Passo D’Areia foi inaugurado em 24 de maio de 1940. Em sua abertura, o São José recebeu o Grêmio, mas perdeu na ocasião pelo placar de 3 x 2. Atualmente o estádio já não possui mais nenhuma arquibancada da época, que era de madeira. No lugar existem 3 arquibancadas, duas nas laterais e uma atrás do gol, esta em direção à avenida Assis Brasil, todas totalmente cobertas, que somadas comportam cerca de 10 mil pessoas.

A sua Sede e o Estádio Passo D’Areia (possui sintética, vistoriada e aprovada pela FIFA em 2011), que ficam localizados na Avenida Assis Brasil, 1.200 – Bairro Passo D’Areia, possui ainda salão de festas, churrascaria, ginásio, piscina e quadras sintéticas de futebol para aluguel, estrutura que muitos clubes do interior não possuem.

As suas é azul e branco (em 1996 adotou o vermelho e branco, uma vez que fez uma parceria com as Tintas Renner e o time se chamava: Renner/São José. Porém, o escudo não sofreu nenhuma alteração).

No final dos anos 1960, houve uma fusão do São José com o Clube de Regatas Almirante Barroso. A agremiação chegou a ser apelidada “Zé Barroso“. O uniforme apresentava camiseta com listras largas azuis e brancas. Nessa época, o Zequinha conquistou um dos maiores títulos da sua história, a Copa Governador do Estado em 1971.

Em 1981, treinado por Vasques, o São José foi campeão da Segundona, conquistando o direito de disputar a Divisão Especial em 1982. O time, porém, enfrentou problemas e foi rebaixado no mesmo ano. Voltou a primeira divisão em 1996, depois de uma parceria com o Renner. Durante esta parceria, o São José usou um uniforme em vermelho e branco como o velho Renner.

Em 1998, num lance de marketing ousado, o São José contratou o centroavante Careca, ex-São Paulo e Napoli para atuar em alguns jogos do Gauchão. O time da Zona Norte tem como principais façanhas ter sido duas vezes vice-campeão do Citadino de Porto Alegre, em 1937 e em 1948, campeão da Copa Governador do Estado, em 1971, campeão do torneio de acesso em 1963, e campeão da Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho em 1981. Está na elite do futebol gaúcho desde 1999. Sua melhor colocação na primeira divisão foi um 4º lugar em 2010.

Em âmbito nacional, o São José disputou o Campeonato Brasileiro da Série C nos anos de 1997, 1998, 2001 e 2003 e o Campeonato Brasileiro da Série D em 2009 e 2010. Disputou também a Copa São Paulo de Futebol Juniores, em 2007 e 2008.

No ano de 2006, fez boa campanha no Campeonato Gaúcho, alcançando a classificação para a segunda fase com uma rodada de antecedência. No andamento do Campeonato Gaúcho de 2007, o clube ousou e fez a contratação mais impactante de sua história, ao trazer o experiente e renomado goleiro Danrlei, ex-Grêmio. Para a temporada 2008, outro grande nome do futebol estadual foi contratado, o atacante Fabiano, ex-jogador do Inter, e isso somado a outros bons jogadores, rendeu ao São José novamente o 7º lugar, repetindo a boa campanha de 2006.

O ano de 2010 foi especial para o São José, que conseguiu sua melhor campanha no Campeonato Estadual, com a 4ª colocação, conquistando a vaga para a série D do Campeonato Brasileiro de Futebol, e ainda emplacou o artilheiro do Gauchão 2010. Neste mesmo ano, o São José conseguiu de forma inédita uma vaga para disputar a sua primeira Copa do Brasil, em 2011, beneficiado pelo ajuste das vagas destinadas aos clubes do Rio Grande do Sul.

O São José já participou do Campeonato Gaúcho da 1ª Divisão em 22 vezes: 1973, 1974, 1975, 1976, 1982, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016.

No Gauchão da Segundona foram 23 oportunidades: 1958, 1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1967, 1981, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1999. Por fim, na Série B da 1ª Divisão foram duas participações: 1997 e 1998.

 

FONTES: Wikipédia – Site do Clube – Marlon Krüger Compassi

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Curiosidades, Escudos, História do Futebol, Rio Grande do Sul em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

1 pensou em “Esporte Clube São José – Porto Alegre (RS): Escudo e uniforme de 1946

  1. Jober Teixeira Júnior

    Boa tarde. Gostaria obter fotos do São José dos anos 60 quando o pavilhão social era de madeira com telhas de zinco.
    Isto e nostalgia e faz parte da vida do clube.
    Agradeço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *