HERÓIS POR UM DIA: PAULO BORGES.

  Para acabar com o tabu.

O ponta-direta Paulo Borges já havia se sagrado campeão estadual pelo Bangu, em 1966, quando foi contratado pelo Corinthians, em 1968. Sua missão era clara: acabar com um tabu de onze anos sem vitórias contra o Santos, em partidas validas pelo Campeonato Paulista, que atormentava todos os corintianos. Em 6 de março de 1968, numa noite de inspiração e bom futebol, apesar de jogar improvisado na meia-direita, Paulo Borges cumpriu o trabalho. Marcou, inclusive, um dos gols, o primeiro da histórica vitória por 2×0 (o segundo foi anotado pelo centroavante Flávio), conquistada contra o Santos, que contava com a presença de Pelé no gramado. Depois disso, porém, jamais repetiu a boa atuação nos três anos seguintes em que permaneceu no clube.

Fonte Revista Placar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *