Sport Club Botafogo – Rio de Janeiro (RJ): campeão da Liga Carioca de Desportos, em 1921

O Sport Club Botafogo foi uma agremiação da cidade do Rio de Janeiro (RJ). A sua 1ª Sede (provisória), ficava na situado na Rua Humaitá, nº 95, no bairro de Botafogo, na Zona Sul do Rio. Fundado na terça-feira, do dia 09 de Setembro de 1919, por um punhado de destemidos desportistas, sendo os fundadores os senhores:

Octavio Capella, João G. Bandeira, Luiz A. Ferreira, Augusto Fernandes Junior, Milton Pereira da Fonseca, Francisco Tavares, Ariostaldo Soares Barbosa, Adolpho Lazoski, Antenor Miranda, Eduardo Miranda, Jayme Fernandes, José Lagoski, Américo da Silva, Vicente Scardené, Isaac Ribeiro Moraes e Antonio da Silva

A sua 1ª Diretoria foi composta pelos seguintes membros:

Presidente – Octavio Capella;

Vice-Presidente – João G. Bandeira;

1º Secretário – Luiz A. Ferreira;

2º Secretário – Milton Pereira da Fonseca;

1º Thesoureiro – Augusto Fernandes Junior;

2º Thesoureiro – Francisco Tavares;

Capitão – Ariostaldo Soares Barbosa.

Sede inaugurada em 1922

O Botafogo inaugurou a sua nova Sede, na noite de domingo, às 20h30min., do dia 19 de Novembro de 1922, situado na Rua Humaitá, nº 150, no bairro de Botafogo, na Zona Sul do Rio. Nessa data, foi apresentada a fotografia do time campeão do Campeonato da Liga Carioca de Desportos de 1921.

Além do futebol, o clube também contava com outras modalidades esportivas: Ping-Pong (tênis de mesa). A equipe possuía o seu campo na Rua Humaytá, porém pelas dimensões reduzidas, nas partidas mais relevantes, mandava os seus jogos na Praça de Esportes (propriedade do Carioca Football Club), situado na Estrada D. Castorina, no bairro Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio.

Primeiros Troféus

Na quarta-feira, do dia 31 de dezembro de 1919, o Sport Club Botafogo venceu o Club de Regatas Piraquê por 1 a 0, faturando a sua primeira taça. No domingo, do dia 12 de setembro de 1920, o S.C. Botafogo goleou o Sport Club Lorena por 5 a 2, levantando o seu segundo troféu.

Na quinta-feira, do dia 03 de março de 1921, o S.C. Botafogo bateu o Sport Club Vasco da Gama por 2 a 1, conquistando a sua terceira taça. No domingo, do dia 10 de abril de 1921, o S.C. Botafogo voltou a enfrentar o Sport Club Vasco da Gama (sua Sede ficava na Rua da Relação, nº 45, no Centro do Rio) e novamente venceu por 4 a 1, levantando o 4º troféu. Até o final de 1923, o clube possuía na sua Sala de Troféus 15 taças.

Clube se filia a Liga Carioca e se sagra campeão em 1921

A Liga Carioca de Desportos (LCD), foi Fundada na segunda-feira, do dia 22 de Março de 1920, na Sede do Ubá S.C. na Rua Barão de Ubá, nº 132, no bairro Praça da Bandeiras. A sua 1ª Sede: Rua Sete de Setembro, nº 183/ 2º andar, no Centro do Rio.

O Ubá Sport Club foi o 1º Campeão do Torneio Início, enquanto o Sport Club Ypiranga (sediado na Rua Theodoro da Silva, nº 325, em Vila Isabel) foi o 1º campeão do Campeonato da LCD (O Ubá foi o vice-campeão)!

Na terça-feira, do dia 08 de março de 1921, o clube alvinegro se filiou a LCD, onde faturou, no mesmo ano, o inédito título do campeonato. A competição contou com a participação de nove equipes:

Ubá Sport Club (Praça da Bandeira  – campo: Barão de Iguatemy), Sport Club Ypiranga (Vila Isabel), Palestrino Football Club (Rua Bambina, nº 135, em Botafogo), Frontin Football Club, Paulistano Football Club (Botafogo), Mignon Football Club (rubro-negro – Rua Dr. Ferreira Pontos, s/n, no Andaraí), Ibéria Football Club, Alliança Football Club e o Sport Club Botafogo

No Torneio Início de 1921, no domingo, do dia 1º de maio, no campo do Confiança Athletico Club, o Botafogo acabou caindo na estreia para o Sport Club Ypiranga, que avançou até a final diante do Ibéria Football Club, e, ficou com o título.

Na estreia do Campeonato da LCD, no domingo, do dia 22 de Maio e 1921, no campo do Jardim Botânico, o Botafogo ficou no empate com o Ypiranga em 2 a 2. Os gols do Alvinegro foram assinalados pelos irmãos Arlindo Silva e João Silva.

O campeonato foi marcado por abandonos de alguns clubes como o Ubá e o Ypiranga, vários W.O. No final, na quinta-feira, do dia 08 de dezembro de 1921, a Liga Carioca de Desportos (LCD), proclamou o Sport Club Botafogo como o grande campeão da temporada. 

O time base formou assim: José Alves (Adolpho Lagoski); José Cardoso Curvello (Rufino Alves) e Antonio F. de Couto Filho (Oscar Silva); Victorio Ferreira (Álvaro Ferreira), Barnabé Garcia e Francisco Guilherme Machado; Jayme Fernandes (Gabriel Amorim), Augusto M. Ferreira, Arnaldo Miranda (João Silva), Antonio Fernandes Pinho (Arlindo Silva) e Oswaldo Ramos (Antenor Miranda).

Excursão à Barra do Piraí

Na madrugada da quinta-feira, do dia 14 de Julho de 1927, o Sport Club Botafogo seguiu para Barra do Piraí, a fim de enfrentar, em amistoso, o Sport Club Royal. A delegação se reuniu às 3 horas da manhã e seguiu para a Central, onde embarcaram no trem em direção a região Sul Fluminense do Rio.

No domingo, do dia 21 de Julho de 1929, o clube alvinegro voltou a enfrentar o Royal, em Barra do Piraí. A delegação pegou o trem das 4h50min., da manhã, a fim de jogar nos primeiro e segundo quadros

Alvinegro largou a LCD

No final da temporada de 1921, o Botafogo abandonou a Liga Carioca de Desportos (LCD). Até 1923, se limitou a jogar partidas amistosas. Em 1925, estava na Sub-Liga Brasileira. Em 1926, o clube estava filiado na Associação Municipal de Esportes Athleticos (AMEA – instalada no bairro de Botafogo).

Time base de 1920: Luiz; Oscar e Lazoski; Oswaldo, Barnabé e Machado; Jayme, Augusto, Arnaldo, Antenor e Antoninho.

Time base de 1921: José Alves (Adolpho Lagoski); José Cardoso Curvello (Rufino Alves) e Antonio F. de Couto Filho (Oscar Silva); Victorio Ferreira (Álvaro Ferreira), Barnabé Garcia e Francisco Guilherme Machado; Jayme Fernandes (Gabriel Amorim), Augusto M. Ferreira, Arnaldo Miranda (João Silva), Antonio Fernandes Pinho (Arlindo Silva) e Oswaldo Ramos (Antenor Miranda).

Time base de 1922: Raul; Mineiro e Curvello; Satyro, Silva e Barnabé; Jayme, Antenor, Octavio, Arnaldo e Machado. Reservas: Martins, Aprígio e Chequé.

Time base de 1923: Adolpho Lagoski; Suriquinha e Curvello; Satyro, Capão e Machado; Jayme, Chequé, Octavio, Antoninho e Martins. Reservas: Aprigio, Oswaldo, Victorino, Simas e Alberto II.

Time base de 1924: Gomes; Lolô (Suriquinha) e Martins; Victorino, Albano e Bernardino; Walgueiredo, Chequé, Antenor, Plácido e Mena (César).

Time base de 1925: Gomes; Curvello  e Suriquinha; Victorino (Albano), Martins e Saroco; Botafogo, Mena (China), Antenor (Chequé), Walgueiredo e César.

Time base de 1926: Soares; Baptista (Mattos) e Curvello; Luciano (Baptista), Bernardino e Sacoro; Floriano (Juciano), Chequé (Jayme), Augusto (Walgueiredo), Mena (Torres) e Botafogo (Arnaldo).

Time base de 1927: Amaury; Baptista e Saroco; Albano, Paulista e Monteiro; Manoel, Bonitinho, Fortunato, Zezinho e China. 

Time base de 1928: Soares (Cap.); Martins e Antoninho (Baptista); Floriano (Antonio), Barnabé e Henrique (Santos); Coronel (Coelho), Oswaldinho (Manoelzinho), Matheus (Augusto), Alípio (Gentil) e Jayme (China). 

Time base de 1929: Soares; Baptista e Curvello (Constantino); Santos (Mattos), Barnabé e Alberto Santos; Coronel, Walgueiredo, Alfredo, Macedo e Arthur. Reservas: Bernardino, Joaquim, Heroltides, Pedro, Matheus e Luciano

FONTES: A Esquerda (RJ) – A Manhã (RJ) – A Noite (RJ) – Beira-Mar (RJ) – Correio da Manhã (RJ) – Jornal do Commercio (RJ) – O Brasil (RJ) – O Imparcial (RJ) – O Jornal (RJ) – O Paiz (RJ)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.