Inédito!! Clube Atlético Dolaport – João Pessoa (PB): Vice-campeão Paraibano da 1ª Divisão de 1944

O Clube Atlético Dolaport foi uma agremiação da cidade de João Pessoa (PB). A sua Sede e o seu Estádio da Graça ficavam localizados na Avenida (atual: Rua) Porfírio Costa, s/n (próximo do nº 366), no Bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa (PB).

O Alviverde foi Fundado na quinta-feira, do dia 10 de Fevereiro de 1938, por funcionários da Fábrica de Cimento Dolaport (Companhia Parahyba de Cimento Portland S.A.), com o nome de “Club Athletico Dolaport”. Na quarta-feira, do dia 07 de Setembro daquele ano, o clube inaugurou a sua Praça de Esportes. Nesse dia, o Dolaport enfrentou a Associação Sportiva da Cia. Portella, de Jaboatão dos Guararspes (PE)

O clube nasceu de forma modesta, mas a partir de 1940, surpreendeu os seus próprios sócios com um progresso assustador até 1942, quando se inscreveu na Federação Paraibana de Desportos (FPD), a fim de disputar o Campeonato Estadual de futebol profissional.

O Dolaport disputou a Elite do Futebol Paraibano em duas oportunidades: 1942 e 1944. No seu primeiro ano, debutou com estilo. Surpreendeu com uma atuação fantástica terminando na 3ª colocação.

No estadual de 1943, nem chegou a disputar, uma vez que a Federação Paraibana expulsou o Dolaport por indisciplina, na sexta-feira, do dia 11 de Junho.

Naquele ano, a diretoria do clube alviverde, liderados pelo presidente José Inácio Caldeira Versiane, Gutenberg Gomes Guimarães (vice-presidente), Valdemar Machado Rios (secretário) e Elpídio Ramalho (1º tesoureiro), lançaram uma campanha “Dos mil sócios” com o intuito de ampliar as suas instalações, e assim, concluir as obras da sua Sede e da Praça de Esportes.

Assim, retornou em 1944, onde conseguiu o seu melhor resultado, ao terminar com o vice-campeonato Paraibano de futebol da 1ª Divisão em 1944. O Botafogo ficou com o título daquele ano.

Amistosos nacionais

O Clube Atlético Dolaport excursionou a cidade de Natal (RN), para a realização de dois jogos. No primeiro encontro, no sábado, do dia 05 de junho de 1943, empate em 3 a 3, com o América de Natal.

No dia seguinte (domingo, do dia 06/06/43), o Dolaport goleou o campeão estadual, Clube Atlético Potiguar pelo placar de 6 a 2, no Estádio do Tirol, em Natal. A Renda dos dois jogos atingiu a soma de Cr$ 5.049,00.

No domingo, do dia 12 de Dezembro de 1943, Dolaport e América (PE) ficaram iguais em 2 a 2, em João Pessoa. Astrogildo abriu o placar para América no 1º tempo. Na fase final, Djalma e Antonio Berto marcaram para os paraibanos. Nos minutos finais Zé Pequeno, em cobrança de pênalti, deixou tudo igual.                                                                                

No domingo, do dia 09 de Janeiro de 1944, o Dolaport empatou com o Santa Cruz, do Recife (PE), em 4 a 4, em amistoso nacional, realizado no Estádio da Graça, em João Pessoa. O Dolaport chegou a estar vendendo por quatro a zero, mas acabou cedendo a igualdade no fim da partida.

Vale ressaltar que esse jogo marcou a inauguração do campo do Dolaport: Estádio Leonardo Vinagre da Silveira, o “Estádio da Graça”, localizado na Rua Porfírio Costa, s/n, no bairro Cruz das Armas, em João Pessoa. O 1º gol foi assinalado pelo atacante do Dolaport, Odilon.

No domingo, do dia 20 de Fevereiro de 1944, o Dolaport bateu o São Cristóvão (RJ) por 3 a 1, no Estádio da Graça, em João Pessoa. Essa foi a 1ª vez que um clube carioca jogou no estado da Paraíba.

A revanche contra o Santa Cruz (PE), aconteceu na tarde de domingo, às 15h45, do dia 12 de março do mesmo ano, no Estádio do Náutico, na Avenida Rosa e Silva. No jogo de dez gols, melhor para a Cobra Coral que venceu por 6 a 4 o Dolaport.

O time paraibano jogou: Paredão; Waldemar e Nilo; Rubinho, Marcial e Sabino; Gordinho, Antonio Berto, Djalma, Pedrinho e Odilon.

Na quarta-feira, do dia 22 de Março de 1944, o Dolaport goleou a Associação Atlética Great Western, do Recife (PE), pelo placar de 4 a 1, no Estádio da Graça, em João Pessoa. O primeiro tempo, terminou empatado em um gol. Na etapa final, os alviverdes marcaram três tentos, decretando o triunfo.

Dolaport: Pagé; Waldemar e Durval; Nilo, Marcial e Sabino; Zé Pequeno, Antonio Berto, Djalma, Nuca e Gordinho.

Great Western: Rubens; Luiz e Mario Matos; Quirino, Pixe e Narciso; Badú, Beroni, Damião, Dedé e Batista.

Fim da linha

A partir de 1945, o clube se afastou das competições profissionais, mas realizou alguns amistosos. A sua última relevante informação, aconteceu na terça-feira, do dia 17 de maio de 1949, quando o Legislativo Municipal de João Pessoa, apresentou um projeto-lei autorizado pela prefeitura a desapropriar amigável ou judicialmente, o campo (adaptado a um pequeno estádio) do clube. Nessa época, a agremiação estava com o nome alterado: Dolaport Esporte Clube, pertencente a industria Reunida F. Matarazzo.

Time-base de 1944: Paredão (Congo ou Pagé); Waldemar e Nilo (Durval); Rubinho (Guariba), Marcial e Sabino; Gordinho (Pedeaço), Antonio Berto (Zé Pequeno), Djalma (Amorim), Pedrinho (Nuca) e Odilon (Carlito).

FONTES: Diário de Pernambuco (PE) – Pequeno Jornal (PE) – A Noite (RJ) – Diário Carioca – Diário da Noite (RJ) – Jornal do Commercio (RJ) – Jornal dos Sports (RJ) – Sport Ilustrado (RJ)

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Carências, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, História do Futebol, Paraíba em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *