Você Sabia? Esporte Clube Ypiranga – Salvador (BA), mudou o nome e as cores em 1962

Esporte Clube Ypiranga é uma agremiação da Cidade de Salvador (BA). O Aurinegro, clube do coração de Jorge Amado (um dos maiores escritores do país), é o 3º clube com mais títulos baianos, depois do Bahia e do Vitória, com 10 conquistas.

E também um dos mais tradicionais clubes baianos. No início do século XX, jovens excluídos da sociedade por vários motivos, principalmente por fatores étnicos, sociais e econômicos e por conta disso, impedidos de participaram de clubes de futebol no Brasil.

Com isso, decidiram fundar um clube que unisse o povo pobre da cidade em detrimento dos privilégios das elites, surgiu o Sport Club Sete de Setembroem 17 de abril de 1904, mas que em 07 de Setembro de 1906, surge uma nova equipe, agora chamada de Sport Club Ypiranga, nome escolhido de forma emblemática, fruto do momento conjuntural de construção da identidade nacional.

O Esporte Clube Ypiranga é a síntese da união dos excluídos da cidade, que querem se integrar construindo um tempo novo, rompendo com privilégios das elites arraigadas pelo escravismo do antigo regime imperial.

A partir daí então o Esporte Clube Ypiranga figurou como destaque no cenário baiano, ganhando 10 títulos estaduais (sete de forma invicta), nos anos de 1917, 1918, 1920, 1921, 1925, 1928,1929, 1932, 1939 e 1951.

Assim como também 10 vezes ficou com o vice-campeonato. O time também conquistou o Campeonato do Norte-Nordeste em 1951, e, o Torneio Início em oito oportunidades: 1919, 1922, 1929, 1933, 1947, 1956, 1959 e 1963.

Em 1962, o clube muda o nome e as cores

Poucas pessoas sabem, mas  o Esporte Clube Ypiranga, de Salvador (BA), alterou o seu tome e também as cores. Em 1962, a diretoria mudou para “Clube de Futebol Ypiranga” e trocou o amarelo e preto para o verde e branco.

No início do mês de setembro de 1963, o CND (Conselho Nacional de Desportos), que na época era a última instância no esporte brasileiro, autorizou a mudança do nome e das cores. Vale lembrar que as federações não tinham autonomia para dar a última palavra em questões jurídicas sem o aval do CND.

O órgão foi responsável pela regulação e regulamentação de todos os esportes e suas respectivas federações e confederações no Brasil. Após sua extinção, em 1993, nenhum órgão assumiu suas funções.

A estreia aconteceu na tarde de domingo, do dia 30 de Setembro de 1962, no clássico baiano, diante do rival Vitória, no estádio da Fonte Nova. O descontentamento, em relação às cores, pode ser visto até na imprensa local, como foi o caso do Jornal A Tarde, que destacou na sua manchete: “Canários camuflados de periquitos pegaram os leões pelo pé, na Fonte Nova“.

A torcida também não aceitou a mudança das cores, tempos depois o clube voltou atrás, retornando ao aurinegro. O que não se sabe é o tempo que durou o alviverde. Já o nome durou cerca de uma década, quando a diretoria voltou ao nome anterior: Esporte Clube Ypiranga.

Grave crise financeira gerou o declínio

Nos anos que se seguiram o Ypiranga enfrentou forte crise financeira, estrutural e administrativa e deixou de figurar entre os clubes vencedores do futebol baiano e nordestino.

Porém, é inegável nos dias de hoje o reconhecimento da tradição que o clube preserva entre os amantes do futebol. Por todos esses motivos, profissionais competentes, visionários, amantes do futebol e da história desse centenário e glorioso clube, que faz parte da cultura, da sociedade e do esporte baiano, vêm tomando a frente da administração do clube, a fim de torná-lo grande novamente.

Já no Campeonato Baiano da 2ª Divisão, o clube detém 2 títulos, um conquistado em 1983 e outro em 1990 (de forma invicta). A categoria Juvenil do Ypiranga também conquistou diversos títulos ao longo dos anos.

HINO DO CLUBE

ATUALIDADE

A administração de Emerson Ferretti (ex-jogador) e Valdemar Filho tem trabalhado para recuperar os tempos de glórias e vitorias, o time profissional disputou o Campeonato da Segunda Divisão de 2010 depois de 3 anos ausente, em 2011 quase subiu para a primeira ficando em terceiro. Na Segunda Divisão de 2012, o Ypiranga conseguiu chegar às semifinais.

Contudo, foi eliminado pela Jacuipense, que mais tarde seria derrotada na final pelo Botafogo. O time juvenil já disputou a Copa 2 de Julho duas vezes, competição internacional realizada na Bahia, e também disputou, junto com o time infantil, o Campeonato Baiano da categoria.

Em março de 2012, assinou contrato com a fornecedora de material esportivo italiana Lotto. Porém, em fevereiro de 2013, o clube fechou um novo contrato com a brasileira Super Bolla.

No fim de 2013, focando na competição de 2014, o clube se reformulou administrativamente contratando novos diretores para as áreas jurídica, de futebol e de marketing. No jurídico assumiu como diretor o advogado Ricardo Maracajá, especialista em direito tributário e administrativo, com ele veio o novo gerente jurídico Fernando Santos, advogado especialista em direito civil.

Com o lançamento do plano de sócio-contribuinte, será iniciada a reestruturação do CT da Vila Canária e, assim, poder disponibilizar seu parque aquático aos seus associados e também modernizar a estrutura do futebol.

FONTES: Jornal da Tarde (BA) – Jornal dos Sports – Site do clube – pesquisador Ubiratan Brito

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Bahia, Carências, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, História do Futebol em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.