A maior goleada da história do Futebol Brasileiro foi do Rio Negro de Manaus

Por: Gaspar Vieira Neto

“Quando começamos a nos aprofundar nas pesquisas em jornais e documentos antigos, descobrimos fatos interessantes que chega a nos surpreender. Uma dessas foi saber que a maior goleada na história do futebol brasileiro ocorreu no Amazonas.

Oficialmente a maior goleada conhecida no Brasil aconteceu no campeonato carioca de 1909, quando o Botafogo ganhou do Mangueira por 24 x 0.

Mas há alguns anos, descobriu-se uma outra goleada em que o Nacional venceu a equipe do Brasil também por 24 x 0, no Campeonato Amazonense de 1922, igualando-se ao resultado do Botafogo.
Porém uma outra e desconhecida goleada aconteceu também no Amazonas: o Rio Negro massacrou o time do Internacional por 25 x 0, superando os outros dois resultados.

Jornal do Commercio de 13 de marcço de 1927

O JOGO
O confronto aconteceu em Manaus valendo pelo Campeonato Amazonense de futebol de 1927 e o Rio Negro fez o jogo de estreia do certame contra o time do Grupo Internacional Visconde Club, um clube que tinha sido fundado no ano anterior, na Rua Visconde de Porto Alegre (daí o termo Visconde no nome do clube).

O jogo foi em um domingo à tarde, no dia 13 de março de 1927 no campo do Luso. As duas equipes estavam assim escaladas:

RIO NEGRO – Francis, Oliveira e Duarte; Dodoca, Herminio e Otávio; Joãozinho, Vidinho, Jacy, Waldemar e Augusto.
INTERNACIONAL – Levy, Eustáquio e Norberto; Mattos, Rocha e Joaquim; Januário, Antônio, Nonato, Pedro e Babão.

Antes houve uma preliminar em que o time reserva do Rio Negro venceu os reservas do Internacional por 11 x 0.

A partida principal, entre os titulares, foi equilibrada nos dez primeiros minutos. Porém depois houve uma avalanche de gols dos rio negrinos. Era um atrás do outro e, no final, chegou-se ao incrível placar de 25 x 0 a favor do Rio Negro.

E o placar poderia ser mais dilatado se o goleiro Levy não fizesse esplêndidas defesas, evitando uma humilhação maior. Quanto ao goleiro Francis, do Rio Negro, só teve o trabalho de fazer uma pegada durante todo o duelo.

Inclusive Francis (que era natural do caribe) foi escalado em cima da hora em função do goleiro titular Luciano estar doente. Infelizmente, não se publicou o nome dos jogadores que marcaram os gols cujo capitão da equipe vencedora era o zagueiro Oliveira.

Sendo assim, o Rio Negro já demonstrava sua força no início do campeonato (que não teve a participação de seu principal rival, o Nacional), que finalizaria com o time barriga-preta como campeão amazonense de 1927.

CONCLUSÃO
As provas dessa goleada estão no Jornal do Commercio e no livro ‘Sete Décadas de Barriga Preta’, de Manoel Bastos Lira. Na foto está o jogador Vidinho, o maior craque e artilheiro do Rio Negro na época e que deve ter feito muitos gols nesse jogo.”

Jogador Vidinho
Transcrição do Jornal do Commercio do dia 15 de março de 1927
(edição não disponível na Biblioteca Nacional)

TORNEIO INÍCIO

Das nove equipes participantes do campeonato, sete participaram do Torneio Início:

Amazonense Foot Ball Club;

Euterpe Foot Ball Club;

Independência Foot Ball Club;

Grupo Internacional Visconde Club;

Libertador Sport Club;

Manáos Sporting Club;

Athetico Rio Negro Club.

Apenas o Luso Sport Club e a União Sportiva Portuguesa não disputaram o mesmo.

Na final, disputada no dia 6 de março de 1927 no Campo do Luso, o Libertador venceu o Manáos Sporting por 2 a 1 e conquistou a Taça Presidente Vidal Pessôa.

Pesquisa: Gaspar Vieira Neto e Gerson Rodrigues

FONTES: Jornal do Commercio – livro “Sete Décadas de Barriga Preta”, de Manoel Bastos Lira.

Este post foi publicado em 07. Gerson Rodrigues, Amazonas, Grandes Goleadas em por .

Sobre Gerson Rodrigues

Sou membro do blog desde 2007, carioca, tenho interesse em catalogar os campeonatos citadinos (fase amadora), estaduais, regionais e nacionais disputados no Brasil. Mantenho uma página onde organizo todos escudos, competições, estádios, jogadores e gols: http://www.futebolnacional.com.br Para quem possuir alguma informação, basta enviar um email para gerson@futebolnacional.com.br que publicarei tanto no blog quanto no meu site, com os devidos créditos. Residente no Rio de Janeiro, sou Engenheiro Eletrônico e de Sistemas, Gerente de Projetos e Diretor da RSSSF Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *