Club Athletic Internacional – Santos (SP): Existiu entre 1902 a 1910

O Club Athletic Internacional foi uma agremiação efêmera da cidade de Santos (SP). Segundo relatos do jornalista Olao Rodrigues (que viveu naquela época), a história do clube começou pelo Sr. Henrique Porchat, que foi o responsável pela introdução do futebol na cidade de Santos.

Ele trouxe duas bolas e promoveu o primeiro jogo de futebol na praia do Boqueirão. Dias depois, no teatro Variedades, ele e outros desportistas Fundaram, na noite de domingo, do dia 02 de Novembro de 1902, o Club Athletic Internacional, a 1ª agremiação futebolística que surgiu em Santos.

As suas cores eram azul, vermelho e amarelo. Voltaram a se reunir no dia 1º de janeiro de 1903, a fim de eleger e empossar sua 1ª Diretoria, que foi constituída da seguinte forma:

Presidente – Gustavo Goetze;

Vice-Presidente – Joaquim Montenegro (que foi presidente da Câmara de Vereadores e prefeito de Santos);

Secretário – Ernesto Roxo;

Tesoureiro – João Mourão;

Diretor – André Peixoto Miler;

Referee – C. Félix de Lima Júnior.

O Internacional foi o 1º campeão do Campeonato Citadino de Santos numa disputa entre dois clubes, com o SC Americano, semelhante ao que ocorria em Porto Alegre entre o Grêmio F.B.P.A. e o Fuss Ball G.P.A. Em 1904 quase disputou o Campeonato da Liga Paulista de Futebol, perdendo a vaga para a Associação Atlética das Palmeiras.

Em 1907 juntamente com o Americano ingressou na Liga Paulista, onde participou do Campeonato Paulista de Futebol da Primeira Divisão (atual A1), em 1907 e 1908. No ano seguinte, abandonou as disputas por falta de recursos para viajar a São Paulo.

Na foto (acima), o ground – localizado na Avenida Ana Costa, s/n, no Bairro do Gonzaga, em Santos – do Club Athletic Internacional, visto do Monte Serrate – no local onde é agora a Igreja Coração de Maria, e os futebolistas que participaram do 1º jogo, realizado em 28 de junho de 1903, nesse campo. Antes eles treinavam na praia do Boqueirão.

Oito anos após a sua fundação, o Internacional fechou as suas portas em 1910. Mais tarde, seu campo, na Avenida Ana Costa, foi utilizado pelo Santos Futebol Clube em seus primeiros jogos. Um de seus uniformes era camisa e calção branco e meias pretas.

Time 1905

Primeiro Quadro: Mario Mendes; Guta e Mário Prado; Pilar, Juvenal e Carvalho; Argemiro, Leonidas, Tross, Gray e Cross.

Segundo Quadro: Durval; Chamba e Collatino; Leoncio, Aguiar e Tarcisio; Harold Cross, Carlos, Edwano, Voss e Guerra.

Time-base de 1907: Olyntho (Victor); J. Meech e H. Tross; Leôncio (Badu), Argemiro (Todd) e O. Pillar (M. Verdinassi); Leo (Ambrosio), Esteves (Chico), Turner (Joãozinho), Harold Cross (H. Grawshaw) e Victor (A. Fontes).

FONTES: Wikipédia – Jornal Eletrônico Novo Milênio – Almanaque da Baixada Santista – Olao Rodrigues – Correio Paulistano

FOTOS: Marques Pereira (1º repórter-fotográfico)

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Carências, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, História do Futebol, São Paulo em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.