Esporte Clube Jardim – Jardim (MS): Disputou o Estadual da 2ª Divisão de 2001

O Esporte Clube Jardim é uma agremiação do Município de Jardim, no estado de Mato Grosso do Sul. Com uma população de 24.484 habitantes (segundo o censo IBGE de 2011), a localidade está a 259 km da capital (Campo Grande). Jardim foi criado em 14 de maio de 1946 e emancipado em 11 de dezembro de 1953.

Por falar no ano em que Jardim surgiu, o clube também foi Fundado em 1946, por um grupo de amigos que, se tornaram sócios fundadores, naquela época. Dessa forma, se tornando o 1º clube social do município.

A ideia inicial, era promover eventos da alta sociedade e militares jardinenses. Com o adventos dos “Bailes”, o número de sócios foi crescendo. Com novas Diretorias formadas por homens de negócios que na época investiam em Jardim ou trabalhavam na CER-3.

Ocorreram bailes sociais de primeira linha, trajados de palito completo, assim como Baile de debutantes, formaturas e outros, da melhor qualidade, com bandas do Paraná e interior de São Paulo, que faziam das noites jardinenses, as melhores dos anos.

Os carnavais com blocos e belas fantasiadas, “regado” por ótimas bandas esquentavam as noites tradicionais naquela época, que hoje, infelizmente, não existem mais.

 Sua 1ª Sede está localizada na Avenida Duque de Caxias, nº 415, no Centro. Já sua Sede administrativa fica situado na Rua Graça Aranha, nº 68, no Bairro Cohab Aeroporto. A Sede atual fica na Rua Tenente Ary Rodrigues, nº 415, no bairro de 9º Becnst.

Time de 1978, que enfrentou o Vasco

Um momento que marcou a vida da agremiação, aconteceu no domingo, do dia 15 de Janeiro de 1978, quando o Esporte Clube Jardim derrotou o time juvenil do Clube de Regatas Vasco da Gama/ RJ, po 1 a 0, no Estádio Município Major Costa (Capacidade para 2.500 pessoas), em Jardim (MS). A renda deste jogo foi revertida para a Casa do Garoto local.

E.C. Jardim (1990)
Em pé (esquerda para a direita):
Totó, Toninho  Catuaba, Carlinhos Grubert, Argeu e Gilberto;
Agachados (esquerda para a direita):
Pelezinho, Mário Nelson, Lori, Esquerdinha, Ivan Bugre e Djalma.

Na esfera profissional, a primeira e única participação, aconteceu há 19 anos. O Esporte Clube Jardim disputou o Campeonato Sul-Mato-Grossense da Segunda Divisão de 2001, organizado pela Federação Matogrossense de Futebol (FMF).

O Estádio Município Major Costa (Capacidade para 2.500 pessoas), em Jardim (MS).

A competição contou com a participação de 12 equipes, divididos em três grupos de quatro:

GRUPO A  

Clube Atlético Iguatemi (Iguatemi);

Esporte Clube Águia Negra (Rio Brilhante);

Nova Andradina Futebol Clube (Nova Andradina);

Triângulo (Nova Andradina).

GRUPO B  

Bonito Futebol Clube (Bonito);

Esporte Clube Jardim (Jardim);

Novo Horizonte (Três Lagoas);

Vila São Bento (Sidrolândia).

GRUPO B  

Coxim Atlético Clube (Coxim);

Esporte Clube Campo Grande (Campo Grande);

Liga Rio-Verdense (Rio Verde de Mato Grosso);

Rio Negro Futebol Clube (Rio Negro);

No final, o Águia Negra foi o grande campeão, enquanto o Coxim ficou com o vice-campeonato da Segundona.

FONTES: Acervo Fotográfico Ten. Cel. Jaime Ribeiro – Wikipédia – Página do clube no Facebook – Rsssf Brasil.

Colaboração: jornalista e pesquisador Felipe Feitosa

Dourados Futebol Clube – Dourados (MS): Disputou três edições da 1ª Divisão do Estadual

O Dourados Futebol Clube foi uma agremiação da cidade de Dourados (MS). A sua Sede ficava situada na Av. Marcelino Pires, nº 5.326, no Bairro Cabeceira Alegre, em Dourados.

Em Março de 1991, após a fusão entre o Ubiratan Esporte Clube e o Clube Atlético Douradense nascia o Dourados Futebol Clube. Após se filiar a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), a equipe esteve presente em três edições do Campeonato Sul-Mato-Grossense da 1ª Divisão: 1991, 1992 e 1994. Após a última participação no Estadual, a fusão foi desfeita e o Dourados virou história.

FONTES: site FutebolMS – Mercado Livre – Cássio Siqueira

Lista de expulsos do América no Campeonato Brasileiro

O America de Natal teve 14 participações no Campeonato Brasileiro de Futebol da Primeira Divisão, a primeira vez foi em 1973 e a última no ano de 2007. Ao longo deste período o clube teve 25 jogadores expulsos e no ano de 2007, na ultima participação, foi a equipe mais violenta com seis expulsões, tendo em média  0,71 por jogo.  O zagueiro Joel Natalino ( atual técnico Joel Santana) foi expulso duas vezes, uma em 1977 e a outra em 1979.

Os jogadores expulsos por ano:

1973 – Emídio e Careca

1974 – Scala e Paúra

1975 – Reinaldo , Mário Braga , Edinho e Hélcio Xavier

1976 – Telino

1977 – Jangada e Joel Natalino

1978 – Humberto

1979 – Joel Natalino , Robertinho e Ivan Silva

1980 – Sérgio

1981 – Marinho Apolônio

1982 – César

1983 – Rafael

1997 – Dinho

1998 – Ronaldo Marconato

2007 – Geovane , Thiago Machado , Berg , Souza e Odirlei

Total de expulsões: 26

Total de jogadores: 25

Goleado o bicho papão da Bahia

Nos anos 50 o Ypiranga a Bahia era um grande time, e fez excursão pelo Rio Grande do Norte em 1952 . Jogou duas vezes em Natal, em 25 de maio de 1952 enfrentou e venceu o Santa Cruz por 5×2. Dois após enfrentou o América o atual campeão potiguar e foi surpreendido por uma grande goleada por 7×1 com gols de Dieb (13/1º), (15/1º), Valder (contra, 30/1º), Abel (34/1º), Gilvan (15/2º), (23/2º) e Dieb (35/2º) e marcando para a equipe baiana Raimundinho I (26/1º, de pênalti). O jogo foi no estádio Juvenal Lamartine em Natal e teve o registro do jornal “A Ordem”

Achados em Minas Gerais

Estava pesquisando sobre a segundona de MG e achei essas duas fotos, não sei se é inédito. Ambas equipes disputaram a segundona, o Fama de Patrocinio em 1977 e o Metalurgico de João Monlevade em 1969. Pela foto dá para refazer os escudos.

Fonte: Facebook Patrocínio Meu Amor

Fama Esporte Clube

Clube Atlético METALÚRGICO (João Monlevade)

Escudo Correto do Americana Esporte Clube

Encontrei este escudo na excelente matéria do site: http://ovasquinhodeamericana.com/?p=107 Nele, são descritos os últimos anos do saudoso Esporte Clube Vasco da Gama, de Americana; a troca de nome para Americana Esporte Clube, por necessidade financeira; a perda do estádio Victório Scuro para a Prefeitura; e a fusão com o Rio Branco Esporte Clube.

Inédito!! Esporte Clube Paulista – Bebedouro (SP): Fundado em 1925

O Esporte Clube Paulista foi uma agremiação da cidade de Bebedouro (SP). Fundado na quarta-feira, do dia 20 de Maio de 1925, por funcionários da Cia. Paulista de Estrada de Ferro. As suas cores eram o azul marinho, celeste e branco. 

Um breve histórico desta agremiação: Campeão Citadino de 1942. No mesmo ano estava inscrito para disputar o Campeonato Paulista do Interior daquele ano (1942), porém em outubro desistiu de participar do certamente. Campeonato Paulista do Interior de 1942, 1945, 1946, 1947 e 1948.

Em 1938, já estava filiado a Liga de Futebol do Estado de São Paulo. Em março de 1950, foram iniciados as obras da construção da piscina, localizado na Rua São João, Centro, Bebedouro, SP, terreno doado pelo major Cícero de Carvalho

FONTES: Jornal de Notícias (SP) – Correio Paulistano (SP) – Página no Facebook: “Estação Ferroviária de Bebedouro-SP”

Copa FMF 2019

Participantes
Cordino (Cordino Esporte Clube) – Barra do Corda
Juventude (Sociedade Esportiva Juventude) – Caxias
Maranhão (Maranhão Atlético Clube) – São Luís
Pinheiro (Pinheiro Atlético Clube) – Pinheiro
Santa Quitéria (Santa Quitéria Futebol Clube) – Santa Quitéria do Maranhão
São José (São José de Ribamar Esporte Clube) – São José de Ribamar

1ª Fase

03/11/2019 – 1ª Rodada
Maranhão 4-1 Cordino
Pinheiro 0-0 Juventude
05/11/2019 – 1ª Rodada
São José 0-1 Santa Quitéria

09/11/2019 – 2ª Rodada
Juventude 3-1 Maranhão
Cordino 0-1 São José
Pinheiro 3-1 Santa Quitéria

13/11/2019 – 3ª Rodada
Santa Quitéria 3-3 Maranhão
São José 2-1 Pinheiro
Cordino 0-2 Juventude

16/11/2019 – 4ª Rodada
Maranhão 1-1 São José
17/11/2019 – 4ª Rodada
Cordino 1-2 Pinheiro
Juventude 2-1 Santa Quitéria

20/11/2019 – 5ª Rodada
Pinheiro 1-2 Maranhão
Juventude 4-1 São José
Santa Quitéria 6-0 Cordino

Equipe, PTS, J, V, E, D, GP, GC, SG
1, Juventude, 13, 5, 4, 1, 0, 11, 3, 8
2, Maranhão, 8, 5, 2, 2, 1, 11, 9, 2
3, Santa Quitéria, 7, 5, 2, 1, 2, 12, 8, 4
4, Pinheiro, 7, 5, 2, 1, 2, 7, 6, 1
5, São José, 7, 5, 2, 1, 2, 5, 7, -2
6, Cordino, 0, 5, 0, 0, 5, 2, 15, -13

2ª Fase – Semifinal

24/11/2019 – Ida
Pinheiro 3-1 Juventude
25/11/2019 – Ida
Santa Quitéria 0-1 Maranhão

30/11/2019 – Volta
Maranhão 2-1 Santa Quitéria
01/12/2019 – Volta
Juventude 3-1 Pinheiro


Grupo 1
Equipe, PTS, J, PE, V, E, D, GP, GC, SG
1, Juventude, 3, 2, 0, 1, 0, 1, 4, 4, 0
2, Pinheiro, 3, 2, 0, 1, 0, 1, 4, 4, 0
Grupo 2
Equipe, PTS, J, PE, V, E, D, GP, GC, SG
1, Maranhão, 6, 2, 0, 2, 0, 0, 3, 1, 2
2, Santa Quitéria, 0, 2, 0, 0, 0, 2, 1, 3, -2

3ª Fase – Final

07/12/2019 – Ida
Maranhão 0-1 Juventude

15/12/2019 – Volta
Juventude 2-1 Maranhão

Artilheiro: Cléber Pereira (Maranhão) 7 gols
Campeão: Juventude