Foto Rara, de 1951: Bambala Foot-ball Clube – Porto Alegre (RS). Fundado em 1934

O Bambala Foot-ball Clube foi uma agremiação da cidade de Porto Alegre (RS). Fundado no dia 20 de Abril de 1934 existiu até 1960 quando encerrou suas atividades. O Bambala ganhou destaque pelo técnico Luiz Felipe Scolari em 2002, quando mandou um recado para os principais artilheiros do País. “Não adianta fazer quatro gols no Bambala e no Arimatéia. E quando jogar com a Argentina?

O Bambala revelou para o futebol craques dos anos 40 a 50 como os zagueiros Noronha (São Paulo e Seleção Brasileira), Nena (Internacional e Seleção Brasileira) e Luiz Luz (Grêmio). Mas fazer gols no time não era tão fácil como o atual ex-técnico da Seleção citou, pelo menos para os adversários da mesma categoria.

O Bambala conquistou 17 títulos no campeonato amador que reunia os bairros Bom Fim, Caminho do Meio e Rio Branco, em Porto Alegre. Também foi três vezes campeão do Absoluto, o torneio entre os campeões de todos os bairros da capital gaúcha.

O jornalista Jorge Mendes não assume a paternidade, mas provavelmente seja o responsável pela disseminação da frase “até o Bambala ganharia desse time” que circula pelas redações e círculos esportivos de Porto Alegre sempre que um clube da cidade está mal e  existiu que deve ter chegado aos ouvidos de Luiz Felipe em suas passagens pelo Grêmio.

Ex-presidente, técnico e jogador do Bambala, Mendes trocou a bola pelos microfones e máquinas de escrever nos anos 50 e trabalhou nas principais emissoras de rádio e nos mais influentes jornais de Porto Alegre até o ano passado.

O Bambala sucumbiu ao profissionalismo do futebol gaúcho. Quem tinha condições técnicas saía para buscar chances no Grêmio, Internacional, Cruzeiro e Força e Luz. Os que ficavam foram perdendo o estímulo, sobretudo para pagar dos próprios bolsos o custo com o fardamento.

FONTES: Revista Sport Ilustrado – Diário Popular

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Escudos, Fotos Históricas, História do Futebol, Rio Grande do Sul em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *