Sport Clube Campo de Ourique

Dizem os registros de antigamente que, se ainda existisse, o Sport Club Campo de Ourique seria a mais antiga agremiação portuguesa ligada ao futebol, pois foi fundado em 1896 por residentes no bairro do mesmo nome, situado na capital Lisboa.
O Sport Clube Campo de Ourique acabaria por ser, como em muitos outros casos, vítimas das dissidências provocadas pelas constantes alternativas da época.O desenvolvimento desta associação não fazia prever a sua extinção, sobretudo depois de um jogo com o grupo Eagleson.O Campo de Ourique já tinha nesta época alguns dos melhores jogadores como Manuel Mora, Albano dos Santos, José Netto, José Escrevanis entre outros.
Era, na verdade, o único “team” que desafiava o Lisbon Cricket Club, entre 1904 e 1905, para encontros que levavam as massas aos estádios.
Em 1906 uma grande figura da época retornou da Africa para o clube.Carlos Vilar que junto com outros jogadores do Campo de Ourique fundou o Cruz Negra.Mas foi Carlos Vilar que acabou de concretizar a fundação do Club Internacional de Football, mais conhecido como CIF, dando concluído o projeto anterior.
Depois disso voltaram a Campo de Ourique alguns dos seus melhores jogadores que logo rivalizaram com o próprio CIF e o Sport Lisboa.
Ao mesmo tempo outros jogadores do clube saíram para fundar o Imperio.Isso não impediu que o clube fosse inscrito na Liga Portuguesa de Foot-ball, aparecendo por isso como fundadores da Associação de Futebol de Lisboa, tendo comparecido no primeiro torneio com nada menos que três “teams”
Os tempos porém não foram favoráveis ao Campo de Ourique que pela sua reduzida massa associativa, não resistiu ao progresso da modalidade e nem ao peso dos concorrentes.Desapareceu pela ordem natural das coisas.
Foi ultrapassado mas não deixou de ter seu nome ligado ao inicio do futebol em Portugal, como um dos parceiros do Sporting, Benfica, Império e CIF na fundação da mais importante Associação de Portugal em 1910.


Fonte:100 anos de Futebol,Associação de Futebol de Lisboa

Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *