Esporte Clube Santa Rosa – Limeira (SP)

 
O Esporte Clube Santa Rosa é uma agremiação da cidade de Limeira (SP). O clube foi Fundado no dia Primeiro de Maio de 1941. O clube sediado no bairro do Jaguari, divisa entre Limeira e Americana, leva o sobrenome da extensa família italiana Santa Rosa.
 
Liderados pela matriarca Jandira Trevisol Santa Rosa, os irmãos João Pedro e Luis Maria Santa Rosa (foto abaixo), sempre estiveram ligados ao time. A mãe, presente todo sábado e domingo de partidas no campo de futebol, cuidava da cantina, com seus salgados, doces e as bebidas.
O time leva esse nome porque o meu avô, José Santa Rosa, na época cedeu o terreno onde ficava o campo e o livro ata de fundação do time está guardado lá em casa. Outros terrenos já abrigaram o campo, até chegar em 1972, quando  o dono do terreno não quis mais ceder o local. Aí o time ficou parado até 1982, quando  tivemos o apoio do prefeito Memau (Waldemar Mattos Silveira), que fez a terraplanagem do campo com 93 metros de comprimento por 63 metros de largura, além de vestiário, barracão e cercou o local onde estamos hoje. Mais pra frente tivemos a oportunidade de comprar essa área” relata Luis.
Segundo Luis, a motivação para formar o time foi por ser uma família italiana apaixonada por futebol. Mesmo antes de 1941 já existia o time, que jogava partidas entre os bairros rurais e muitas vezes se locomovia na boleia do caminhão.
 
A diversão para os homens no final de semana eram as partidas de futebol, cujo time era mais bairrista, formado apenas por moradores do Jaguari. Os jogos eram divididos entre aspirantes seguidos dos titulares.
 
Os campeonatos disputados eram a Copa Limeira, Taça Boa Vista, Amador e Seletivo, realizados pela Liga Limeirense de Campeonato Amador, onde participavam times de vários locais da cidade.
 
Recorda Luis, “lembro que já teve um campeonato só com times da área rural. Também já jogamos com o Internacional e o Independente quando eram times amadores. O time Santa Rosa ficou campeão definitivo da Copa Limeira, ganhando três campeonatos seguidos, inclusive são as 3 estrelas estampadas junto com nosso emblema, no uniforme azul e branco de nosso time”.
 
Os jogadores que disputam hoje em dia os campeonatos pelo Santa Rosa vêm
pela amizade, eles não são contratados, ganham apenas uma ajuda para chuteira, combustível e bebida.
 
Para manter a estrutura do campo, vestiário e jogos de camisas, eles contam com placas de publicidade e patrocinadores de uniforme anualmente e a renda do barzinho, tocado pela família do Luis Maria, também chega a contribuir com o local. Ele diz, “essa renda não é suficiente, mas a gente trabalha com o que tem e o time está aí esse tempo todo”.
 
Talento e bons jogadores sempre apareceram. Os talentosos não ficaram famosos, pois não houve ninguém que investisse financeiramente para colocarem em grandes times profissionais. Existe um rapaz que mora aqui no bairro, chamado Mateus Siqueira que é  muito bom. Ele está com 20 anos, já fez teste em vários times profissionais, só que não surgiu aquele “recurso extra” pra incluí-lo no profissional, ele tem condições de jogar em qualquer time, mas se mantém trabalhando em firma” relata Luis.
Apesar de alguns times da liga amadora pagarem jogadores, o Santa Rosa nunca ficou desfalcado. Quando o time ficou campeão em 2007, foi com o time completo da cidade de Santa Bárbara d´Oeste.
 
Gerenciado por Luis e treinado pelo técnico Waldir Francisco, que jogou no time disputando vários campeonatos, eles acreditam que nunca houve desfalque porque as amizades conquistadas e o ambiente familiar proporcionado nas partidas de futebol é o que atrai público e jogadores para as tardes de sábado e as manhãs de domingo, chova ou faça sol.
 
 
FONTE: Site Jornal Pires Rural

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, 03. Toninho Sereno, Escudos, Futebol Amador / Varzeano, São Paulo em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *