Itaú E.C. (MG) e as suas duas honrarias: O título da Segundona de 1961 e ter enfrentado o Santos de Pelé

O Itaú Esporte Clube, fundado em 1956, foi criado com o objetivo de propiciar maiores oportunidades de diversão para os itauenses, com grandes e inesquecíveis bailes de debutantes, carnavais, além das piscinas, quadras e brinquedos que entusiasmavam as crianças e jovens.

Localizado, na Rua Artur Vieira, 129, no Centro, em Itaú de Minas (MG), o Alvianil itauense também teve os seus momentos no futebol bretão. Na inauguração de seu Estádio Engenheiro Jorge Oliva, numa segunda-feira, no dia 15 de agosto de 1960, aconteceu o jogo que ficou na história de Itaú de Minas: tão esperada visita do Rei Pelé.

 Tudo começou no dia 15 de agosto de 1960, às 12h30, quando um avião da Real CIA. Aérea  descia no aeroporto de Itaú trazendo a delegação do melhor time da época no Brasil, o Santos Futebol Clube, onde estavam presentes centenas de populares  e autoridades, como o presidente do Itaú Esporte Clube, Sr. Silvio Taliberti , João Ilson Alcântara, Hugo Batista, João de Deus, Francisco Correa (Chiquinho Guerra), quando o presidente do Santos recebeu das mãos de Silvio Taliberti um cartão de prata  marcando o acontecimento.

 O estádio estava completamente lotado, não cabia mais ninguém, e um fato curioso aconteceu antes do jogo, um torcedor fanático, não havendo mais lugar para ele, afixou uma cadeira de ferro em um eucalipto atrás do gol para assistir o jogo. O time do Santos estava completo, contando com os melhores jogadores do mundo naquela época.

 Participaram do jogo nada mais nada menos que Mauro, Zito, Pepe, Pelé e vários outros jogadores da seleção Brasileira, o time do Itaú Esporte Clube também era na época um dos melhores times do interior de Minas Gerais. O jogo foi emocionante com o Itaú oferecendo resistência, inclusive fazendo o primeiro gol da partida. Este dia festivo contava com a presença da diretoria da Cia. de Cimento Portland Itaú, onde estavam presentes Dr. José Balbino, Dr. José Mario Tavares de Oliva, Milton de Souza Meireles e muitos outros.

 Obviamente o estádio ficou lotado com cerca de 5 mil pessoas, para ver a vitória, de virada, do Santos Futebol Clube por 2 a 1,  com direito a gol de Pelé. O goleiro do Itaú, Aldo, disse que para ele foi uma honra tomar um gol de Pelé. Este jogo ficou na história de Itaú porque na época o Santos nunca havia jogado em uma cidade do interior.

Campeão da Segundona Mineira de 1961

 O principal título aconteceu em 1961, quando o Itaú Esporte Clube foi o campeão do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Mesmo com o Alvianil itauense levantando a taça da Segundona, nunca chegou a disputar a elite do futebol mineiro, uma vez que perdeu a vaga em uma disputa obrigatória neste ano com o Bela Vista Futebol Clube, de Sete Lagoas (1930), ultimo colocado da 1ª Divisão de Minas.

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, História do Futebol, Minas Gerais em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *