Associação Atlética Alagoana – Mesquita (RJ): Fundado em 1947

A Associação Atlética Alagoana foi uma agremiação do município de Mesquita, localizada na Baixada Fluminense do estado do Rio de Janeiro. A distância até a capital do Rio é de 24 km, contando com uma população de 177.016 habitantes, segundo o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2021.

O Tricolor foi Fundado na terça-feira, do dia 16 de Setembro de 1947, pelo Sr. José Costa, que foi o idealizador e também o 1º Presidente do clube. As suas cores eram o vermelho, branco e azul, em homenagem a bandeira do estado de Alagoas.

A sua Sede e a Praça de Esportes ficavam no Distrito de Edson Passos, em Mesquita/RJ (lembrando que naquela época, o município era um distrito de Nova Iguaçu).

Após uma série invicta de 38 jogos, na tarde de domingo, do dia 04 de Agosto de 1957, o Alagoana foi derrotado pelo Esporte Clube Nova Cidade, de Nilópolis, pelo placar de 3 a 2.

A Associação Atlética Alagoana foi filiada a Liga de Desportos de Nova Iguaçu (LDNI), onde disputou várias edições do Campeonato Citadino nos anos 60 e 70.

O clube conquistou o título, por antecipação, da chave do Quinto Distrito, ao empatar por 2 a 2 com o Brasileirinho, na da quinta rodada returno (num total de sete rodadas) do Campeonato da Segunda Divisão de Nova Iguaçu.

Algumas formações:

Time base de 1957: Nelson (Barbosinha); Walter (Toca) e Ivanildo (Erasmo ou Etacino); Toledo, Nelsinho e Marujo (Waldemar); Dalton (Careca), Tuta (Orlando), Caveirinha (Bonitinho ou Amaury), Naná (Duca ou Lô) e Eraldo (Mazinho).

Time base de 1958: Walter; Sargento (Bira) e Maceió (Teca); Nelsinho, Marujo e Júlio; Lô, Tuta, Bonitinho (Dalton), Joãozinho (Naná) e Eraldo.

Time base de 1970: Beto (Alberto); Laranja, Pretinho (Colúmbia), Cabeção (Jorge) e Macacão (Giovane); Gilson (Ildebrando) e Moacir (Baiano); Caim, Olímpio (Pione), Moa (Bené) e Deny.

Time base de 1972: Beto; Carlinhos, Gilvan, Deni e Tuca; Jorge e Edmur; Flamínio, Niterói, Moacir e Carlinhos II.

Time base de 1973: Beto; João, Orlando, Jorge e Manoel; Tuca e Alcenir; Jairo (Vanderlei), Dinar (Hélio), Silva (Costa) e Dennis (Pimenta).

Time base de 1974: Vitamina (Beto); Beck (Gilson ou Pelé), Gilvan (João ou Toninho), Colúmbia (Jorge) e Giovani (Brivaldo ou Deni); Deneval (Tuca ou Miguel) e Nelson (Alcenir ou Milton); Paulinho (Chupeta), Antônio (Niterói), Walter (Francisquinho) e Carlinhos (Nilo ou Nilton).

FONTES E FOTOS: A Luta Democrática (RJ) – Correio da Manhã (RJ) – O Fluminense (RJ)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *