Inédito!! America Suburbano Football Club  – Rio de Janeiro (RJ): 4 edições no Campeonato Carioca da 2ª Divisão, na década de 30

Por: Sérgio Mello

O America Suburbano Football Club foi uma agremiação do Bairro de Bento Ribeiro, situado na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Fundado no sábado, do dia 22 de Julho de 1917, por um grupo de rapazes formados por: Annibal da Silva Cabral, Paulo da Silva, José Raymundo Maia, Misthon Galvão, Telmo Medeiros, Santos, Estanislau Cabral, Pedro Correa, Euclydes Martins, Antenor de Medeiros e Manoel Bonifácio. As suas cores era o vermelho e branco.

Campos e Sedes

O seu 1º Campo, em 1918, ficava na Rua Estrada de Sapopemba, nº 20, na estação Prefeito Bento Ribeiro. Depois, o seu 2º campo ficava na Rua Bento Ribeiro, próximo a Estação do bairro. A partir de 1927, adquiriu o terreno na Rua Rolando Delamare (antiga Rua Estrada de Sapopemba), n° 03, em Bento Ribeiro. Em outubro de 1930, o clube se mudou para a Sede provisória na Rua Emilia Ribeiro, nº 17, em Bento Ribeiro.

Ingressou na AAS e depois na LMDT

Ainda em 1918, ingressou na Associação Athletica Suburbana (AAS), faturando o título dos Terceiros Quadros, em 1919. O clube rubro ficou até 1927, quando se sagrou Campeão dos 1º Quadros (22 pontos em 16 jogos: com 10 vitórias, dois empates e quatro derrotas); nos 2º Quadros a campanha foi: 17 pontos em 17 jogos: com oito vitórias, um empate e oito derrotas; nos 3º Quadros a campanha foi: 22 pontos em 18 jogos: com nove vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Caiu nas semifinais

Em 1928, ingressou na Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT). Na tarde de domingo, do dia 20 de Abril de 1930, o America Suburbano disputou o Torneio Início Carioca da Divisão Emmanuel Nery, da LMDT (Liga Metropolitana de Desportos Terrestres), patrocinado pela Associação Chronistas Desportivos, realizado no campo do Retiro Saudoso (propriedade do Mavilis), situado na Rua Carlos Seidl, no bairro do Caju.

Na estreia, com arbitragem de Honorato José Barbosa (do Brasil), o America Suburbano empatou sem gols com o Magno Football Club, mas superou nos escanteios: 1 a 0.

Nas semifinais, o America Suburbano acabou eliminado ao ser derrotado pelo Sport Club America (do bairro Méier e Lins), por 1 a 0, após uma bobeada do goleiro Princeza. O time formou com: Princeza; Bernardo e Botão; Álvaro, Mario e Euclydes; Allemão, Urbano, Nicastro, Abdias e Aristheu.

Praça de Esportes e a Sede inaugurados em 1931

Sob a presidência do Sr. Alfredo Luiz Pereira, a sua Praça de Esportes, localizado na Rua Rolando Delamare, n° 03 (próximo à Estação – Estrada Santa Isabel e Travessa D. Rosa), em Bento Ribeiro foi inaugurado no domingo, do dia 07 de Junho de 1931.

Na ocasião, o America Suburbano enfrentou, amistosamente, o Modesto, que venceu por 4 a 0. O jogo teve arbitragem de Haroldo .Dias da Motta. Nos Segundos Quadros, o Modesto também levou a melhor: 2 a 1.

Curiosidades: o terreno onde foi construído a Praça de Esportes era de propriedade do 2º tesoureiro e benemérito do clube: Annibal Cabral. O mesmo alugou o espaço do a construção do campo. (contrato estendido de 1932 a 1939).

Vale lembrar que o paraense Rolando De Lamare (natural de Belém do Pará, nasceu em 10 de novembro de 1988 e faleceu no Rio de Janeiro, em 20 de Julho de 1963), jogador e médico. Atuou pelo Botafogo, onde foi Campeão Carioca em três oportunidades: 1907, 1910 e 1912.

Rolando De Lamare se destacou e chegou a defender as cores da Seleção Brasileira de Futebol em 1914. Em 1912, se formou em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Longe dos gramados trabalhou como professor universitário e médico especialista em urologia. Nos anos 20, o então jogador recebeu uma homenagem no bairro de Bento Ribeiro, onde a Rua Estrada de Sapopemba, mudou de nome, passando a se chamar: Rua Rolando Delamare (atual Rua Sapopemba com a Rua Upiara), n° 03, em Bento Ribeiro.

No sábado, do dia 11 de Outubro de 1930, o clube inaugurou a sua nova Sede, situada na Rua Emília Ribeiro, nº 17, na Estação de Bento Ribeiro. A Sede foi inaugurada no sábado, do dia 20 de Junho de 1931, na Rua Rolando Delamare, nº 03, na Estação de Bento Ribeiro, onde ofereceu aos seus associados um grandioso baile.

Do campo do America Suburbano nada sobrou. Ficava entre as Ruas Sapopemba e Upiara

Curiosidades de 1932

Na segunda-feira, do dia 06 de Junho de 1932, a diretoria do America Suburbano foi na AMEA, a fim de inscrever o “center-half(médio-volante) Bernardino Lino. No entanto, Associação Metropolitana acabou recusando o registro, pelo fato do jogador ser analfabeto (não sabia ler e nem escrever).

Já no começo do mês de dezembro de 1932, alguns elementos do America Suburbano fundaram o bloco carnavalesco com um nome: “De Mim Ninguém Se Lembra“. 

Quatro participações na Segunda Divisão Carioca

Na terça-feira, do dia 24 de Março de 1931, ingressou na AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos), onde disputou quatro edições do Campeonato Carioca da Segunda Divisão: 1931, 1932, 1933 e 1934.

A estreia aconteceu no Torneio Início da AMEA da 2ª Divisão de 1931, no domingo, do dia 19 de Abril, e o America Suburbano caiu diante do Engenho de Dentro por 2 a 0. O time jogou assim: Silva; João e Machado; Geraldino, Primeiro e Sylvio; Pedro Ary, Santos, Waldemiro, José e Braz.

Para a sequencia do campeonato, a diretoria trouxe um militar para reforçar o time: Waldomiro Bastos, o ‘Vavá’, vindo da Marinha de Guerra

No Torneio Início da AMEA da 2ª Divisão de 1934, no domingo, do dia 15 de Abril, realizado no campo do Rua Engenho de Dentro, o America Suburbano mesmo atuando com apenas 10 jogadores passou pelo Municipal por 1 a 0, gol de Landinho. O árbitro do jogo foi o Sr. Jacintho Macario Firmino dos Santos.

Time formou: Carlos; Escoteiro e Gaiola; Cheiro, Santana e Passarinho; Issú, Landinho, Bibinho e Mario.

Porém, na fase seguinte, o America Suburbano, ainda com um atleta a menos, deu adeus ao ser derrotado pelo o Brasil Suburbano pelo placar de 3 a 0. O árbitro foi Julio Gonzalez Fernandez.

Em 1933, a 1ª tentativa para mudar o nome

Na terça-feira, às 20 horas, do dia 30 de Setembro de 1933, foi realizado uma grande reunião com os sócios, na Rua Carolina Machado, nº 1.456 (sede do Club Recreativo Ala Direita), a fim de decidir a definição da nova diretoria e também mudança de nome da agremiação para Bento Ribeiro Football Club. A reunião foi remarcada para sexta-feira, às 20 horas, do dia 06 de Outubro de 1933, no mesmo endereço anterior.  

Em 1935, nova proposta para alterar o nome

Na quarta-feira, do dia 30 de Janeiro de 1935, foi realizado uma assembléia, às 20 horas, para tratar da fusão com o Gymnasio Bento Ribeiro. Contudo, devido a mal tempo foi transferida para a quarta-feira, dia 06 de Fevereiro de 1935, a Assembléia Geral, às 19 horas, na Sede social, na Rua João Vicente, nº 953 / Sobrado. Objetivo é a mudança de nome para Bento Ribeiro Football Club, e da fusão com outros clubes da localidade.

Reorganização do clube em 1936

No final do mês de outubro de 1936, após um período longe do futebol sofreu uma reorganização por meio de um grupo formado por João Moreira, o “Bocage”; Manoel Piedade; Apulchro Jacarandá; João Terra Nova; Annibal Cabral; João Annibal, o “Bohemio”; Estanisláo Cabral, Oswaldino Fernandes, Oswaldo Piedade, entre outros antigos associados reativaram a agremiação.

A diretoria foi constituída pelos seguintes membros:

Presidente – Zonostro dos Santos;

1º Vice-Presidente – Arthur Martins du Piedade;

2º Vice-Presidente – Bernardo Ferreira do Amparo;

1º Secretário – Floriano Casemiro Filho;

2º Secretário – Joaquim Dias Duarte;

1º Thesoureiro – Annibal da Silva Cabral;

2º Thesoureiro – Ernesto da Silva;

Commissão de Sports – João Moreira dos Santos, João Marques de Lima e João Annibal Bueno;

Commissão de Syndicancia – Apulchro Jacarandá, Estandislau da Silva Cabral e Antonio Garcia.

Ingressou na FAS em 1936

Na sexta-feira, do dia 18 de Dezembro de 1936, solicitou filiação à FAS (Federação Athletica Suburbana). O 1º reforço foi no gol: Waldemar Fausto dos Santos, mais conhecido por Princeza, que já figurou nos grandes clubes da cidade.

Campeão do Torneio Início de 1937

O America Suburbano faturou o seu 1º título após o retorno. No domingo, do dia 21 de Março de 1937, no campo da Rua João Pinheiro (propriedade do River), se sagrou Campeão do Torneio Início da FAS (Federação Athletica Suburbana), da Divisão Dr. João Machado.

No decorrer do Campeonato Carioca da FAS, a relação da diretoria para com a entidade foi se desgastando, por não concordar com a forma com a qual a competição estava sendo gerida.

Então, no dia 10 de Setembro de 1937, apesar do clube liderar tanto no 1º quanto nos 2º Quadros, a direção do America Suburbano comunicou o seu desligamento da FAS

 Na estreia, com arbitragem de Alvarino de Castro, o Alvirrubro venceu o Kosmos por 1 a 0. Na segunda fase, com Manoel da Silva Barbosa no apito, bateu o Avacelli também pelo placar de 1 a 0.

Na final, Agarino Sant’Anna foi o árbitro,  o America Suburbano venceu o Santíssimo pelo placar de 1 a 0, faturando um título inédito! O quadro campeão jogou com: Feliciano; Chico e Assis; Passarinho, Januário e Gaiola; Ary, Moacyr, Ernani, Delio (Walter) e Doca.

Algumas formações do America Suburbano

Time base de 1918: Mister (Cap. ou Antonio); Paschoal (Gabriel) e Anacleto (Horacio); Camello (Manoel), Nestor (Napoleão) e Julio (Maneco); Minas (Colou), Laurentino (Americano), Miguel (Aviador), Pé de Braza (Edmundo) e Nicotranco (Miguel).

Time base de 1919: Joca (Casemiro); Horacio e Gabriel; Napoleão (Cap.), Anacleto (Cantharina) e Miguel (Almeida); Americano, Dino, Meudo, Minas (Fausto) e Maneco (Oswaldino).

Time base de 1920: Affonso; Gabriel e Santos; Horácio, Durinho e Meudo; Oswaldino, Miguel, Boluca, Lima e Minas.

Time base de 1927: Euclides (Luiz); Arnaldo Silva (Oswaldino) e China; Dola, Mario e Neném; Marquellê, Gastão, Minas, Rubens e Adbias.

Time base de 1930: Princeza (Rubens); Ratto (Bernardo) e China (Bolão); Octacilio (Bom Cabello), Mario (Álvaro) e Euclydes (Aragão); Allemão (Mica), Tubano (Abdias), Nicastro (Gastão), Alcides (João) e Aristeo (Rubens Silva).

Time base de 1931: Chile (Durval); China (Oswaldo) e Aragão (Santos ou Machado); Pedro Ary (Waldemiro Bastos, o ‘Vavá’ ou Geraldino), Cirio (Mario ou Primeiro) e Galdino (Parafuso ou Sylvio); Braz (Mandureba), Manoelzinho (Gastão), Ernani (João), Reducino e Doca (José).

Time base de 1932: Chile (Euclydes ou Moyses); Waldomiro (Aragão) e Aganipio (Cap.); Mário, Mamede (Guimarães) e Oswaldo (Simão); Waldemar (Maria), Carioca (Roseira), Gereba (Faustino), Nelson Dolla (Landoleth) e Gastão (Ernani).

Time base de 1933: Chile (Durval); Aragão (Waldemiro) e Mário; Waldemar, China (Alamede) e Passarinho (Churria); Sobina (Moderato), Didinho (Donga), Peru (Gereba), Bola (Ernani) e Barton (Mario II).

Time base de 1934: Carlos (Rochinha); Escoteiro (Mario) e Gaiola (Ernani); Cheiro (Jayme), Santana (Virgilio) e Passarinho (Waldemar); Issú (Enéas), Landinho (Oliveira), Bibinho (Machado), Neto (Umbelino) e Waldemiro.

Time base de 1937: Princeza (Chico); Cheringa (Dantas) e Escoteiro (Dozinho); Sales (Jurandyr), Januário (Chico Preto) e Passarinho (Vicente ou Mario); Moderato (Escoteiro), Ary (Vieirinha ou Elmano), Passos (Gaiola), Ernani (Durval ou Rato) e Doca (Ismael).

FONTES: Google Maps – Página do Facebook: “Bento Ribeiro – Cultural” – A Batalha (RJ) – A Noite (RJ) – Correio da Manhã (RJ) – Diário da Noite (RJ) – Diário de Notícias (RJ) – Gazeta de Notícias (RJ) – Gazeta Suburbana (RJ) – Jornal do Brasil (RJ) – Jornal do Commercio (RJ) – Jornal dos Sports (RJ) – O Imparcial (RJ) – O Paiz (RJ) – O Radical (RJ)

2 pensou em “Inédito!! America Suburbano Football Club  – Rio de Janeiro (RJ): 4 edições no Campeonato Carioca da 2ª Divisão, na década de 30

  1. Sérgio Mello Autor do post

    Obrigado Guilherme pelas palavras!
    O meu intuito é buscar, sempre que possível, trazer raridades!
    Um grande abraço!

  2. Guilherme de Ávila Ramos

    Mais uma lacuna do futebol carioca que estava perdido, você conseguiu resgatar!
    Parabéns senhor Sérgio Mello, não apenas por essa descoberta, mas também pelos milhares de clubes que o senhor resgatou!
    Sou teu fã!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.