Club Sportivo Piracicaba – Piracicaba (SP): 1º clube criado na cidade em 1903

O Club Sportivo Piracicaba foi uma agremiação da cidade de Piracicaba (com 407.252 habitantes segundo o censo do IBGE/2020), localizado no Interior Paulista, fica a 157 km da capital do estado de São Paulo.

Fundado em 1903, o Club Sportivo Piracicaba foi o 1º clube de futebol, segundo registros do acervo Rocha Netto – CCMW -, com um grupo de rapazes e estudantes da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq).

A agremiação surgiu com objetivo de organizar diversos jogos atléticos em modalidades como natação, ciclismo, corrida a pé, caminhada e a prática do futebol, que ganhou maior destaque.

O 1º jogo aconteceu no domingo, do dia 15 de novembro de 1903, com jogadores formados pelos sócios do Club Sportivo Piracicaba, em número suficiente para a formação de duas equipes.

A 1ª equipe era formada por: Ricardo Wagner; Adolfo Woltzlongel e Olegário Guimarães; Licínio Machado, Amadeu Consentino e Carlos Nehring; Álvaro Azevedo, Constâncio Cintra, Frederico Behmer, Marino Zanotta e Alfredo Cardoso.

Já a outra equipe era composta por: Cerqueira César; Ferreira da Silva e Fernando Lopes; Mário Maldonado, George Gooda e Mender Filho; Virgílio Penna, Otto Behmer, Filinto Brito e Orlando Brito.

A partida terminou empatada sem contagem de “tentos”. Imediatamente é acordada entre os grupos nova “peleja” para uma semana depois no domingo, do dia 22 de novembro.

Neste novo embate, ocorre a vitória da primeira equipe por 5 a 0, sendo que o primeiro e histórico gol é anotado por Alfredo Cardoso. A partir destes jogos, várias equipes se formaram e o esporte “bretão” ganhou mais e mais destaques em Piracicaba.

O 1º jogo interclubes, em Piracicaba foi disputado pelo Sportivo Piracicaba e o Noiva da Colina, em 1905, amistoso entre piracicabanos que revela a articulação do futebol de várzea na cidade.

Em 1906, Piracicaba, representada pelo Sportivo Piracicaba, enfrentou o Limeira Foot Ball Club na estréia do primeiro intermunicipal, onde os dois times saíram quites com o resultado de 2 a 2. Diferente do segundo jogo contra Jundiaí Football Club, no qual os piracicabanos tiveram no resultado o triunfo de 2 a 0.

Com o desaparecimento do Sportivo Piracicaba, outros times da Noiva da Colina começaram a se formar: Esperança, Guarani, S.C. Luiz de Queiroz, S.C. Agrícola, S.C. Piracicaba, Grêmio Normalista, Sport Recreio, Itália F.C., Guaianazes, Vergueirense e XII de Outubro. Depois vieram AA Sucrerie, E.C. Germânia, São João F.C., entre outros.

FOTO: Acervo de Moisés H.G. Cunha

FONTES: blog acervo históricos “Espaço Memória Piracicabana” – Delphim Ferreira da Rocha Netto

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Carências, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, História do Futebol, São Paulo em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.