Sapopemba Athletico Club – Rio de Janeiro (RJ): Existiu entre 1921 a 1931

O Sapopemba Athletico Club foi uma agremiação da cidade do Rio de Janeiro (RJ). A palavra “Sapopemba” é um nome tupi que significa “raiz angulosa, com protuberâncias“, através da junção dos termos sapó (“raiz”) e pem (“anguloso, com protuberâncias”).

O 1º nome do bairro de Ricardo de Albuquerque, situado na Zona Norte do Rio, era Sapopemba. Antigamente existiam fazendas nesta localidade, a maior delas chamava-se “Sapopemba“. O trem já circulava e fazia parada no bairro, por isso o nome do bairro era Parada Sapopemba.

Voltando ao futebol, o “Clube Verde-rubro” foi Fundado na sexta-feira, do dia 12 de Agosto de 1921, por um grupo de desportistas, com o intuito de correspondesse as expectativas dos habitantes de Deodoro. A sua Praça de Esportes ficava localizada na Estrada  Nazareth, próximo a Estação de Deodoro.

Reunidos e dado a conhecer o finalidade que os animava foi designado para o dia 18 de agosto do mesmo ano, para uma assembléia geral. No dia marcado, com um grande número de sócios deu-se cumprimento a deliberação que constituía o assunto que deu origem a convocação da assembléia. 

Ladislau Patão foi o seu 1º Presidente, o mais ardoroso daqueles dias, constituiu a diretoria um núcleo de devotados a causa do Sapopemba A. Club. Ganhando vitórias sobre vitórias, adquiriu nome, e cumpriu sempre seus deveres, tem vivido modestamente, mas galharda e orgulhosamente.

Foi campeão diversas vezes, e muitas conquistou lugares de destaque nos campeonatos. Das diversas diretorias, as mais proficientes, foram a do Sr. Omar Costa, que deu início os melhoramentos do clube, este fechou o campo coadjuvado por Ladislau Patão, Manoel Ignácio e muitos outros.  

Manoel Ignácio de Souza, tomou o encargo de na sua primeira gestão (1927) introduzir melhoramentos de grande importância e conforto, pois foi este juntamente com Ladislau, que colocou água, aparelho sanitário, etc.

Em 1928, Manoel Ignácio, apesar de estar fora da diretoria, conseguiu iniciar a construção da arquibancada, e o esforçado Ladislau, foi a coluna mestra nesta obra, auxiliado em parte por alguns diretores.

Em 1929, na gestão de Abílio Vanzan, foi inaugurado o importante serviço de socorro destinado aos jogadores, serviço este idealizado pelo secretário geral, João Nepomuceno Barcellos, que exercia funções acumuladas de diretor e enfermeiro da Caixa de Socorros Leontina Patão, serviço este bem aparelhado, dispondo de medicamentos para socorros de urgência e material cirúrgico.

O diretor técnico de sports, Juvenal de Oliveira, o homem que muito contribuiu para as constantes vitórias, que possuía como auxiliar, Balbino Motta

Em 1927 o “Clube Verde-rubro” estava filiado a Liga Leopoldinense de Football (LLF). Na segunda-feira, do dia 23 de Julho de 1928, a LLF se unificou com a Associação Athletica Suburbana (AAS), dando origem a Associação Carioca de Esportes Athleticos (ACEA), situado na Rua Anna Nery, nº 335, no bairro de Benfica, na zona norte do Rio.

Sapopemba fica com o vice-campeonato nos Primeiro e Segundos Quadros 

Na domingo, do dia 13 de Janeiro de 1929, válido pelo Campeonato da Associação Carioca de Esportes Athleticos (ACEA) de 1928, se enfrentaram os campeões dos grupos: Sapopemba Athletico Club (da serie Central) e Athletico Club Cordovil (da serie Cidade), na Praça de Esportes, da Avenida Francisco Bicalho (em frente a Estação Barão de Mauá), no Centro do Rio.

No final, num jogo equilibrado, o Sapopemba acabou derrotado pelo placar de 1 a 0. O gol do título foi assinalado pelo atacante Joãozinho, do Cordovil, na primeira etapa. Com isso, o Sapopemba ficou com o vice-campeonato (recebeu o Troféu Imprensa) da florescente entidade suburbana.

A partida foi arbitrada pelo Sr. Saint Justo Filho (Sport Club São José), que teve boa atuação. No título dos Segundos Quadros, novamente o Sapopemba chegou na final e, de novo, ficou com vice. O Mauá Football Club venceu por 3 a 1, se sagrando campeão.

Sapopemba A.C.: Agnaldo; Jesuino e Ribeiro; Pery, Mamão e Manata; Campista, Jahú, Machado, Novello e Jayme. Técnico: Juvenal de Oliveira

A.C. Cordovil: Paulo; Nascimento e Ananias; Gradin, Damião e Lauro; Joãozinho, Belmiro, Neco, Honório e Barriga.

Sapopemba “cai” na semifinal do Torneio Início de 1929

O Torneio Início da Divisão Suburbana, da ACEA, aconteceu no domingo, do dia 05 de Maio de 1929, na Praça de Esportes, do Sapopemba localizado próximo a Estação de Deodoro. O campeão foi o Internacional Football Club.

Primeira Fase

São José0X1InternacionalÁrbitro: Nerval Costa (Argentino F.C.)
FlorestaXIrajáos dois times não compareceram ao jogo
Municipais0X2SapopembaÁrbitro: Antonio Saint Justo Filho (S.C. São José)
Recreio1X0CoqueiroÁrbitro: Miguel Veríssimo dos Santos (Internacional F.C.)
Estrela D’Alva1X0ArgentinoÁrbitro: Alberto Alves (Coqueiro F.C.)

Segunda Fase

Rio F.C.XInternacionalO Internacional venceu por W.O.
Floresta/IrajáXSapopembaO Sapopemba venceu por W.O.
Recreio1X0Estrela D’AlvaÁrbitro: Jorge Perrot (Sapopemba A.C.)

Semifinal

Internacional1X0SapopembaÁrbitro: Alberto Lambert (Argentino F.C.)

FINAL

Internacional0X0Recreio F.C.Árbitro: Alberto Lambert (Argentino F.C.) O Inter venceu no critério de escanteios: 1 a 0.

Arquibancadas inauguradas em 1929

No domingo,às 13 horas, do dia 18 de Agosto de 1929, a diretoria do Sapopemba inaugurou as arquibancadas e demais dependências da sua Praça de Esportes, localizado próximo da Estação de Deodoro.

Sapopemba altera o nome em 1931

Na terça-feira, do dia 28 de abril de 1931, a diretoria Sapopemba Athletico Club solicitou filiação a Liga Metropolitana, já com o novo nome: Deodoro Athletico Club.

Time base de 1928 – Agnaldo; Jesuino e Ribeiro; Pery, Mamão e Manata; Campista, Jahú, Machado, Novello e Jayme. Técnico: Juvenal de Oliveira

Time base de 1929 – Agnaldo; J. Augusto (Jesuino) e Ribeiro; Pery, Mamão e Manata; Machado, Jahú, Fraga, Marcello e Luveira (Jarbas). Técnico: Juvenal de Oliveira.

FONTES: A Manhã (RJ) – Gazeta de Notícias (RJ) – Jornal dos Sports (RJ)

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Carências, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, História do Futebol em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.