Transtrevo Esporte Clube: O ‘Berço do futebol em Tocantins surgiu em Araguaína (TO)

O estado mais novo do Brasil é Tocantins, que surgiu quarta-feira, do dia 05 de outubro de 1988, ocupando o norte do estado de Goiás, e inserido na Região Norte do país. É um pouco maior que países como o Equador, Burkina Faso e Nova Zelândia, com uma área de 277 720,520 km². Palmas, a cidade planejada, é a sua capital.

Entrando no tema ‘futebol’, a maioria imagina que a modalidade passou a existir após o ano de 1988. Porém, muitas cidades, que antes pertenciam a estado de Goiás, já contavam com equipes e competições de bom nível.

Dessa lista, talvez o “Berço do Futebol de Tocantins” surgiu na cidade de Araguaína, onde atraiam o interesse da cidade, com os jogos, geralmente com os estádios lotados: Gauchão e Dom Orione.

Apesar das competições se restringirem a cidade e adjacências, as forças da cidade eram profissionais, onde contratavam até jogadores da capital, como Vila Nova, Goiás, Goiânia, e Atlético Goianense. Além das competições, as equipes realizavam amistosos com o times da capital goiana e de outros estados como o Maranhão.        

As principais forças da cidade eram três: Araguaína Esporte Clube, Araguaia Futebol Clube e Transtrevo Esporte Clube. Uma dos clubes mais interessantes é o que contarei um pouco da história abaixo!             

O Transtrevo Esporte Clube foi uma agremiação da cidade de Araguaína, quando a localidade ainda fazia parte do estado de Goiás (atualmente o estado do Tocantins). O “Leão do Norte” ou “Corujão” foi Fundado em 1978, por meio da fusão do Trevo Esporte Clube (Fundado em março de 1976, adotando as cores do Grêmio de Porto Alegre: preto, branco e azul) e Transbrasiliana Esporte Clube. O 1º Presidente foi Adson Lourenço Barbosa, que ficou pouco tempo no cargo em razão dos seus afazeres profissionais. O vice-presidente Silvio Negri o substituiu no cargo.

A sua Sede social campestre ficava na Avenida Mato Grosso, s/n, no Bairro Entroncamento, em Araguaína (TO). No local contavam com piscinas, campo de futebol, lagos naturais e, principalmente, um salão dançante, ponto de encontro da sociedade araguainense. Suas cores: azul, branco e preto.

O Transtrevo chegou no Quadrangular Final do Campeonato Citadino de Araguaína de 1979, organizado pela Liga de Esportes de Araguaína (LEA). O campeão foi o Araguaína Esporte Clube (O Touro do Norte); Araguaia Futebol Clube (Azulão e Raposa do Norte) ficou com o vice; o Transtrevo chegou na 3ª colocação e o Goiásrural Esporte Clube (alvirrubro – “A Chata do Norte”) fechou em 4º lugar.

DATARESULTADOS DOS JOGOSLOCAL
Domingo – 27/05/1979Araguaína5X2GoiásruralEstádio Gauchão
Domingo – 27/05/1979Araguaia2X1TranstrevoEstádio Gauchão
Domingo – 03/06/1979Transtrevo4X0GoiásruralEstádio Gauchão
Domingo – 03/06/1979Araguaína1X1AraguaiaEstádio Gauchão
Domingo – 10/06/1979Goiásrural0X3AraguaiaEstádio Gauchão
Domingo – 17/06/1979Araguaína1X0TranstrevoEstádio Gauchão
CLUBESPGJVEDGPGSSG
1Araguaína EC53210734
2Araguaia FC53210624
3Transtrevo EC23102532
4Goiásrural EC03003212-10

No domingo, do dia 08 de Julho de 1979, às 16 horas, em amistoso, o Transtrevo foi goleado pelo Goiânia Esporte Clube (GO) por 6 a 1, no Estádio Dom Orione. A Renda foi de 80 mil cruzeiros. Ivaldo foi o árbitro da peleja.

Os gols foram assinalados por Xambioá aos 11 minutos (Goiânia); Wilmar aos 30 minutos (Transtrevo), no 1º tempo. Heber aos cinco minutos (Goiânia); Palmir aos 15 e 25 minutos (Goiânia); Ulisses aos 20 minutos (Goiânia); Heber aos 43 minutos (Goiânia).

Transtrevo: Mundinho (Deni); Aurélio, Xambioá, Pinheiro e Neguinho; Fogoio, Lula e Jorginho (Antônio Neto); Gil (Manoel), Ariosto e Wilmar.

Goiânia: Nascimento (Itamar); Roberto, Ulisses, Lula e Odon; Alá, Pedro Paulo (Luís Humberto) e Palmir (Carlos Alberto); Paulo Monteiro (Flávio), Heber e Pedro Ornella.

Em julho de 1979, a equipe Transtrevina foi o 1º clube da cidade de Araguaína a se filiar na Federação Goiana de Futebol (FGF). Semanas depois foi à vez do Araguaína e Noroeste seguirem os mesmos passos.

O II Torneio Integração do Norte – TIN (Torneio Wilmar Rocha) teve a participação de oito clubes, divididos em dois grupos de quatro:

Chave A – Transtrevo Esporte Clube; Wanderlândia; Tocantinópolis Esporte Clube e Goiásrural Esporte Clube.

Chave B – Araguaína Esporte Clube; Xambioá; Araguaia Futebol Clube e Pedro Afonso.

DATARESULTADOS DOS JOGOSLOCAL
Domingo – 29/07/1979Araguaína3X0TocantinópolisEstádio Dom Orione
Domingo – 29/07/1979Xambioá0X1TranstrevoXambioá
Domingo – 29/07/1979Wanderlândia3X0AraguaiaWanderlândia
Domingo – 29/07/1979Pedro Afonso3X3GoiásruralPedro Afonso
Domingo – 05/08/1979Tocantinópolis1X3AraguaiaTocantinópolis
Domingo – 05/08/1979Transtrevo3X1Pedro AfonsoEstádio Dom Orione
Domingo – 05/08/1979Wanderlândia0X4AraguaínaWanderlândia
Domingo – 05/08/1979Xambioá4X2GoiásruralXambioá
Domingo – 12/08/1979Araguaína2X0GoiásruralEstádio Dom Orione
Domingo – 12/08/1979Araguaia1X1TranstrevoEstádio Dom Orione
Domingo – 12/08/1979Tocantinópolis4X1XambioáTocantinópolis
Domingo – 12/08/1979Pedro Afonso3X3WanderlândiaPedro Afonso
Domingo – 19/08/1979Araguaia5X0GoiásruralEstádio Dom Orione
Domingo – 19/08/1979Araguaína1X1TranstrevoEstádio Dom Orione
Domingo – 19/08/1979Wanderlândia1X0XambioáTocantinópolis
Domingo – 19/08/1979Pedro Afonso2X1TocantinópolisPedro Afonso
Domingo – 26/08/1979Goiásrural3X0XambioáEstádio Dom Orione
Domingo – 26/08/1979Araguaia3X0WanderlândiaEstádio Dom Orione
Domingo – 26/08/1979Tocantinópolis2X2AraguaínaTocantinópolis
Domingo – 26/08/1979Pedro Afonso2X2TranstrevoPedro Afonso
Domingo – 02/09/1979Goiásrural2X1Pedro AfonsoEstádio Dom Orione
Domingo – 02/09/1979Transtrevo0X0AraguaiaEstádio Dom Orione
Domingo – 02/09/1979Xambioá1X0TocantinópolisXambioá
6ª-feira – 07/09/1979Goiásrural0X1AraguaínaEstádio Dom Orione
Domingo – 09/09/1979Araguaia3X1TocantinópolisEstádio Dom Orione
Domingo – 16/09/1979Transtrevo5X0XambioáEstádio Dom Orione
Domingo – 16/09/1979Araguaína6X0WanderlândiaEstádio Dom Orione
Domingo – 16/09/1979Tocantinópolis1X0Pedro AfonsoTocantinópolis
Domingo – 23/09/1979Goiásrural1X3AraguaiaEstádio Dom Orione
Domingo – 23/09/1979Transtrevo0X1AraguaínaEstádio Dom Orione
Domingo – 23/09/1979Wanderlândia3X3Pedro AfonsoWanderlândia
Domingo – 30/09/1979Tocantinópolis6X1WanderlândiaEstádio Dom Orione

CHAVE A

CLUBESPGJVEDGPGSSG
1Transtrevo EC1083411367
2Tocantinópolis7831415123
3Wanderlândia682241025-15
4Goiásrural EC582151119-8

CHAVE B

CLUBESPGJVEDGPGSSG
1Araguaína EC14862020317
2Araguaia FC12852118711
3Pedro Afonso681431518-3
4Xambioá58215616-10

Após o final da fase de classificação avançaram as semifinais os dois primeiros de cada grupo, sendo que o Araguaína e Transtrevo levaram um ponto extra para o turno final, por terem sido os campeões das suas chaves. 

No domingo, do dia 07 de outubro de 1979, Araguaia e Transtrevo, se enfrentam, no Estádio Dom Oirone, em Araguaína. No outro jogo, o Tocantinópolis recebeu o Araguaína, na inauguração do Estádio Municipal Lauro Assunção. No final, melhor para o Araguaína que faturou o bicampeonato

No sábado, do dia 08 de setembro de 1979, o Transtrevo enfrentou amistosamente, às 16 horas, o Goiás Esporte Clube, o “Periquito da Serra“, no Estádio Dom Orione, em Araguaína. A partida terminou empatada em 1 a 1. O “Leão do Norte” abriu o placar, aos 16 minutos, por intermédio de Wilmar, batendo pênalti. Aos 42 minutos, Tostão deixou tudo igual no primeiro tempo.   

Transtrevo é campeão da Taça Cidade de Araguaína de 1980

Na temporada de 1980, a diretoria procurou reforçar a equipe, trazendo bons jogadores das equipes rivais e até do Vila Nova de Goiânia. Com isso, logo na primeira competição veio o título, ao faturar o caneco da Taça Cidade de Araguaína.

No jogo-extra para definir o campeão, no domingo, do dia 05 de maio de 1980, o Transtrevo enfrentou o Araguaína, uma “pedra no sapato” nas últimas competições. Porém, dessa vez, o “Leão do Norte” rugiu mais forte e bateu o “Touro do Norte” pelo placar de 1 a 0, no Estádio Dom Orione.      

Com uma Renda superior a 48 mil cruzeiros, o gol da vitória só saiu aos 35 minutos do segundo tempo, por intermédio do atacante Gênis. O Transtrevo jogou com: Davi; Negrinho, Xambioá, Aimê (Gambá) e Bozoga; Guinha, Isau e Luiz Dario; Pelezinho (Lula), Gênis e Silva Neto.

Logo depois, aconteceu o Campeonato de Araguaína de 1980. Novamente, Transtrevo e Araguaína decidiram o título. Dessa vez, o Araguaína deu o troco, vencendo por 1 a 0, no Estádio Dom Orione, levantando o troféu. 

Campeão do Torneio Início de 1981

Em 1981, o Transtrevo faturou o Torneio Início da Taça Cidade de Araguaína. Na estreia venceu o D. Pedro, nos pênaltis, por 3 a 1. Depois eliminou o Novo Horizonte. Na final, o Transtrevo bateu o Araguaia por 3 a 2, na disputa de penalidades, levantando o troféu George Farah.

Transtrevo faturou o 1º turno do IV Torneio Integração do Norte de 1982

Para chegar ao título da Chave A, bastou o “Leão do Norte” vencer os seus jogos diante dos pequenos e empatar com os grandes. Na última rodada, domingo – 07 de fevereiro de 1982, o Transtrevo comandado por Noé Braga, arrancou empate sem gols, com o Araguaia Futebol Clube, no Estádio Gauchão.

No returno, as posições se inverteram e o Araguaia levou o caneco. Com isso, as duas equipes decidiram o título. No 1º jogo, domingo – 07 de Março de 1982, Araguaia e Transtrevo ficaram no empate em 1 a 1. O Azulão abriu o placar aos 38 minutos, por intermédio de Tataira, no primeiro tempo. Na etapa final, aos 37 minutos Bozoga deixou tudo igual.

Na partida derradeira, domingo – 14 de Março de 1982, o Araguaia venceu o Transtrevo por 3 a 2, no Estádio Gauchão, e ficou com o título da Chave A. Agora o Araguaia e Clube Atlético Paraíso (campeão da Chave B), de Paraíso do Norte (atual: Paraíso do Tocantins), vão decidir que será o campeão do IV Torneio Integração do Norte de 1982.     

FONTE: Jornal do Tocantins (GO)

FOTO (Colorida): Página do Facebook “Show de Bola Araguaína”

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Carências, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, Goiás, História do Futebol, Tocantins em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

4 pensou em “Transtrevo Esporte Clube: O ‘Berço do futebol em Tocantins surgiu em Araguaína (TO)

  1. Sérgio Mello Autor do post

    Ielo,
    É o mesmo!
    Lembrando que o Araguaína Esporte Clube, citado algumas vezes na postagem, depois foi refundado com o nome: Araguaína Futebol e Regatas. O Araguaia Futebol Clube não tem nenhuma relação com o homônimo que existiu na capital. Esse clube era da cidade de Araguaína.

    Abs.

  2. Antonio Mario Ielo

    Obrigado Sergio

    Assim sendo, temos provavelmente 2 clubes distintos com o nome Tocantinópolis Esporte Clube, ou é o mesmo clube, reorganizado.
    E o clube da terra dos “Wanderley’s”, o Wanderlândia Esporte Clube é o mesmo que você publicou em 2016, certo?

    abs

  3. Sérgio Mello Autor do post

    Ielo,
    Quem participou foi o Tocantinópolis Esporte Clube, assim como o Wanderlândia Esporte Clube.
    O enigma do Tocantinópolis E.C. é que apareceu no noticiário até 1982. Desapareceu e o time homônimo foi fundado em 1989.
    Em relação ao Pedro Afonso e Xambioá, nas reportagens não foi mencionado nem que era um selecionado e nem descrito o nome completo. Mas pesquisando, possivelmente essas questões poderão ser estrinchadas.

    Abs.

  4. Antonio Mario Ielo

    Sergio

    Excelente artigo.
    Considerando que o futebol e suas competições não se iniciam com a criação do Estado, ou mesmo sua federação. E devemos consideram toda a história do futebol da região do Tocantins, que antecede a criação do Estado..
    É importante também recuperar os campeonatos citadinos pela mesma razão, como ocorreu com outros estados bem mais antigos.
    Embora bem atualíssimo os campeonatos de Tocantins, temos imensas lacunas dos seus primórdios, assim pelas informações que temos o Tocantinópolis EC foi fundado posteriormente a estes Campeonatos de Integração do Norte, e consta que as cidades eram representadas por suas seleções.
    Então fica a dúvida, se realmente foi o Tocantinópolis EC que participou ou foi a Seleção da Cidade de Tocantinópolis, que acredito que também foi o caso das equipes de Pedro Afonso e Xambioá, e provavelmente da Seleção do Distrito de Wanderlândia, que terá sua emancipação politica no ano seguinte em 1980.
    abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *