Sousa Esporte Clube – Sousa (PB): 1º Escudo de 1991 a 1993

O Sousa Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Sousa (PB). O “Dinossauro Verde do Sertão” foi Fundado na quarta-feira, do dia 10 de Julho de 1991, a data (dia e mês) corresponde ao aniversário da cidade de Sousa. A mascote do Sousa é um dinossauro devido no século XIX na região ter encontrado pegadas desses animais extintos a milhões de anos. Por isso, o mascote passou a ser um dinossauro.

A patrocinadora na camisa do Sousa Esporte Clube (foto abaixo) era a SAELPA (Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba). Era uma sociedade de economia mista estadual, formada sob a forma de sociedade anônima de capital fechado. Em 2000, foi privatizada, alterando o nome para Energisa Paraíba.

A sua Sede fica localizada na Rua Feliz Sucupira de Quieroga, nº 03, no Bairro Jardins, em Sousa. A equipe manda os seus jogos no Estádio Municipal Governador Antônio Mariz, o “Marizão” com Capacidade para 13 mil pessoas, que foi construído em 1994. Entre 1991 a 1993, a equipe mandava os seus jogos no município de São Gonçalo, que fica a 18 km de Sousa.

O Sousa começou a competir profissionalmente no Campeonato Paraibano da Segunda Divisão de 1991, e de cara se sagrou campeão. Ficou por 2 anos com participações razoáveis na Série A. Esteve prestes a não disputar o Campeonato Paraibano de Futebol de 1994.

Conseguiu se arrumar na última hora e foi recompensado com o título do ano, tornando-se a 1ª equipe do Sertão a conquistar o Paraibano, fora da ligação João Pessoa-Campina Grande. Em 1995, foi vice-campeão paraibano, perdendo para o Santa Cruz-PB da cidade de Santa Rita, situada na região metropolitana de João Pessoa, time esse que viria a se tornar bicampeão em 1996.

O Sousa ainda disputou a Copa do Brasil de 1995, sendo eliminado (mas com dignidade) pelo Flamengo (RJ). Perdeu os dois jogos por 1 a 0. Na Série C do Brasileirão, o Dinossauro teve uma participação razoável em 1994, mas em 1995 ficou em 23º lugar na competição, fazendo assim sua melhor classificação em torneios de porte nacional na história.

Depois disso, o Sousa amargou disputas para fugir do rebaixamento. Na Elite Paraibana, o time chegou ao “fundo do poço” em 2005, quando venceu apenas três partidas de 14 disputadas. No ano seguinte melhorou um pouco: venceu cinco partidas de 16 disputadas.

A partir de 2007 o Sousa fez as pazes com as grandes campanhas, chegando à final do 1º turno e à semifinal do 2º, garantindo o 3º lugar. Em 2008 disputou a Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Vitória (BA) pelo placar de 4 a 1 em casa.

Ficou em terceiro mais uma vez no estadual, chegando às finais dos dois turnos e perdendo para Treze e Campinense. Venceu os dois clássicos contra o Atlético de Cajazeiras: 3 a 1 em Cajazeiras e 1 a 0 em Sousa.

Fez um primeiro turno impecável, com oito vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. No segundo turno, apareceram duas derrotas, mas nada que impedisse o avanço da equipe. No somatório geral, foram 26 partidas, com 15 vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Em 2009, a equipe finalmente chegou ao bicampeonato, vencendo o Treze na final, garantindo assim uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro do mesmo ano, torneio este que preferiu não participar, cedendo assim sua vaga ao Treze Futebol Clube.

Com o título, conquistou ainda a vaga na Copa do Brasil de 2010 onde enfrentou o Vasco da Gama na primeira fase, tendo de mandar seu jogo, mais uma vez, no estádio “O Almeidão“, em João Pessoa onde saiu derrotado por 2 a 1, depois de estar vencendo, com gol do meia “Ribinha”, garantindo assim o jogo de volta em São Januário, jogo este que terminou empatado por 0 a 0.

No ano de 2012 sagrou-se campeão do Segundo turno do campeonato Paraibano, vencendo o Campinense Clube na decisão, no entanto na finalíssima do campeonato, perdeu para o mesmo Campinense, ficando com o vice-campeonato, o que lhe assegurou a vaga no Campeonato Brasileiro da série D daquele ano.

Participou ainda do Campeonato Brasileiro da série D em 2016, sendo eliminado ainda na primeira fase. Fez uma má campanha no Campeonato Paraibano de 2017, ficando na sexta colocação. Disputou ainda o Campeonato Brasileiro da Série D do mesmo ano, conseguindo sua classificação para a segunda fase, porém sendo eliminado nesta.

 

Hino do Sousa Esporte Clube (PB)

Nós somos o Sousa Esporte Clube,
Nós somos o eterno campeão
Nós somos o Sousa Esporte Clube,
Somos o Dinossauro do sertão

Hoje, a cidade sorriso
É berço de harmonia e de alegria,
E o toque de bola no gramado,
De futebol com
Classe e categoria

No bico da chuteira leva o coração,
Batendo forte nós somos campeões!

No peito e na raça,
Com a bola no pé,
Já tendo a certeza de um grande olé,
No peito e na raça,
Com a bola no pé,
Já tendo a certeza de olé

O Sousa Esporte Clube expressam alegria,
Seu futebol é raça,
É arte e magia
Nossa camisa é sangue explode coração
Nosso grito de guerra é pura emoção!

Sou, sou Dinossauro eu sou,
A gente vai ganhar
E ninguém vai nos segurar,
Sousa! Sousa!
Sou, sou Dinossauro eu sou,
A gente vai ganhar
E ninguém vai nos segurar,
Sousa! Sousa!

Link: https://www.youtube.com/watch?v=ZX-fqojprmw

FONTE: Wikipédia

FOTO: Página do Facebook “Evandro Viana:  E a Bola – Memórias do Nosso Futebol Nordestino”

Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, 21. Felipe Feitosa, Curiosidades, Escudos, Fotos Históricas, Hinos de Clubes, História do Futebol, Paraíba em por .

Sobre Sergio Mello

Sou jornalista, trabalho no Jornal dos Sports (atual ‘RJ Sports’), aqui no Rio de Janeiro/RJ, desde 2005. Anteriormente, trabalhei na Rádio Record e Jornal O Fluminense, de Niterói. No jornal já fiz o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Atualmente, tenho cerca de 3 mil matérias assinadas, e cubro o Flamengo e ainda faço a página dos pequenos. Também sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe uma resposta