Doze Futebol Clube – Vitória (ES): Vice-campeão da Segundona Capixaba de 2017

O Doze Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Vitória (ES). A sua Sede está localizada na Rua Eugênio Netto, nº 488 / Sala 502 – Praia do Canto, em Vitória. Fundado na terça-feira, do dia 18 de Novembro de 2014, por um grupo de empresários liderados por Israel Levi, com intuito de aplicar um novo formato de gestão e entretenimento no futebol brasileiro, o Crowdmanaging.

Com o formato de gestão dos clubes brasileiros e como os torcedores são tratados pelos mesmos, Israel Levi iniciou em 2012 estudos para desenvolver um novo método de gestão que potencializasse os resultados e tivesse maior participação do principal interessado no futebol: o torcedor.

Após alguns anos de pesquisas e aperfeiçoamento do projeto junto a universidades americanas, Israel chegou ao modelo que ele próprio intitulou de Crowdmanaging. Com o conceito idealizado e um projeto que promete revolucionar a forma de fazer futebol, Israel começou sua peregrinação para testar a ideia. Após apresentar a alguns amigos, empresários de diversos setores, e ter imediata aderência, chegou a hora de colocar em prática e tirar o Doze do papel.

Começava, então, uma nova etapa, a busca de parceiros para a execução do projeto. O primeiro contrato foi fechado em 13 de outubro de 2014 com a empresa de marketing esportivo Serápis Bey Sports & Marketing (ou SB Sports como é mais conhecida), que desde então é responsável por todo o planejamento e gestão do departamento de marketing e comercial do clube.

A SB Sports iniciou os trabalhos imediatamente, desenvolvendo da marca (escudo), identidade visual e buscando patrocinadores e parceiros para o clube, fechando os primeiros contratos com a Ícone Sports – para fornecimento todo o material esportivo para as duas primeiras temporadas do Doze – e com o Hotel Fazenda China Park – que será o Centro de Treinamento da equipe. Outro importante contrato fechado foi com Costa & Martins Advogados Associados, responsável por toda parte jurídica do clube.

Após a filiação na Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) e confirmar a participação no Campeonato Capixaba da Série B, o clube começou a organizar o departamento de futebol e a busca por atletas para formação do primeiro time profissional.

Os primeiros jogadores anunciados pelo Doze Futebol Clube foram o zagueiro Irineu e o volante Rildo. Pouco depois, o ex-atacante Sorato e o ex-goleiro Carlos Germano foram confirmados como técnico e auxiliar-técnico, respectivamente. Outro nome de peso contratado foi o experiente volante Jonílson.

Acesso à Série A

No primeiro jogo oficial da sua história, o Doze Futebol Clube venceu o Grêmio Laranjeiras (GEL) por 1 a 0, no Estádio Salvador Costa, em Vitória, pela Série B do Campeonato Capixaba de 2015. O volante Luan, de pênalti, aos 31 minutos do primeiro tempo, marcou o primeiro gol da história do clube.

No primeiro ano de existência, o Doze conquistou o acesso para o Campeonato Capixaba da Série A, com uma rodada de antecedência no quadrangular final, após vencer o GEL, por 3 a 0 (gols de William Chrispim, Diego Godinho e Danilo Silva). O clube terminou o campeonato com o vice-campeão.

No Capixabão de 2016 faz uma campanha irregular no Grupo Sul e disputa o Quadrangular do Rebaixamento.  No “Quadrangular da Morte“, o Doze garante-se na Série A de 2017.

 

Vice-campeão da Série A

Em 2017, o clube treina na cidade de Marataízes no sul do estado e manda seus jogos no Campeonato Capixaba no Estádio José Olívio Soares em Itapemirim. Na primeira fase, classifica-se às semifinais com a segunda colocação.

O Doze elimina o Espírito Santo nas semifinais com dois empates em 0 a 0 por tem melhor campanha que o seu adversário e alcança a final pela primeira vez na sua história. O clube é derrotado pelo Atlético Itapemirim no segundo jogo da final por 2 a 1 no Estádio Sumaré em Cachoeiro de Itapemirim e termina com o vice-campeonato inédito.

 

Associados

Até o momento, o Doze Futebol Clube tem pouco mais de cem sócios-diretores, que decidem como e onde investir, deliberando inclusive sobre as contratações.

 

Campanhas de destaque

• Vice-campeão Capixaba: 2017

• vice-campeão Capixaba – Série B: 2015

 

Escudo

O Doze escolheu o pássaro para integrar o escudo do time, símbolo máximo, pois na natureza é o animal que melhor representa o conceito de Crowdmanaging. Pois, embora tenham autonomia limitada de voo quando sozinhos, ao adotarem o sistema de voo em bando no formato “V” eles conseguem alcançar maiores distâncias e velocidade.

Além disso, não há a figura de um líder permanente e sim um revezamento entre os pássaros na liderança do bando para maior desempenho. O escudo ainda conta com o nome da equipe (Doze FC) na parte superior e um número “12” na parte inferior.

 

FONTES: Wikipédia – Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) – Site do Doze F.C. – Página do clube no Facebook

Compartilhe...
Este post foi publicado em 01. Sérgio Mello, Curiosidades, Escudos, Espírito Santo, História do Futebol em por .

Sobre Sérgio Mello

Sou jornalista, desde 2000, formado pela FACHA. Trabalhei na Rádio Record; Jornal O Fluminense (Niterói-RJ) e Jornal dos Sports (JS), no Rio de Janeiro-RJ. No JS cobri o esporte amador, passando pelo futebol de base, Campeonatos da Terceira e Segunda Divisões, chegando a ser o setorista do América, dos quatro grandes do Rio, Seleção Brasileira. Cobri os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, Eliminatórias, entre outros. Também fui colunista no JS, tinha um Blog no JS. Sou Benemérito do Bonsucesso Futebol Clube. Também sou vetorizador, pesquisador e historiador do futebol brasileiro! E-mail para contato: sergiomellojornalismo@msn.com Facebook: https://www.facebook.com/SergioMello.RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *