Arquivo do Autor: Antonio Ferreira da Silva Galdino

Sobre Antonio Ferreira da Silva Galdino

HISTORIADOR E AMANTE DO FUTEBOL DO PASSADO SEJA NACIONAL OU INTERNACIONAL.

Excursão do Internacional/RS a Bahia em 1945

No ano de 1945 o time do Internacional este em Salvador para realizar uma serie de amistosos contra equipes baianas, foram acertados cinco jogos mas devidos a problemas com a FBDT o Vitória não pode enfrentar os gaúchos que tinham um belo time e era conhecido como o Rolo Compressor pois era acostumado a esmagar a maioria de seus adversários e foi isso que aconteceu logo na primeira partida no dia 18/10/1945 quando goleou o Botafogo/BA por 6 x 0, depois houve um empate contra o Galicia em 1 x 1, um novo massacre diante do Ypiranga por 10 x 4 e finalmente encerrou sua excursão com o Bahia que era o campeão baiano num jogo eletrizante que terminou 3 x 3. Vejamos alguns detalhes desses jogos:

18/10/1945  Botafogo/BA 0 x 6 Internacional

Local: Campo da Graça

Juiz: Mario Vianna

Gols: Adãozinho (3), Carlito, Magnones e Motorzinho.

 

21/10/1945  Galícia 1 x 1 Internacional

Local: Campo da Graça

Juiz:  Mario Vianna

Gols: Louro (Gal) e Magnones (Int).

 

25/10/1945  Ypiranga 4 x 10 Internacional

Local: Campo da Graça

Juiz: Rui Carneiro

Gols: Nivaldino, Toinho, Lourenço e Elias (Ypi); Magnones (4), Adãozinho (2), Tesourinha (2), Carlito e Elmar (Int).

 

28/10/1945 Bahia 3 x 3 Internacional

Local: Campo da Graça

Juiz:  Mario Vianna

Gols: Evilásio, Maneca e Zé Hugo (Bah);  Carlito, Tesourinha e Eliseu (Int).

Saldo da Excursão:

04 jogos

02 vitórias

02 empates

00 derrotas

20 gols pró

08 gols contra

Magnones com 6 gols e Adãozinho com 5 gols foram os goleadores da equipe.

Curiosidade: Antes do jogo contra o Galícia o juiz Mario Vianna pediu que uma torcida organizada galiciana parassem com o barulho pois assim ninguém ouviria o apito, após meia hora de espera e nada da charanga parar apesar dos apelos de dirigentes e até jogadores do Internacional, Mario decidiu ele mesmo se dirigir a torcida e peitar o maestro que no ato silenciou a charanga e a partida teve o seu inicio.

Fontes: Esporte Ilustrado e Almanaque Futebol Gaucho

Texto: Galdino Silva

 

 

Alguns Amistosos no Rio Grande do Sul em 1954

AIMORÉ 5 x 1 COMBINADO CATARINENSE

24/01/1954  São Leopoldo/RS

Renda Cr$ 11.500,00

Juiz: Aparicio Viana e Silva

Gols: Quim 2, Charuto, Dario e Alfeu (Aim); Julinho (Com)

Aimoré: Doia; Joãozinho e Nestor (Getulio); Gregorio, Silvio e Airton (Ario); Argentino, Dario, Quim (Alvaro), Alfeu (Getulio) e Charuto.

Combinado Catarinense: Mossman (Tião); Afonsinho (Darli) e Ivo; Franco, Ismael (Valdir) e Petruski; Tales, Teixeirinha, Otávio, Julinho e Heinz.

SÁ VIANA 9 X 1 BELGRANO/ARG

21/02/1954 Uruguaiana/RS

Gols: Nique 3, Dirceu 2, Julinho, Edgar e Laxixa (Sáv); Butaro (Bel)

Sá Viana: Rovanil; Barbosa e Paulo; Pintado, Baia e Ladislau; Dirceu, Nique, Julinho, Laxixa e Edgar.

Belgrano: Chapela; Biozo e Mosca; Urquija, Afonso e Gonzales; Casareto, Bravo, Espinoza, Botero e Sotelo.

SELEÇÃO GAÚCHA 2 X 1 SELEÇÃO PARANÁ

07/02/1954 Porto Alegre/RS

Renda: 191.220,00

Juiz: Alberto Gama Melcher

Gols: Bodinho 2; Afinho (Par)

Sel.Gaúcha: Milton; Florindo e Oreco; Paulino, Salvador e Odorico; Luizinho, Bodinho, Juarez, Jeronimo e Canhotinho.

Sel.Paraná: Robertinho; Fedato e Tico; Edgar, Toca Fundo e Alceu; Miltinho, Ocimar, Jackson, Afinho e Oscar.

INTERNACIONAL 2 X 1 SÃO PAULO

23/02/1954 Porto Alegre/RS

Renda: 136.300,00

Juiz: João Etzel

Gols: Jeronimo 2; Teixeirinha (SP)

Inter: Milton; Florindo e Lindoberto; Mossoró, Oreco e Odorico; Luizinho, Bodinho, Airton, Jeronimo e Canhotinho (Fernandes).

São Paulo: Poy; Turcão (Celio) e Di Sordi; Pé de Valsa, Ferreira e Nilo; Haroldo, Negri, Dino (Luiz), Gino e Teixeirinha.

INTERNACIONAL 2 X 2 PEÑAROL/URU

04/04/1954 Porto Alegre/RS

Renda: 349.245,00

Juiz: Arthur Vilarinho

Gols: Bodinho e Luizinho; Pelaez e Romay (Pen)

Inter: Lapaz; Florindo e Oreco (Setembrino); Mossoró, Odorico  e Nilo; Luizinho, Bodinho (Fernandes), Airton, Jeronimo e Canhotinho.

Peñarol: Maspoli; Davione e Vanoli; Juan Gonzales, Balseiro (Ramos), Gonzalvo; Borges (Milano), Hohberg, Romay, Pippo (Evaristo) e Pelaez.

GRÊMIO 4 X 0 LIVERPOOL/URU

22/09/1954 Porto Alegre/RS

Renda: Cr$ 245.235,00

Juiz: Fortunato Tadelli

Gols: Tesourinha, Zunino, Vitor e Delém

Grêmio: Sergio; Roberto, Enio, Rodrigues e Orli; Sarará e Airton; Tesourinha, Zunino, Camacho e Milton (Delém).

Liverpool: Silveira; Fleitas e Romero; Arizmendi, Traverso e Lapaiti; Oliveira, Perez, Abreo, Gonzalez e Orlandi.

INTERNACIONAL 4 X 2 BOTAFOGO/RJ

15/12/1954 Porto Alegre/RS

Renda: 322.370,00

Juiz: Horst Holden

Gols: Bodinho 3 e Larry; Quarentinha e Garrincha (Bot)

Inter: Lapaz; Florindo e Lindoberto; Oreco (Mossoró), Salvador e Odorico; Luizinho, Larry, Bodinho, Jeronimo e Canhotinho.

Botafogo/RJ Joselias (Amauri); Gerson e Santos; Bob, Ruarinho e Danilo; Garrincha, Dino, Carlile (Traçaia), Paulinho e Quarentinha (Neivaldo).

Fontes: Alamanque do Futebol Gaúcho e Album de Pedro Luiz.

 

 

Amistosos do Bahia em 1986

26/01/86 Bahia 1 X 0  Fortaleza (CE) Gol: Zanata

30/01/86 Bahia 1 X 0 Fluminense (RJ) Gol: Claudio Adão

02/02/86 Bahia 3 X 0 Seleção de Itapetinga Gols: Claudio Adão, Zanata e Marcelino.

04/02/86 Bahia 0 X 1 Catuense

08/06/86 Bahia 1 X 0 Flamengo (RJ) Gol: Bobô

10/06/86 Bahia 2 X 1 Vasco da Gama (RJ)Gols: Edinho e Claudio Adão

13/06/86 Bahia 6 X 1 Seleção de Serrinha Gols: Claudio Adão 3, Nenê, Edinho e Marcelino.

02/07/86 Bahia 4 X 0 Seleção de Camaçari Gols: Zé Carlos 2, Bobô e Sandro

06/07/86 Bahia 3 X 2 Seleção de Sr. do Bonfim Gols: Edinho, Bobô 2

12/07/86 Bahia 7 X 0 Brasil Gols: Claudio Adão 3, Bobô 2 e Nenê 2

17/07/86 Bahia 6 X 0 Botafogo/PB Gols: Sandro 2 ,Celso Mendes 2, Bobô e Jorge Leandro

20/07/86 Bahia 5 X 0 Lua Nova Gols: Celso Mendes, Zanata, Sandro 2, Claudir

27/07/86 Bahia 8 X 1 Seleção de Ubaitaba Gols: Claudio Adão 3, Sandro 2, Bobô 2 e Celso Mendes.

03/08/86 Bahia 4 X 3 Fluminense de Feira Gols: Sandro, Bobô, Jorge Leandro, Nenê.

10/08/86 Bahia 2 X 0 Seleção de Ipiaú Gols: Claudio Adão e Celso Mendes

13/08/86 Bahia 2 X 1 Catuense Gols: Claudio Adão e Zanata

17/08/86 Bahia 1 X 0 Desportiva Ferroviária (ES) Gol: Bobô

23/08/86 Bahia 2 X 0 CRB (AL) Gols: Bobô e Sandro

09/11/86 Bahia 4 X 0 Seleção de Lauro de Freitas Gols: Claudio Adão 2 Zé Carlos e Pereira

16/11/86 Bahia 5 X 2 Seleção de Pojuca Gols: Claudio Adão 2, Marcelino 2 e Bobô.

O Tricolor realizou 20 partidas amistosas a maioria dela aproveitando a parada durante a realização do Mundial do México, isso permitiu um entrosamento muito melhor da equipe que fez uma boa campanha no campeonato brasileiro de 1986 quando ficou entre os 8 de melhor campanha.

20 jogos

19 vitórias

01 empate

00 derrotas

67 gols pró

12 gols contra

Claudio Adão com 18 gols foi o artilheiro da equipe nesses amistosos.

Fontes:

Textos: Galdino Silva

Pesquisa: Arquivos Galdino Silva e Jonal A Tarde e Site Futebol 80.

 

Amistosos do Bahia 1977

16/01 – Bahia 3×0 Seleção de Serrinha

Gols: Alberto Leguelé, Jesum e Douglas
19/01 – Bahia 1×0 Botafogo (RJ)

Gol: Jorge Campos
23/01 – Bahia 4×1 Seleção de Senhor do Bonfim
27/01 – Bahia 2×0 Botafogo
30/01 – Bahia 9×0 Seleção de Araci

Gols: Miltão (3), Teco, Gibira (2), Douglas (2) e Jorge Carraro

09/02 – Bahia 2×0 Caiano (PE)

 

27/02 – Bahia 3×1 Olaria (Juazeiro)

Gols: Beijoca 2 e Jorge Campos

08/03 – Bahia 0x0 Ceará

 

20/03 – Bahia 5×0 Seleção de Valente

 

10/04 – Bahia 1×1 Santa Cruz

Gol: Douglas

1/05 – Bahia 1×1 Ceará

Gol: Alberto Leguelé

28/06 – Bahia 0x0 San Lorenzo (ARG)

 

05/07 – Bahia 0x0 Flamengo (RJ)
18/09 – Bahia 3×1 Seleção de Senhor do Bonfim

Gols: Zé Neto, Freitas e Jesum

02/10 – Bahia 5×0 Seleção de Valença
06/10 – Bahia 4×1 Seleção de Santo Antonio de Jesus
09/10 – Bahia 4×0 Seleção de Xique-Xique

Gols: Altimar, Edmilson e Washington Luis 2

30/10 – Bahia 2×0 Seleção de Coração de Maria

Fontes: Arquivos Galdino Silva e Livro 70 anos de Glorias Nestor Mendes Jrs.

Amistosos Nacionais e Internacionais de 1984 e 1985

22/01/1984 – PALMEIRAS 1 x 2 SELEÇÃO PAULISTA

Local: Canindé

Renda: Cr$ 12.430.500,00

Publico: 9.785

Gols: Serginho 18´Jorge Mendonça 65´e Gassem (c) 32´(Pal)

Palmeiras: Leão (Martorelli); Nenê (Ditinho), Luis Pereira (Marcio) Vagner (Wagner Jr.) e Carlão (Denys); Rocha (Fausto), Jorginho (Cleo) e Ademir da Guia (Carlos Alberto Borges) (Aragonês); Robertinho (Reinaldo), Baltazar (Helio) e Eugênio (Carlos Henrique) D.T Fedato.

Sel. Paulista: Waldir Peres (Tonho); Mauro, Oscar (Zé Maria), Gassem (Polozi) e Odirlei (Paulo Robson); Lino (Mendonça), Paulo Isidoro (Biquinha) e Rivelino (Jorge Mendonça);  Luisinho, Serginho (Renato) e Zé Sergio. D.T Mario Travaglini.

Jogo de despedida de Ademir da Guia

_____________________________________________________________

03/02/1984 – SÃO PAULO 0 x 0 ROMA

Local: Morumbi

Renda: Cr$ 33.767.600,00 Publico: 24.902

São Paulo: Waldir Peres; Paulo Roberto, Oscar, Gassem e Nelsinho; Zé Mario. Humberto (Jaiminho) e Marcio Araujo; Renato, Agnaldo (Newton) e Zé Sergio. D.T Mario Travaglini

Roma: Tancredi; Nappi, Nella, Oddi e Maldera; Di Bartollomei, Falcão e Cerezo; Chierico, Pruzzo (Vicenzi) e Graziani. D.T Luciano Tessari.

_____________________________________________________________

03/06/1984 – CORINTHIANS 3 x 0 VASCO DA GAMA

Local: Estadio Mauro Sampaio – Juazeiro do Norte/CE

Renda: Não Fornecida

Gols: Biro-Biro 67´Galo 70´e Dicão 73´.

Corinthians: Carlos (Solito); Ronaldo, Paulo, Juninho e Ailton; Biro-Biro, Socrates (Careca) e Luiz Fernando; Ataliba (Galo), Casagrande e Dicão. D.T Helio Maffia.

Vasco: Acacio; Edevaldo, Daniel Gonzalez, Ivã e Airton; Oliveira, Mario e Claudio José; Jussiê, Geovani e Vilson Tadei. D.T Valinhos.

Jogo de despedida de Socrates do Corinthians;

_____________________________________________________________

13/06/1984 – URUGUAI 2 x 0 INGLATERRA

Local: Estadio Centenario – Montevideu

Publico: 38.000 – Juiz: Lucio Gonzalez (PAR)

Gols: Acosta 9 e Cabrera 68´

Uruguai: Rodolfo Rodriguez; Montelongo (Vasquez), Gutierrez, Acevedo e Martinez; Bossio, Perdomo e Carrasco (Salazar); Aguillera, Cabrera e Acosta (Rubens Sosa). D.T Osmar Borras

Inglaterra: Shilton; Duxbury, Watson, Fanwick e Sanson; Wilkins, Robson e Allen (Woodcock); Chamberlain, Hartley e Barnes. D.T Bob Robson.

_____________________________________________________________

19/09/1984 – BAHIA 4 x 2 SERRANO

Local: Fonte Nova – Salvador/BA

Renda: Cr$ 5.638.000,00  Publico: 1.915

Gols: Marinho 19´Lucio Santarém 38´e 83´;Sousa 46´; Cesinha 66´Zó 73´.

Bahia: Ronaldo (Chiquinho); Tetila, Salvador (Paulo Davi), Edson Soares e Miguel; Sales, Leandro(Robson) e Marinho (Beto); Sousa, Lucio Santarem e Almir (Arquimedes). D.T Osny Lopes.

Serrano: Renan; Bira (Jorginho), Fernandes (Roberto), Neca e Camila; Cesinha, Rocha (Poeira) e Zó; Orlando, Quel e Vilson (Rubens). D.T Antonio Leone.

_____________________________________________________________

22/01/1985 – BAHIA 3 X 0 AARAU FC/SUI

Local: Fonte Nova – Salvador/BA

Renda: Cr$ 12.040.000,00  Publico: 3.614

Gols: Carlinhos 40´s e Ademir Patricio 57´81´.

Bahia: Ronaldo; Edinho, Estevão, Celso e Paulo Cesar (Miguel); Helinho (Paulo Matos), Sales e Leandro; Robson, Carlinhos (Ademir Patricio) e Emo. D.T Paulinho de Almeida.

Aarau: Boeckle; Tsxhuteau, Kueung, Ostewalder e Kaltaveridis; Herwelt, Iselin e Tregno; Schaer (Tanner), Mayer (Fransotto) e Zwaldern (Martin). D.T Ottammar.

Fonte: Revista Placar

 

Amistosos na Fonte Nova em 1971

12/09/1971 – Vitória 0 x 0 Bangu

Local: Fonte Nova

Vitória: Betinho; Valtinho, Luis Carlos, Ari e França; Juarez (Afonsinho) e Ademir; Mario Sergio (Osvaldo), André, Kosileck (Marinho) e Neves.

Bangu: Devito, Bicas, Serjão, Sidclei, Paulinho, Fernando, Samuel, Amauri, Almiro (Jorginho Carvoeiro), Édson, Alves.

______________________________________________________________

15/09/1971 – Vitória/Ba 1 x 3 Bangu

Local: Fonte Nova

Gols: Andre (Vit); Edson, Almiro e Samuel (Ban)

Vitória: Betinho (Celso); Valtinho, Ari, Zé Julio e França (Valência); Osvaldo e Juarez (Afonsinho); Neves (Marcilio), André, Kosileck e Mario Sergio.

Bangu: Roonie (Devito); Bicas, Serjão , Sidclei (Morais) e Paulinho; Fernando e Samuel; Jorginho Vavoeiro, Alves, Almiro e Edson.

______________________________________________________________

22/09/1971 – Bahia 3 x 0 Bangu

Local: Fonte Nova

Gols: Pinheirinho (2) e Paulo Cesar

Bahia: Jorge Hipolito; Cazumba, Romenil, Paulo Ricardo e Alberico; Joel e Pinheirinho; Dionisio, Santa Cruz (Paulo Cesar), Arthur e Aliomar (Bebeto).

Bangu: Devito, Bicas, Serjão, Sidclei, Paulinho, Samuel, Alves, Amauri, Almiro (Moraes), Édson, Acelino (Leir).

______________________________________________________________

06/10/1971 – Bahia 1 x 1 Treze

Local: Fonte Nova

Gols: Zé Luis (Tre ) e Bebeto (Bah)

Bahia: Jorge Hipolito; Nelson, Romenil, Paulo Ricardo e Alberico; Joel e Adilson (Nilo); Ademir (Bebeto), Dionisio (Aliomar), Paulo Cesar (Santa Cruz) e Arthur.

Treze: Edmilson; Pedro, Lineu, Milron e Cal; Soares e Amaro; Zé Luis, Haroldo (Adelino), Beto e Valdinho.

Obs: O Bahia jogou com um time misto pois o time principal jogava o campeonato brasileiro.

Fontes: Pesquisa REvista Placar e Bangu.Net

 

Grandes Goleadas – Maiores goleadas da Copa América

11/05/1919 –  Brasil 6 x 0 Chile

18/09/1920 – Brasil 0 x 6 Uruguai

12/10/1926 – Chile 7 x 1 Bolivia

20/10/1926 – Argentina 8 x 0 Paraguai

28/10/1926 – Uruguai 6 x 0 Bolivia

30/10/1927 – Argentina 7 x 1 Bolivia

06/11/1927 – Uruguai 9 x 0 Bolivia

22/01/1939 – Uruguai 6 x 0 Equador

09/02/1941 – Uruguai 6 x 0 Equador

18/01/1942 –  Uruguai 7 x 0 Equador

22/01/1942 – Argentina 12 x 0 Equador

28/01/1945 – Uruguai 7 x 0 Colombia

07/02/1945 – Argentina 9 x 1 Colombia

21/02/1945 – Brasil 9 x 2 Equador

02/12/1947 – Argentina 6 x 0 Paraguai

04/12/1947 – Argentina 7 x 0 Bolivia

06/12/1947 – Uruguai 6 x 0 Chile

18/12/1947 – Argentina 6 x Colombia

03/04/1949 – Brasil 9 x 1 Equador

10/04/1949 – Brasil 10 x 1 Bolivia

24/04/1949 – Brasil 7 x 1 Peru

30/04/1949 – Paraguai 7 x 0 Bolivia

11/05/1949 – Brasil 7 x 0 Paraguai

01/03/1953 – Brasil 8 x 1 Bolivia

23/03/1953 – Uruguai 6 x 0 Equador

27/02/1955 – Chile 7 x 1 Equador

13/03/1957 – Argentina 8 x 2 Colombia

21/03/1957 – Brasil 7 x 1 Equador

24/03/1957 – Brasil 9 x 0 Colombia

08/03/1959 – Uruguai 7 x 0 Bolivia

10/08/1975 – Argentina 11 x 0 Venezuela

13/08/1975 – Brasil 6 x 0 Venezuela

29/08/1979 – Chile  7 x 0 Venezuela

26/06/1997 – Brasil 7 x 0 Peru

30/06/1999 – Brasil 7 x 0 Venezuela

08/07/2007 – Mexico 6 x 0 Paraguai

O torneio de seleções mais antigo também foi um campeonato de muitas goleadas, aa Argentina detem as duas maiores Equador e Venezuela foram suas maiores vitimas, o Uruguai a maior vencedor nunca aplicou uma daquelas sonoras mais fez muitas vitimas o Equador é a preferida, o Brasil tomou algumas, mas somente uma de 6 a 0 contra a Celeste foi mais humilhante, bem que foi lá bem no inicio, depois sapecou muitas delas, somente no Sulamericano de 1949 venceu até a final por goleada, aliás foi numa Copa América em 1957 que Evaristo de Macedo fez 5 tentos num só partida pela Seleção Canarinha um feito que nem Sua Majestade o Rei Pelé conseguiu.

Fontes: Site mundedufut.fr

Textos: Galdino Silva

Hungria invicta de 1950 a 1954

A Seleção Hungára de 1954, ficou mundialmente conhecida pelo futebol ofensivo e magico praticado pelos seus jogadores comandados pelo cerebral Férenc Puskas, por onde passava atraia multidões e causavam temor nos adversarios, ninguem desejava topar com os ” magyares magicos” pela frente, até mesmo o Brasil chorou ao cair nas quartas de finais da Copa de 1954 ao saber que enfrentaria a Hungría.

Durante os anos de 1950 a 1954 a fenomenal equipe magyar não saberia o que era derrota, de 14/05/1950 quando perdera para a AUSTRIA em Viena por 5 a 3, até a final do mundial da Suiça em 1954 quando perdeu para a ALEMANHA juntamente na final por 3 a 2 em 07/04/1954, foram mais de 4 anos de invencibilidade confira os jogos:

24/09/1950 – HUNGRIA 12 X 0 ALBANIA

29/10/1950 – HUNGRIA 4 X  3  AUSTRIA

15/07/1952 – HUNGRIA 2 X  1 ROMÊNIA (JOGOS OLIMPICOS)

21/07/1952 – HUNGRIA 3 X 0 ITÁLIA  (JOGOS OLIMPICOS)

24/07/1952 – HUNGRIA 7 X 1  TURQUIA (JOGOS OLIMPICOS)

28/07/1952 – HUNGRIA 6 X  0 SUÉCIA  (JOGOS OLIMPICOS)

02/08/1952 – HUNGRIA 2 X 0 IUGOSLÁVIA (JOGOS OLIMPICOS)

20/09/1952 – HUNGRIA 4 X 2  SUIÇA

26/04/1953 – HUNGRIA 1 X  1  AUSTRIA

17/05/1953 – ITÁLIA 0 X 3  HUNGRIA

05/07/1953 – SUÉCIA 2 X 4 HUNGRIA

11/10/1953   – AUSTRIA 2 X 3 HUNGRIA

15/11/1953   – HUNGRIA 2 X 2 SUÉCIA

25/11/1953 –  INGLATERRA 3 X 6 HUNGRIA

11/04/1954 – AUSTRIA 0 X 1 HUNGRIA

25/05/1954 – HUNGRIA 7 X 1 INGLATERRA

17/06/1954 – HUNGRIA 9 X 0 COREIA DO SUL (COPA DO MUNDO)

20/06/1954 – HUNGRIA 8 X 3 ALEMANHA  (COPA DO MUNDO)

27/06/1954 – HUNGRIA 4 X 2  BRASIL (COPA DO MUNDO)

30/06/1954 – HUNGRIA 4 X 2  URUGUAY (COPA DO MUNDO)

Foram 20 jogos invictos ne período com 91 gols marcados, 18 vitórias e 02 empates, o time hungáro tinha uma disposição tática impressionante, em quase todos os jogos antes mesmo dos 15 minutos iniciais a Hungria conseguia marcar 2 gols, o entrosamente também favorecia pois do 11 titulares 07 deles jogavam no HONVED de Budapeste, inclusive Puskas os outros 03 deles eram do MTK e 01 do DOROG, o tradicional da época o 4-2-4 por muitas vezes virava 4-1-5 com Puskas atormentando os defensores inimigos, Budai e Czibor eram pontas que fechavam pelo meio enquanto Kocsis era o pivô e Hidekguti chegava para armar com Puskas e finalizava com primor.

A Hungria era não só uma revolução técnica, tática e física – era um projeto de Estado, a melhor propaganda do governo comunista. Os atletas eram literalmente soldados do ideal do bloco soviético – quem não servisse o time do Honved (“defensores da pátria”) teria de servir como soldado na fronteira do país…

Em campo, faziam lindo: a equipe inovava no aquecimento pré-jogo, no posicionamento tático do centroavante (mais recuado, idéia já adotada no MTK húngaro), no apetite pelo ataque, e no detalhado estudo dos rivais.

Fontes: mondedufoot.fr e site historia do jogo

Textos: Historia em jogo e Galdino Silva