Jogo Histórico – Marcílio Dias 5 x 1 Paula Ramos

Marcílio Dias e Paula Ramos entraram no gramado do Estádio Dr. Hercílio Luz, na tarde de 12 de março de 1961, em jogo válido pela Fase 2 do Campeonato Catarinense de 1960. O time de Florianópolis era o então campeão estadual e contava em seu plantel com algumas figuras da Seleção Catarinense, como Zilton, Valério Matos e Sombra – o mesmo que depois brilharia com o manto rubro-anil por vários anos.

Por sua vez, o Marinheiro não tomou conhecimento do campeão de 1959, que sucumbiu ante o poder de fogo do ataque marcilista. Logo aos seis minutos de bola rolando, Aquiles escorou de cabeça cruzamento de Joel Reis e mandou para o fundo das redes. Cinco minutos depois, o próprio Aquiles ampliou o placar.

O terceiro gol do time da casa surgiu aos 25 minutos, quando Idésio acertou um belo chute e venceu o goleiro Pamplona. E o quarto tento saiu aos 30 minutos, novamente tendo o “Tanque” Idésio como autor. Com apenas meia hora de jogo, o Marcílio vencia por quatro gols.

Atordoado, o Paula Ramos trocou de goleiro, mas pouco adiantou. O Marinheiro fechou a goleada aos 23 minutos do segundo tempo, através de Lierte. Aos 30 minutos da etapa final, coube a Eurides anotar o gol de honra do time florianopolitano.

Foi a segunda goleada consecutiva do Marcílio Dias naquela fase do campeonato estadual. Na rodada anterior, o Rubro-Anil havia massacrado o Hercílio Luz, de Tubarão, por 5 a 0, também no Gigantão das Avenidas. O Marinheiro terminaria aquele campeonato como vice-campeão, perdendo o título para o Metropol, de Criciúma.

Marcílio Dias 5 x 1 Paula Ramos
Competição: Campeonato Catarinense de 1960
Data: 12/03/1961
Local: Estádio Dr. Hercílio Luz (Itajaí/SC)
Árbitro: Lúcio de Oliveira
Gols: Aquiles aos 6 e 11, Idésio aos 25 e 30 do primeiro tempo; Lierte aos 23 e Eurides aos 30 do segundo tempo.
Marcílio Dias: Zé Carlos (Medeiros); Antoninho (Gaya), Ivo Meyer e Joel Reis; Cleuson e Joel Santana; Lierte, Idésio, Aquiles, Laranjinha e Jorginho. Técnico: Laércio Gomes.
Paula Ramos: Pamplona (Wilson); Neri, Édio e Hamilton; Zilton e Nelinho; Warner (Dionei), Valério Matos, Marreco, Sombra e Eurides.

Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *