Jogo Histórico – Uberaba (MG) x Paulistano (SP)

Em 1922, o Paulistano era um dos maiores clubes de futebol do país, senão o maior. Quando, no final de 1929, a diretoria do clube resolveu acabar com o time, por discordar da era do profissionalismo no futebol, o Paulistano já havia conquistado 11 títulos paulistas, feito superado apenas pelos quatro grandes até hoje. Já o tetracampeonato estadual consecutivo, de 1916 a 1919, jamais foi igualado.E foi esse o esquadrão que se deslocou até Uberaba, em novembro de 1922, para enfrentar o jovem orgulho local, o Uberaba Sport Club. A comitiva foi recebida na fronteira de Minas com São Paulo, por diversas das mais proeminentes figuras da cidade de Uberaba na época.

Na rica, mas provinciana, Uberaba dos anos 20, foi construída uma instalação provisória, especialmente para abrigar a comitiva do famoso quadro paulistano. O Estádio das Mercês, cujo terreno havia sido adquirido apenas dois anos antes (posteriormente se tornaria o tradicional Estádio Boulanger Pucci), foi descrito pelo jornal “Folha da Noite” como confortável e construído com muito carinho.

O Paulistano trouxe todos os seus principais jogadores, que haviam acabado de derrotar um Combinado Argentino, incluindo o grande astro brasileiro da época, o inigualável Arthur Friedenreich. El Tigre, no entanto, não fez uma boa partida. Pelo Paulistano os destaques ficaram por conta de Formiga, Mário e Netinho. No Uberaba o destaque coube aos defensores Tango e Badu (Egídio Mateus Junior).
A edição da Folha da Noite de 03/11/1922 acabou por descrever assim o time do Uberaba:

“Embora vencido o quadro posto em campo pelo Uberaba é um conjunto de respeito; homogêneo e coheso nos seus movimentos; nota-se porém, ciosa que é, comtudo, muito commum, uma certa indecisão nos seus remates finaes, o que quasi sempre resulta mal. No mais, esteve plenamente satisfactoria a sua actuação, principalmente a defensiva”

 

Ficha Técnica:

Uberaba 0x2 Paulistano

Data: 02/11/1922

Local: Estádio das Mercês, Uberaba – MG

Motivo: Amistoso

Uberaba: Badu, Tango

Paulistano: Arnaldo, Clodoaldo e Orlando; Sérgio, Mestros e Abate; Formiga, Mário, Friedenreich, Netinho e Zecchi.

Gols: Formiga (1º Tempo) e Netinho (2º Tempo).

 

1 pensou em “Jogo Histórico – Uberaba (MG) x Paulistano (SP)

  1. João silva

    Estes craques que jogavam com friedenreich não possuem dados na internet, o que considero puro descaso. Imagine saber sobre netinho, Mário Andrada, formiga, etc. Apenas filó tem algum destaque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *