O dia em que me tornei tricolor…

O futebol entrou muito cedo em minha vida. Aos quatro anos de idade já pulava no cimento caroquento e no asfalto quente das ruas recém pavimentadas de Uberaba, imitando o legendário Sepp Maier, que preenchia a tela da TV na longínqua Copa de 74. Me ralei tanto que até me tornei um goleiro razoável, jogando futsal em times de bairro na minha cidade.

Daquela época, me lembro que o futebol carioca dominava as transmissões da TV, com suas coloridas torcidas. E eu, que ainda nem sabia me comunicar direito, já era influenciado pelas mágicas partidas desse inexplicável futebol brasileiro.

Me encantei pelo América, acho até que foi meu primeiro time, me encantei pelo Botafogo, do goleirão Ubirajara e me encantei também, pelo Flamengo. Ah, que pecado. Cheguei a torcer pelo sensacional Geraldo, derrotado por uma simples operação de amigdalas. Meus companheiros tricolores hão de me perdoar, mas a verdade é essa, eu já torci pelo Flamengo. Mas tudo isso aconteceu em uma remota infância, tempo das descobertas. Acho que já fui perdoado pelos deuses do futebol.

E foi com apenas sete anos que eu me tornei, para sempre, um saudável, mas doente, tricolor das laranjeiras.

Tempos atrás, navegando na internet, descobri um áudio do dia em que me tornei tricolor. É verdade, até então não era um assunto que me preocupasse. Achava que, como era muito criança nunca me lembraria com exatidão porque havia me convertido. Mas ao escutar a narração de Jorge Cury, tudo foi esclarecido. Foi, sim, naquele dia, com um gol de Doval, no final da partida, o título carioca conquistado e a festa de uma torcida insandecida, que tudo aconteceu.

“Vai bater Paulo César, atenção…um dos últimos cartuchos para a decisão. Bateu Paulo César, bola à boca da meta, entra agora Gil, tocou de cabeça, À boca do arco, entrou Doval, cabeceou, é GOOL. GOOOOOL mil duzentos e vinte. “Fluminense” Dooooval, camiiisa número nove. “Fluminense” uum…”Vasco” zero. Doval, gol mil duzentos e vinte. Mário Vi-an-na. Goool Le-gal”.

Ficha Técnica:

Fluminense 1×0 Vasco

Data: 03/10/1976

Local: Maracanã, Rio de Janeiro – RJ

Motivo: Decisão do Campeonato Carioca – Jogo Extra

Gol: Doval, aos 13′ do 2° tempo da prorrogação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *