Arquivo da categoria: O Mundo é uma Bola

FUTEBOL NA ALEMANHA – 2012/2013

Resolvi fazer o levantamento de quantos times existem na Alemanha e quase cai das pernas: 33.683 times em atividade nesta temporada.

Os mesmos estão organizados em 13 divisões. Alguém aqui arriscaria levantar a ficha de todos?

Abaixo segue um resumo que fiz; para aqueles que gostam de futebol internacional, apreciem:

DIVISÃO LIGA CLUBES
1 Bundesliga 18
2 2. Bundesliga 18
3 3. Fußball-Liga 20
4 Regionalliga Nord 18
Regionalliga Nordost 16
Regionalliga West 20
Regionalliga Südwest 19
5 NOFV-Oberliga – 02 grupos 26
Oberliga Rheinland-Pfalz/Saar 18
Oberliga Baden-Württemberg 18
Bremen Football Association
5 Bremen-Liga 16
6 Landesliga 16
7 Bezirksliga – 02 grupos 31
8 Kreisliga A – 02 grupos 27
9 Kreisliga B 16
10 Kreisliga C 16
11 1. Kreisklasse 13
12 2. Kreisklasse 13
13 3. Kreisklasse 12
Hamburg Football Association
5 Oberliga Hamburg 18
6 Landesliga – 02 Grupos 32
7 Bezirksliga – 04 Grupos 64
8 Kreisliga – 08 Grupos 128
9 Kreisklasse – 09 prupos 139
Lower Saxonian Football Association
5 Oberliga Niedersachsen 16
6 Landesliga – 04 Grupos 68
7 Bezirksliga – 17 Grupos 276
8 Kreisliga – 45 Grupos 695
9 1. Kreisklasse – 64 Grupos 924
10 2. Kreisklasse – 71 Grupos 952
11 3. Kreisklasse – 68 Grupos 832
12 4. Kreisklasse – 39 Grupos 472
13 5. Kreisklasse – 03 Grupos 31
Schleswig-Holsteinian Football Association
5 Schleswig-Holstein-Liga 18
6 Verbandsliga – 04 Grupos 68
7 Kreisliga – 13 Grupos 205
8 Kreisklasse A – 14 Grupos 217
9 Kreisklasse B – Grupos 181
10 Kreisklasse C – 12 Grupos 156
11 Kreisklasse D – 09 Grupos 113
12 Kreisklasse E 10
Berlin Football Association
6 Berlin-Liga 18
7 Landesliga – 02 Grupos 32
8 Bezirksliga – 03 Grupos 48
9 Kreisliga A – 04 Grupos 64
10 Kreisliga B – 06 Grupos 94
11 Kreisliga C – 04 Grupos 68
Football Association of Brandenburg
6 Brandenburg-Liga 17
7 Landesliga – 02 Grupos 31
8 Landesklasse – 05 Grupos 81
9 Kreisliga – 17 Grupos 263
10 1. Kreisklasse – 19 Grupos 285
11 2. Kreisklasse – 20 Grupos 257
12 3. Kreisklasse – 09 Grupos 94
Football Association of Mecklenburg-Vorpommern
6 Verbandsliga Mecklenburg-Vorpommern 15
7 Landesliga – 03 Grupos 42
8 Landesklasse – 06 Grupos 84
9 Kreisoberliga – 08 Grupos 111
10 Kreisliga – 12 Grupos 159
11 1. Kreisklasse – 15 Grupos 169
Saxionian Football Association l
6 Sachsenliga 16
7 Bezirksliga – 04 Grupos 56
8 Kreisoberliga – 13 Grupos 191
9 Kreisliga – 25 Grupos 352
10 1. Kreisklasse – 31 Grupos 413
11 2. Kreisklasse – 22 Grupos 271
12 3. Kreisklasse – 10 Grupos 126
Football Association of Saxony-Anhalt
6 Verbandsliga Sachsen-Anhalt 15
7 Landesliga – 02 Grupos 31
8 Landesklasse – 06 grupos 96
9 Kreisoberliga – 14 Grupos 214
10 Kreisliga – 23 Grupos 331
11 1. Kreisklasse – 28 Grupos 347
12 2. Kreisklasse – 16 Grupos 180
Thuringian Football Association
6 Verbandsliga Thüringen 16
7 Landesklasse – 03 Grupos 48
8 Kreisoberliga – 09 Grupos 136
9 Kreisliga – 21 Grupos 299
10 1. Kreisklasse – 22 Grupos 293
11 2. Kreisklasse – 29 Grupos 316
12 3. Kreisklasse – 07 Grupos 63
Football Association of the Lower Rhine
5 Oberliga Niederrhein 20
6 Landesliga – 03 Grupos 49
7 Bezirksliga – 09 Grupos 144
8 Kreisliga A – 16 Grupos 257
9 Kreisliga B – 32 Grupos 509
10 Kreisliga C – 39 Grupos 580
Football Association of the Middle Rhine
5 Oberliga Mittelrhein 16
6 Landesliga – 02 Grupos 31
7 Bezirksliga – 04 Grupos 64
8 Kreisliga A – 09 Grupos 145
9 Kreisliga B – 25 Grupos 380
10 Kreisliga C – 40 Grupos 604
11 Kreisliga D – 12 Grupos 165
Football and Athletics Association of Westphalia
5 Oberliga Westfalen 18
6 Westfalenliga – 02 Grupos 32
7 Landesliga – 04 Grupos 64
8 Bezirksliga – 12 Grupos 216
9 Kreisliga A – 45 Grupos 717
10 Kreisliga B – 60 Grupos 937
11 Kreisliga C – 91 Grupos 1.284
12 Kreisliga D – 07 Grupos 90
Football Association of the Rhineland
6 Rheinlandliga 18
7 Bezirksliga – 03 Grupos 51
8 Kreisliga A – 09 Grupos 127
9 Kreisliga B – 16 Grupos 224
10 Kreisliga C – 22 Grupos 297
11 Kreisliga D – 22 Grupos 267
Saarland Football Association
6 Saarlandliga 18
7 Verbandsliga – 02 Grupos 32
8 Landesliga – 04 Grupos 64
9 Bezirksliga – 06 Grupos 96
10 Kreisliga A – 15 Grupos 225
11 Kreisliga B – 16 Grupos 183
South Western German Football Association
6 Verbandsliga Südwest 16
7 Landesliga – 02 Grupos 32
8 Bezirksliga – 04 Grupos 64
9 Bezirksklasse – 10 Grupos 160
10 Kreisliga – 20 Grupos 321
11 1. Kreisklasse – 30 Grupos 444
12 2. Kreisklasse – 03 Grupos 38
Badenian Football Association
6 Verbandsliga Baden 15
7 Landesliga – 03 Grupos 50
8 Kreisliga – 09 Grupos 142
9 Kreisklasse A – 12 Grupos 187
10 Kreisklasse B – 18 Grupos 272
11 Kreisklasse C – 13 Grupos 177
Bavarian Football Association
4 Regionalliga Bayern 20
5 Bayernliga – 02 Grupos 37
6 Landesliga – 05 Grupos 92
7 Bezirksliga – 15 Grupos 254
8 Kreisliga – 43 Grupos 640
9 Kreisklasse – 94 Grupos 1.353
10 A-Klasse – 138 Grupos 1.877
11 B-Klasse – 121 Grupos 1.614
12 C-Klasse – 28 Grupos 375
Hessian Football Association
5 Hessenliga 18
6 Verbandsliga – 03 Grupos 54
7 Gruppenliga – 08 Grupos 140
8 Kreisoberliga – 25 Grupos 411
9 Kreisliga A – 37 Grupos 597
10 Kreisliga B – 49 Grupos 754
11 Kreisliga C – 34 Grupos 488
12 Kreisliga D – 08 Grupos 116
South Badenian Football Association
6 Verbandsliga Südbaden 16
7 Landesliga – 03 Grupos 48
8 Bezirksliga – 06 Grupos 98
9 Kreisliga A – 15 Grupos 225
10 Kreisliga B – 38 Grupos 522
11 Kreisliga C – 24 Grupos 283
Württembergian Football Association
6 Verbandsliga Württemberg 16
7 Landesliga – 04 Grupos 66
8 Bezirksliga – 16 Grupos 155
9 Kreisliga A – 41 Grupos 619
10 Kreisliga B – 79 Grupos 1.073
11 Kreisliga C – 15 Grupos 172

 

 

FUTEBOL NO JAPÃO – NIPON KOKAN F.C.

O clube foi formado em 1912, apesar de não começar a jogar futebol até os anos 1920. Jogava suas partidas no Todoroki Athletics Stadium, em Kawasaki, Kanagawa e no Mitsuzawa Stadium, em Yokohama. De 1985 a 1988, chegou a brigar pelo título da JSL, e foi vice-campeão três vezes seguidas.

NKK foi o primeiro clube a vencer tanto a Copa do Imperador e o torneio de promoção em 1981.

Quando a J. League foi formada em 1992, NKK decidiu não virar profissional ficando na liga amadora (2° divisão), sendo rebaixado e jogando a temporada seguinte a terceira divisão. Na 3° divisão em 1993 fica em 3° na classificação.

Com a presença de Verdy Kawasaki e o movimento do clube da Toshiba para o norte para se tornar Consadole Sapporo, além do  Fujitsu (que mais tarde se tornaria Kawasaki Frontale), NKK decidiu parar suas atividades em 1994.

História na Liga

1967: Promovido para Japan Soccer League
1979: Relegado a JSL Divisão 2
1981: JSL Divisão 2 – campeão
1982: Relegado a JSL Divisão 2
1983: JSL Divisão 2 – campeão
1985: JSL Divisão 1 – Vice-campeão
1986-87: JSL Divisão 1 – Vice-campeão
1987-88: JSL Divisão 1 – Vice-campeão
1990-91: Relegado a JSL Divisão 2
1992: Liga reestruturado. Cadastrado Japan Football League Division 1. Relegado a Divisão JFL 2.
1993: JFL Divisão 2 –  3 º lugar. Na última temporada.
 
Fontes:
http://en.wikipedia.org/wiki/NKK_F.C.
PLACAR N° 923 DE 12/02/1988

FUTEBOL NO JAPÃO – NISSAN F.C.

Fundado em 1972 como Nissan Motors FC com sede em Yokohama, sendo promovido a Japan Soccer League Division 2 em 1976. Chegou a primeira divisão e 1979, após vencer sr vice da segunda divisão e ganhar os dois jogos da Promoção. Foi campeão nas temporadas 1988/89 e 1989/90.

Com a profissionalização do futebol japonês em 1993 passou a chamar Yokohama Marinos.

Em 1998 funde-se com o Yokohama Flügels e passa a denominar-se Yokohama F. Marinos.

escudo atual

 

Títulos:
 
Nissan FC
 
Nacionais:
– Japan Soccer League Division 1 – (2): 1988-89, 1989-90
– Copa do Imperador – (5): 1983, 1985, 1988, 1989, 1991
– Copa da Liga: (3): 1988, 1989, 1990
– Shakaijin Cup(1): 1976
 
Continental:
– Asian Cup Winners’ Cup – (1) 1991-92
 
Yokohama Marinos / Yokohama F.Marinos
 
Nacionais:

– J. League Division 1 (3): 1995, 2003, 2004
– Copa do Imperador (1): 1992
– J. League Cup: (1): 2001
 
Continental:
– Asian Cup Winners’ Cup: (1) 1992-93
 
FONTES:
http://en.wikipedia.org/wiki/Yokohama_F._Marinos
PLACAR N° 923 DE 12/02/1988

FUTEBOL NO JAPÃO – MITSUBISHI F.C.

Organizando meus arquivos me deparei com a Revista Placar nª 923 de 1988, onde tem uma reportagem sobre o futebol japonês. Com base nesta revista vou publicar uma série de artigos sobre os times de lá.

Shin-Mitsubishi Heavy Industries criou um clube de futebol em 1950 em Kobe, mudando-se para  Tóquio, em 1958. Em 1965 formou o Japão Soccer League, juntamente com os hoje Sanfrecce Hiroshima, JEF United Ichihara Chiba, Kashiwa Reysol, Cerezo Osaka e três outros clubes que já foram relegados para ligas regionais.

Ganhou o seu primeiro campeonato da Japan Soccer League (JSL) em 1969. Sua participação na primeira divisão era razoável, constante até década de 1980, quando cai para segunda divisão na temporada 1988/89. Contudo, na temporada 1989/90 é campeão da Japan Soccer League Division 2 e volta para primeira divisão.

Foi o primeiro clube japonês a completar um triplo, quando, em 1978, ganham o título nacional, a Copa do Imperador e a Copa da Liga.

Com a profissionalização do futebol japonês em 1993 passa a chamar Mitsubishi Urawa Footbal Club e posteriormente para Urawa Red Diamonds.

Primeiro escudo da era profissional

escudo atual

Títulos:

Competições Nacionais:

Como Mitsubishi (Amateur era)
– Japan Soccer League Division 1: (4) 1969, 1973, 1978, 1982
– Japan Soccer League Division 2: (1) 1989/90
– Copa do Imperador: (4) 1971, 1973, 1978, 1980
–  Copa da Liga : (2) 1978, 1981
– Super Copa: (3) 1979, 1980, 1983
Urawa Red Diamonds (Professional era)
 
– J. League Division 1: (1) 2006 – Vice: (3) 2004, 2005, 2007
– J. League Division 2: Vice: (1) 2000
– Copa do Imperador: (2) 2005, 2006
– J. League Cup: (1) 2003 – Vice: (3) 2002, 2004, 2011
– Super Copa: (1) 2006 – Vice: (1) 2007
 
Continental

– AFC Champions League –  (1) 2007
 
Internacional

– FIFA Club World Cup – 3° Lugar: (1) 2007
 
FONTES:
http://en.wikipedia.org/wiki/Urawa_Red_Diamonds#League_history
PLACAR N° 923 DE 12/02/1988

Anhatomirim F.C. O terror na ilha do Diabo

Fora de casa o Anhatomirim era mansinho. Quando estava em seus domínios, prém, o couro comia. O tima jogava na ilha hpmônima, onde os portugueses contruíram uma fortaleza para proteger a Ilha de Santa Catarina (a parte insular de Florianópolis).

Fazendo jus ao nome – “pequena ilha do diabo”, em tupi -, a equipe local tocava p terror. Os adversários sram avisados que, se ganhassem, suas embarcações seriam colicadas a deriva, impedindo seu retorno. Entre voltar a nado ou pernoitar lá, arriscando a topar com algum fantasma das lendas da área, os visitantes acabavam amolecendo nos confrontos. Não à toa, bastou que policiais começassem a acompanhar as delegações e que o juiz fosse um militar que a fase boa do Anhatomirim Foot-ball Club terminasse.

DADOS DO CLUBE
Nome: Anhatomirim Foot-ball Club
Fundação: 3 de abril de 1919
Cores: Vermelho e Branco
Fica como curiosidade o escudo, que ainda é desconhecido

Fonte: Almanaque do Futebol Catarinense

Curiosidades: Biguaçu Atlético Clube

Tarde de domingo, 8 de maio de 1983, campo do Biguaçu Atlético Clube. O time da casa disputava uma partida com a ABCELESC. Aos poucos, porém, os jogadores do time da casa foram sumindo. O juiz foi obrigado a encerrar o jogo. Procurou-se em todos os cantos, afinal é encontrada a equipe do Biguaçu num galpão próximo ao campo, assistindo na TV a segunda partida das Quartas de finais da Taça de Ouro (Campeonato Brasileiro) entre Flamengo e Vasco. Explicação de Zezé, o capitão do time: “Com Flamengo e Vasco jogando, não tínhamos cabeça pra ficar em campo”. No final de tudo o único placar que interessou foi o empate em 1 a 1 dos times cariocas.

Sucessão na CBF – Raí já escolheu seu candidato: Leonardo

A saída de Ricardo Teixeira do comando da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já despertou o interesse de alguns para a eleição que deverá ocorrer depois da Copa do mundo de 2014. Além de Andrés Sanches, o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes já iniciou contatos com as outras federações para abocanhar o cargo.

Contudo, a pergunta que fica é: tais nomes nos inspiram a imaginar que com alguns deles o futebol brasileiro voltará a ser, de fato, o melhor do mundo?

Será que o ideal seria que um ex-jogador assumisse o cargo para dar uma vitalizada na entidade? Será que um Zico, Raí, Leonardo não poderiam ser uma proposta de mudança?  

Para Raí, o caminho é apostar em quem já vestiu o uniforme, calçou a chuteira e enfrentou as agruras dentro e fora das quatro linhas.  Experiente, esclarecido e bem-visto pelo público, Raí é uma aposta frequente para a presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) no futuro.

Porém, questionado sobre o assunto, ele diz já ter um preferido para o posto e diz até que o amigo Leonardo aceitaria o desafio, dependendo de como a proposta for feita.

“O meu candidato para a CBF é o Leonardo. É uma pessoa conhecida em vários países, que tem trânsito na Uefa e na FIFA, que está preparado. Se houver uma mobilização pública e o espaço para que um esportista ocupe o cargo, tenho certeza de que a ideia vai mexer com ele”, disse Raí, no lançamento de uma pesquisa do Ibope sobre educação física nas escolas públicas encomendada pela ONG Atletas pela Cidadania, que o ídolo são-paulino preside.

Aposentado em 2003, Leonardo ocupou durante seis anos o cargo de diretor do Milan, trabalhando especialmente como consultor no mercado internacional. Em 2009, aventurou-se na carreira de técnico, começando pelo próprio clube rubro-negro italiano, que treinou até o meio de 2010.

No primeiro semestre de 2011, ele ainda teve outra chance na função na rival Inter de Milão, e desde o meio do ano passado é o Manda-Chuva do futebol do PSG.

Raí não sabe dizer se o amigo, de quem é sócio na Fundação Gol de Letra, está disposto a tentar o cargo de presidente da CBF hoje, até por estar no início de um projeto, mas crê que isso seja possível até 2015, quando acaba o mandato de José Maria Marin, que substituiu Ricardo Teixeira há poucas semanas.

Desde a queda do cartola que dominou o futebol brasileiro desde o fim dos anos 1980, pelo menos dois ex-jogadores se colocaram à disposição para o cargo: Ronaldo e o zagueiro Paulo André, do Corinthians. Para Raí, é importante que mais ex-jogadores participem das questões políticas do esporte.

“É um sinal de que as coisas podem mudar. Apesar de não ter sido espontâneo, mas resultado da queda do Ricardo Teixeira, essas manifestações são uma prova disso. Em um sistema que concentra muito poder em um só, as pessoas temem represálias e não são estimuladas a pensar”, disse Raí.

Além de Leonardo… Teríamos outros nomes para assumir a CBF e dar uma guinada, a fim de recolocar o futebol brasileiro de volta aos trilhos?

FUTEBOL EM LUXEMBURGO

 

O futebol em Luxemburgo é dividido em cinco divisões, movimentando 106 clubes:

 


1° DIVISÃO – BGL Ligue – 14 clubes

2º DIVISÃO – Promotion d’Honneur – 14 clubes

3º DIVISÃO – 1.Division  – 28 clubes divididos em 2 séries

4º DIVISÃO – 2.Division  – 28 clubes divididos em 2 séries

5º DIVISÃO – 3.Division  – 22 clubes divididos em 2 séries

 

 

FONTES:

http://en.wikipedia.org/wiki/Luxembourg_football_league_system

http://www.weltfussballarchiv.com/competition-index.php?land=25

http://www.liblib.cn/UEFA/Luxembourg.htm