Arquivo do Autor: Rodrigo Oliveira

Brasil S.C. – Curitiba/PR – Uma participação na Elite Paranaense.

O Brasil Sport Club foi uma agremiação esportiva da cidade Curitiba-Pr, fundada em 07 de setembro de 1917. Sua sede ficava no bairro do Juvevê. Disputou os campeonatos suburbanos da capital paranaense por muitos anos. Já no seu primeiro campeonato em 1919 a equipe sagrou-se campeã suburbana da recém reorganizada Liga Sportiva Municipal (LSM). O campeonato contou com 10 participantes: Brasil SC; Elite FC; Aimoré FC; Ipiranga FC; Pinheiro SC; Torino FC; Belo Horizonte; Paraná SC; Tiradentes FC e Americano.

Após o título a equipe só retornaria a jogar a suburbana em 1922 – Liga Sportiva Curitibana (LSC); 1923 – Liga Sportiva Municipal (LSM). Após um hiato de 4 anos a equipe retorna em 1928 – Liga Curitibana de Desportos (LCD).

Em 1929 a equipe se inscreve para jogar o campeonato Estadual organizado pela Federação Paranaense de Desportos (FPD). O Brasil S.C. iria pela primeira vez enfrentar os grandes da cidade. Em um campeonato que reuniu 8 equipes a equipe Auriverde terminou em um honroso 5º lugar, atrás apenas dos 4 grandes (Atlético, Palestra Itália, Britânia e Coritiba).

Campanha do Brasil SC em 1929:

Turno

28/04 – Brasil 1-4 Palestra Itália
13/05 – Bangu 2-1 Brasil
16/06 – Coritiba 4-1 Brasil
07/07 – Atlético 4-1 Brasil
28/07 – Brasil 4-1 Paranaense
11/08 – Britânia 2-2 Brasil
25/08 – Brasil 6-0 Aquidaban

Returno

24/11 – Palestra Itália 3-0 Brasil
15/12 – Brasil 1-5 Coritiba
29/12 – Brasil 3-4 Britânia
19/01/1930 – Brasil 2-2 Atlético
26/01/1930 – Brasil 3-1 Bangu

3V – 2E – 7D – 25 GP – 32GC – 8PG – 16PP

A equipe consegui empates importantes frete ao Atlético e ao Britânia.

Após se aventurar entre os grandes a equipe retornou aos campeonatos suburbanos em 1932 – Liga Suburbana Independente (LSI) e 1933 – Liga Independente Suburbana de Curitiba (LISC). No fim de 1933 a equipe muda seu nome e passa a denominar-se Palmeira FC e voltaria a vencer os campeonatos suburbanos em 1940 e 1942. Mas essa História merece um capítulo à parte…

Fontes:

– Arquivos de Levi Mulford Chrestenzen
– Recortes do jorna Tribuna do Paraná 07/09/1959
– Livro Futebol do Paraná – 100 anos de História (2005) – Heriberto Ivan Machado e Levi Mulford Chrestenzen
 
Agradecimento especial ao depoimento do Sr Levi com informaçoes do escudo e do uniforme e ao Jornalista e Pesquisador Sergio Mello pelo redesenho dos mesmos.

 

 

 

Campeonato Paranaense – Formas de disputas (1915-2018)

O futebol Paranaense possui um campeonato organizado desde 1915. Porém nesses mais de 100 anos as fórmulas de disputas foram as mais variadas possíveis. Abaixo faço um resumo, dividido em cinco fases, para um melhor entendimento de cada época:

1ª fase (1915-1928) – A primeira liga foi fundada e abrigou as equipes curitibanas e as equipes do Litoral (Antonina, Paranaguá, Morretes) e dos Campos Gerais (Ponta Grossa) que tivessem a possibilidade de deslocamento por trem. Assim se inscreveram para este primeiro campeonato 18 equipes. Ficou definido que a 1ª Divisão seria composta por 6 equipes e a 2ª divisão por 12, divididas em duas séries de 6 equipes cada. Na verdade era o campeonato curitibano com a participações de algumas equipes de outras cidades. Neste período houve 2ª divisão em 1915-1917; 1921-1922; 1924. Em 1917 houve o primeiro campeonato Suburbano organizado pela Liga Sportiva Municipal; em 1918 não houve este campeonato, retornando em 1919, ocorrendo até hoje.

OBS:  A partir de 1922 passou-se a ser jogado uma “final não-oficial” entre as equipes do interior (Ponta Grossa) contra o campeão da capital. Equipes da capital venceram todas as disputas.

2ª fase (1929-1941) – O campeonato Estadual é finalmente oficializado. A partir de 1929 o campeão da capital enfrentaria o campeão do interior. Foram criadas ligas regionais (Irati, Antonina, Paranaguá e Ponta Grossa. Depois União da Vitória, Jacarezinho/Jaguariaíva) e os campeões das ligas disputavam o Estadual no início do ano seguinte. Cada Liga tinha seu regulamento próprio. Algumas possuíam 2ª divisão (Exemplo Ponta Grossa). A capital venceu todas as finais.

3ª fase (1942-1956) – Neste período mais uma vez é jogado somente o campeonato de Curitiba, com as participações esporádicas de equipamentos do interior (Monte Alegre, Jacarezinho, Cambaraense, e as equipes de Ponta Grossa e Litoral). O destaque deste período foi a equipe do Clube Atlético Monte Alegre de Telêmaco Borba que em 1955 tornou-se a primeira equipe do interior Campeã Paranaense.

OBS: Desde o início da década de 1940 até metade da década de 1950 já havia a disputa de um campeonato norte paranaense. Nacional de Rolândia, Esportiva de Jacarezinho, Cambaraense foram campeões. No início era amador. A federação chegou a nomeá-lo como Campeonato da segunda divisão.

Em 1957, graças a fundação do Londrina FC, é criado o Campeonato Norte Paranaense de Profissionais. Em 1957, ainda era extra oficial, recebeu o nome de Torneio da Amizade, e o Londrina F.C. foi o campeão. Em 1958, já oficialmente reconhecido, o E.C Comercial de Cornélio Procópio foi campeão. Em 1957 e 1958 não houve finais estaduais.

4ª fase (1959-1965) – Com a criação dos campeonatos paranaenses por região (sul e Norte. Depois o Norte foi dividido em Norte Novo e Norte Velho), os campeões de cada região faziam as finais. O Interior foi campeão nos anos de 1961 (Comercial de Cornélio Procópio), 1962 (Londrina), 1963 e 1964 (Grêmio Maringá).

5ª fase (1966-2018) – É criada a lei de acesso e o campeonato passa a ser jogado por divisões, salvo em alguns anos que só teve a 1ª divisão. Não ocorreu divisões de acesso em 1971-1975 e 1980.

OBS: Já na década de 1950 a federação tentou amenizar as coisas criando um torneio do interior nos moldes de campeões de ligas; foram jogados dois torneios (1953 e 1954).  Na década de 1960 (1960 e 1962) foi jogado o Campeonato amador do Estado. E em 1964 era criada a Taça Paraná de amadores disputada até hoje.

FONTES:

Livros:

– Futebol do Paraná – 100 anos de História (2005) – Heriberto Ivan Machado e Levi Mulford Chrestenzen

– O Bugre Princesino – Guarani o clube que conta sua História (2007) – José Cação Ribeiro Junior

– O Fantasma da Vila (2002) – José Cação Ribeiro Junior

– Futebol Ponta-grossense – recortes da História (2004) – José Cação Ribeiro Junior

Jornais A Republica, Correio do Paraná, O Estado, Correio da Noite (Todos consultados na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional).

Ubiratã E.C. – Ubiratã/Pr – Campeão Paranaense 3ª Divisão de 1991

O Ubiratã Esporte Clube foi uma agremiação esportiva fundada em 04 de Dezembro de 1962. Tinha sua sede na Avenida Nilza de Oliveira Pepino nº 1850. Mandava seus jogos no Estádio Municipal Valdeci Claudino da Silva (Claudinão).

Participou dos campeonatos paranaenses da 2ª divisão em 1989, 1990;Em 1991 jogou a 3ª divisão e sagrou-se campeão; em 1992 jogou a Intermediária (Espécie de 2ª divisão). Após 10 anos fora do profissionalismo retornou na 3ª divisão de 2002. Em 2003 fez sua última aparição no cenário futebolístico profissional na 2ª divisão.

Ubiratã E.C – Campeão da 2ª Divisão (equivalente a 3ª divisão) de 1991. (fonte: facebook de Valdir Salsicha).

Fontes:

Revista Placar
Livro Futebol do Paraná – 100 anos de História.
 
Desenho do escudo Sergio Mello

 

 

Apucarana A.C. – Apucarana/Pr -Time de 1991

Time do Apucarana em 1991 Em pé – Marcão, Ivanildo, Madruga, Cleomir, Marcos Paulo, Marcelo e Adão Pereira (preparador físico). Agachados – Índio, Lê, Adelar, Ismanir e Grafite.

Fontes:

Arquivos do autor
Revista Placar
Facebook “Amigos do museu esportivo”

REC – Rolândia E.C. – Rolândia/PR

O Rolândia Esporte Clube é uma agremiação esportiva fundada em 1973 na cidade de Rolândia, no norte do Estado Paraná. Apesar de mais de quatro décadas de existência apenas em 2017 se filiou a federação paranaense. Tem a intenção de disputar o campeonato paranaense da terceira divisão de profissionais que será jogado a partir de agosto. Para este primeiro semestre a equipe disputará o Campeonato paranaense sub-17. Mandará seus jogos no Estádio Erich George com capacidade para 2.200 pessoas.

Equipe do REC em campeonato amador em 2016 (Fonte: Jornal de Rolândia)

Partida de 2016 contra a equipe de Florestópolis. (Fonte: Jornal de Rolândia)

Uniformes para a temporada 2017 – Cores da bandeira alemã. (A cidade de Rolândia foi colonizada por alemães).

Fonte: Facebook de Sebastião Vieira Soares.

Uma das primeira formações da equipe. Ano desconhecido. Fonte: Facebook de Mauro Roberto Souza.

Em pé: Arthur Altino, Orlandino, Rubinho, Mauro Roberto Souza, Lincoln, Cosmos, Zé polaco, Leusemar( Corintiano), Geraldinho, Domigos Pantarotto, Odair Mendonça, Rosquinha e Ademar. Agachados: Luiz de Paula, Dercides, Odir Soller, Pingo, Gilmar, João Maria e Alan Pantarotto.

 

Fontes:

– Site da Federação Paranaense de Futebol
– Facebook.

SOREC – Cascavel/PR – Participações na 2ª e 3ª Divisões Paranaense.

A Sociedade Recreativa Cascavel ou simplesmente SOREC foi uma agremiação esportiva da cidade de Cascavel no Estado Paraná. Foi fundada em 10 de dezembro de 1994 com sede  na rua Monjoleiro Nº 12 – Recanto Tropical. Criada inicialmente para ser um clube para revelação de talentos, fez sua estréia no profissionalmente em 1998 na Terceira divisão Estadual. Nos anos de 1998 e 1999 jogou a Segunda divisão, voltando para a Terceira divisão em 2000. Em 17 de dezembro de 2001 se fundiu as outras duas equipes existente na cidade, Cascavel Esporte Clube e Cascavel Clube S/A, para dar vida ao Cascavel Clube Recreativo, hoje na segunda divisão Paranaense. Apesar de juridicamente não existir mais, hoje na cidade há uma escola de futebol chamada SOREC/Tigrão.

Equipe do SOREC em  20/02/1999 em Marechal Cândido Rondon– Concórdia(MCR) 1 x 2 SOREC

 Fontes:

Enciclopédia do Lance!

Site do Concórdia de Marechal Cândido Rondon (Hoje inativo)

Facebook SOREC/Tigrão

S.C. Campo Mourão/PR – 2 em 1 Mourãoense

Esta postagem é apenas para complementar o artigo anterior e esclarecer que na cidade de Campo Mourão existem duas equipes com a mesma nomenclatura. Segue abaixo a história de cada uma.

SPORT CLUB CAMPO MOURÃO

Curiosidades:

– Para a disputa do seu primeiro campeonato, a 2ª divisão de 1989, a equipe foi inscrita com o nome de Cruzeiro. Na verdade foi utilizado apenas o CNPJ desta equipe. Podem verificar que a data de abertura do CNPJ é de 11/06/1975, sendo modificado posteriormente. Contudo a equipe que entrou em campo sempre foi o Sport.

– A fundação oficial da equipe é 31.07.1989, contudo seu primeiro jogo foi realizado em 01/05/1989. A estréia no campeonato da 2ª divisão ocorreu em 11/06/1989.

– A equipe foi promovida a 1ª divisão de 1990 graças a um convite da federação que aumentou o número de participantes da divisão principal do estadual.

 

SPORT CLUB DE CAMPO MOURÃO

Curiosidades:

– Da mesma for que seu antecessor o novo Sport utilizou a estrutura de uma equipe amadora para entrar no profissionalismo, porém com uma diferença, foi tirado um nono CNPJ. A equipe do E.C. Hawaí Campo Mourão ainda possui CNPJ ativo.

– Na tentativa de se identificar com o antigo Sport, nas temporadas 2013-2014 a equipe utilizou um escudo muito parecido com do seu antecessor e nele constava a data 31.07.1989 em referência a data de fundação do mesmo.

Fontes:

Site da Receita Federal

Livro Nos campos do Mourão de Raoni de Assis

Arquivos do autor.

Times de Futebol Amador de Itanhaém/SP – 2016

Na cidade de  Itanhaém, localizada no litoral paulista, os campeonatos são promovidos pela Liga Itanhaense de Futebol Amador (LIFA) em três divisões, possuindo 47 equipes filiadas, conforme abaixo:

1ª Divisão (16 clubes)

2ª Divisão (16 clubes – 12 clubes + 4 clubes que subiram da 3ª divisão de 2016)

3ª Divisão (19 clubes – 04 subiram para 2ª divisão de 2016)

Fonte:

Comunidade no Facebook do Programa É Hora de Esporte da Rádio Anchieta 1390 khz.